Publicidade

quinta-feira, 13 de novembro de 2014 CD, DVD, Entrevista, Lançamento | 17:15

Victor Chaves sobre aparições na TV: “Aparecer por aparecer, você vira um pavão”

Compartilhe: Twitter

Victor e Leo lança coletânea "Perfil" (Foto: Rosa Marcondes)

Como de costume, Victor e Leo chegam ao final do ano com novidade no mercado. Desta vez, a dupla lança a coletânea “Perfil”, composta por 12 sucessos da dupla e mais duas inéditas. São elas: “Como eu amei”, de Victor; e “Caminhos diferentes”, de Leo em parceria com Paulinha Gonçalves.

O título desta última, aliás, reflete um pouco a diferença musical entre as faixas novatas. Embora ambas venham com letras românticas, a primeira tem uma levada mais melódica e, a segunda, uma junção entre o pop e o eletrônico.

Em entrevista ao iG, a dupla contou como foi feita a seleção das faixas que compõem álbuns anteriores, em meio a tantos sucessos dos irmãos. “Foi feita por nós todos: gravadora, escritório, eu e o Victor. É nosso segundo ano na Som Livre e eles queriam ter uma coletânea com nossos sucessos, formando um catálogo. Aproveitamos a oportunidade. E houve um pedido de duas inéditas, para agregar valor ao produto. São canções que trazem inovação e ousadia, que é uma característica forte nossa”, explicou Leo.

Questionado sobre o motivo de não ter escolhido o tão usado atualmente formato de EP para lançar as inéditas, Leo disse que pode adotar a ideia em breve. Mas, desta vez, a explicação era por já ter o projeto “Perfil” engatado. “Já seria lançado. Na última hora surgiu essa ideia de colocar duas inéditas, o que a gente achou ótimo, para ter um atrativo a mais para o disco”, contou Victor.

As duas faixas têm espaço garantido no próximo DVD da dupla, que será gravado em breve. Apesar dos poucos detalhes sobre este trabalho, Leo adiantou que o álbum vai priorizar faixas inéditas. “Acredito eu, que seja 60% de música inédita. Além disso, trará algumas canções do ‘Viva por Mim’ na versão ao vivo e algumas regravações da música popular brasileira no geral”, afirmou o cantor.

Já sobre formato, data e outros detalhes, a dupla prefere manter em segredo. Para a nova produção, só há uma certeza a ser dita: “Será em um formato que a gente não fez ainda. Não concluímos ainda. Só não queremos fazer num formato ao vivo, aberto, coisa desse tipo. Não significa que vamos fazer um acústico, pois estamos estudando todas as possibilidades até esgotar. De lugar, de tempo e tudo mais. Pra gente divulgar, precisa estar com a ideia certa. Por enquanto é fazer algo que não fizemos e que tenha mais inéditas do que conhecidas”, resumiu Victor.

Grammy Latino

Enquanto não sobem ao palco para tal gravação, Victor e Leo aguardam o resultado de mais uma indicação para o Grammy Latino. Desta vez, com o álbum “Viva por mim”. No ano anterior, a dupla faturou a estatueta com o DVD “Ao vivo em Floripa”. “Estou muito feliz. Mas gente não se prende a isso quando vai fazer um álbum. Objetivo de mercado, de vendas, seguir algum tipo de tendência… A gente se prende a emoção. Esse é o objetivo principal, a base do nosso trabalho. A gente não termina nenhum tipo de arranjo pensando no que o mercado está querendo. E um prêmio também jamais interferiria nisso. A gente já está muito feliz só com a indicação. E se ganharmos, vou comemorar dobrado. Mas o principal é ter um público que se emociona com nosso trabalho”, defendeu Leo.

O cantor ainda comentou o fato de a dupla ter ficado no top 5 das faixas mais tocadas em rádios durante todo o ano. Boa parte do tempo, ocupando a primeira posição. “Se nós dissermos para você que é ruim vender bastante disco, ganhar um prêmio ou estar em primeiro em rádio, eu estaria sendo muito hipócrita. Acho muito bom isso. Principalmente por ser um disco que trouxe muita polêmica no início. Houve um questionamento porque foi um disco ousado. A gente saber que as pessoas entenderam e absorveram as músicas tanto nos shows quanto em rádios, a gente fica superfeliz”, comemorou o cantor. “Eu acho que essa coisa de estar em primeiro lugar é consequente. Não é bom olhar para isso. Vamos continuar nadando com todas as forças”, completou Victor.

Na TV

Além de estarem com musica na novela “Alto Astral”, Victor e Leo também trazem uma novidade no currículo: vão apresentar um dos episódios do especial de verão da Globo “Sai do Chão”. Questionados sobre a importância de estar sempre na TV, seja em trilhas ou programas, eles mostraram que nem sempre a máxima “ser visto para ser lembrado” é a melhor forma de se manter o sucesso. “Acho que depende do propósito. Se for para você levar sua arte e fortificá-la, fortalecê-la com isso, ótimo. Agora, aparecer por aparecer, você vira pavão. Fica bonitinho, mas não passa de um cagão (risos). Só para rimar… Eu acho que a TV ou o que for, se for para fortalecer a música, é válido”, afirmou Victor. “Saber que a música está entrando na casa das pessoas de forma a emocionar, está lindo, maravilhoso”, completou Leo.

Apesar de achar ótima a ideia de entrar na casa das pessoas com seu talento, Leo não escondeu sua tensão sobre o posto de apresentador. “Eu já adianto que é uma coisa que me deixa um pouco tenso. Ficar na frente das câmeras não é minha praia. Em cima do palco sou uma pessoa desprendida. Consigo simplesmente fazer o que eu sinto sem pensar em nada. Mas na televisão não sei como vai ser, sou um pouco mais tímido. Fico meio tenso só de pensar nisso”.

Bem mais tranquilo em relação ao desafio, Victor só pensa em levar para o telespectador o que ele faz de melhor nos palcos. “Nós somos apenas cantores. Não somos apresentadores, não temos experiência com isso, mas a gente carrega a responsabilidade de apresentar superbem justamente por isso. A ideia é conduzir o programa da mesma forma que a gente conduz um show e usar disso com naturalidade, sem maiores problemas”, declarou o cantor, que ainda brincou com a pergunta sobre um apresentador ter mandado algumas dicas. “Silvio santos mandou para a gente um catálogo… (risos)”.

Victor e Leo lança coletânea "Perfil" (Foto: Rosa Marcondes)

Serviço:

CD “VICTOR & LEO PERFIL”

Faixas: 14

1) TUDO COM VOCÊ
(Leo Chaves / Juliano Tchula / Gabriel Agra)

2) NA LINHA DO TEMPO
(Marcelo Martins / Sergio Porto)

3) BORBOLETAS
(Victor Chaves)

4) BOA SORTE PRA VOCÊ
(Victor Chaves)

5) O TEMPO NÃO APAGA
(Victor Chaves / Leo Chaves)

6) FADA
(Victor Chaves)

7) CONHEÇO PELO CHEIRO
(Victor Chaves)

8) DEUS E EU NO SERTÃO
(Victor Chaves)

9) TEM QUE SER VOCÊ
(Victor Chaves)

10) QUANDO VOCÊ SOME – Participação Especial: Zezé di Camargo & Luciano
(Victor Chaves)

11) MALUCO – Participação Especial: Thiaguinho
(Victor Chaves)

12) AMOR.COM
(Leo Chaves / Gabriel Agra)

13) COMO EU AMEI
(Victor Chaves)

14) CAMINHOS DIFERENTES
Leo Chaves / Paulinha Gonçalves)

Autor: Tags: , , , , ,

domingo, 9 de novembro de 2014 DVD, Show, Turnê | 23:40

Sem voz, Zezé Di Camargo encerra turnê em São Paulo e se desculpa com fãs: “Estou chateado”

Compartilhe: Twitter

Zezé Di Camargo e Luciano

Zezé Di Camargo e Luciano, como de costume, fizeram o show de lançamento de mais uma turnê, em São Paulo. Foram quatro dias de apresentações com a casa lotada. No último, que aconteceu neste domingo (09), Zezé deixou o público um pouco preocupado, já que sua voz não saía bem desde a primeira faixa. “Estou um pouco chateado porque, de ontem para hoje, minha voz mudou totalmente. Quando acordei hoje, a voz não saía. Fiz exercícios… Amanhã a gente sabe que a voz volta. Queria pedir a compreensão de todos e que me ajudem a cantar”, desabafou o cantor em certo momento do show.

O cantor comentou que, antes de subir ao palco, havia combinado de fazer algumas mudanças na apresentação, mas decidiu seguir em frente. “A gente ia pular algumas músicas, mas não vou fugir da raia”, explicou Zezé.

Luciano que, com muita elegância, protegeu o irmão durante todo o show sem passar por cima do primeira voz, ainda deu seu apoio como parceiro musical. “O dia em que ele estiver com 10% da voz, ele ainda vai cantar para vocês. Nada de recursos técnicos. E o 10% dele é foda”, disparou Luciano, mostrando que a dupla dispensa playback.

Ao final da apresentação de mais de duas horas, Zezé desabafou novamente: “Eu não acreditava que conseguiria fazer esse show”.

Durante todo o show, o cantor evitou fazer as tradicionais piadas, parando poucas vezes para conversar e poupando a voz. Quem acompanha a carreira da dupla, sabe que, em alguns shows, Zezé faz praticamente um stand-up comedy, com diversas histórias e piadas. Mas, foi com a sanfona nos braços e sentado na escada montada no palco, que Zezé mostrou que não precisa de voz para transmitir sua paixão e prazer pela música.

A escada, aliás, fazia parte do novo palco da turnê, que está belíssimo. Além das projeções, que aparecem até no teto do palco, os músicos apareceram divididos em dois setores, um de cada lado da escada ao centro. Em um, estão os instrumentos de cordas (violinos e violoncelos) e, em outro, um lado mais Rock and roll, com bateria, baixo e guitarra.

Um dos destaques do show foi o novo vídeo de um dos maiores sucessos da dupla, “No dia em que eu saí de casa”. As imagens recolhidas de despedida entre mães e filhos formaram o vídeo mais emocionante dos últimos shows de Zezé Di Camargo e Luciano.

Mas o ponto alto da apresentação fica mesmo com “Flores em Vida”, momento em que um quarteto de cordas interage com o momento de tensão do videoclipe da faixa, para, em seguida, a dupla entrar com tudo no palco, banhada por flores de papel lançadas do teto.

Ao final o que fica na cabeça mesmo é: “para que voz, quando se tem tanto talento e esse espetáculo no palco?”.

Há tempos que se sabe que o cantor não está em seu auge da voz, mas a torcida pela melhora de Zezé é sempre grande. E, que fique claro. Se um dia o cantor precisar fazer uma pausa, não há com o que se preocupar. Na volta, o público estará com eles. Não tenha dúvidas, Zezé. O Brasil segue amando os filhos de Francisco, não só por seu talento, mas por sua história.

Em tempo: no dia 16 de janeiro de 2015, a dupla volta ao palco do Citibank Hall, em São Paulo, para a gravação de mais um DVD.

 

Autor: Tags:

segunda-feira, 3 de novembro de 2014 Sem categoria | 15:03

Luan Santana decora quarto no clima de seu próximo DVD

Compartilhe: Twitter

Luan Santana (Foto: AgNews)

O arquiteto Luís Pedro Scalise recebeu a incumbência de levar para o quarto de Luan Santana o clima do DVD e contou, com exclusividade para o iG, um pouco de seu novo projeto. “Como o próximo DVD vai ter um tema anos 70, tivemos muita referência com Beatles, cultura inglesa, a bandeira inglesa e o modo de vida da época que Luan vai retratar na gravação do álbum”, contou Scalise, que disse ter conversado com Luan muito rapidamente por conta da correria da preparação para o DVD. “Nossa conversa durou duas horas e no dia seguinte já estava fazendo as compras. Agora estamos finalizando”, afirmou o arquiteto.

Scalise contou ainda que Luan já estava focado em levar o tema do DVD para seu quarto e tudo foi definido nessa primeira conversa, há dois meses e meio. “Definimos tudo na hora. Ele falou o que estava imaginando e eu comecei a desenhar. No primeiro desenho ele disse ‘era exatamente isso que eu queria’ e que nem ele mesmo sabia explicar o que estava pensando para o projeto.

O arquiteto contou ainda que Luan queria que fosse tudo muito rápido pois pretende fazer um lançamento junto com o DVD. “Alguma revista vai mostrar quando ficar pronto”, adiantou.

Sobre alguns detalhes do espaço, Scalise afirmou que muito do que já é de Luan permanecerá, afinal boa parte já é focada em música. “O quarto tem as coisas dele, alguns objetos que ele já curte há um tempo, tem temática de música também e um espaço para compor, um mini estúdio. Vai ter uma tecnologia para mudar de cor com dois toques”. Assim como o DVD, o quarto é superintimista. “Tem uma forte referência com os Beatles, como no DVD. Eu me inspirei mais no estilo das pessoas dos anos 70, como no costume de namoros no drive in, que hoje em dia a gente nem pode mais fazer se não é assaltado. É isso, tem referência ao tipo de atividade daquela época. Quando a pessoa entrar no quarto não vai saber se está indoor ou outdoor. Luan gosta de coisas diferentes e lúdicas”, entregou o arquiteto.

Scalise mostrou também que, mesmo sendo famoso, Luan não escolheu as peças mais caras para formar o ambiente. “Não precisa ter só coisa cara por ser um quarto de popstar. O piso dele, por exemplo, é o mais barato que existe. Claro que um quarto projetado tende a ficar mais caro. Ainda mais quando se trata de um quarto grande como é o do Luan, que tem 100 m² – com closet, banheiro e miniestúdio. Normalmente, os quartos comuns tem cerca de 20m²”, explicou.

Vale destacar que, além do quarto do Luan, Scalise está fazendo outros 4 quartos de artista, sendo duas atrizes no Rio e dois cantores, que ele não quis dizer quem é, mas entregou que é uma dupla sertaneja.

Autor: Tags:

domingo, 2 de novembro de 2014 DVD, Lançamento, Show | 10:37

Ele cresceu: Luan Santana apresenta música inédita durante show e mostra trabalho mais maduro

Compartilhe: Twitter

Caio Duran / CDC Shows e Eventos)

Esqueça de vez o guri de “Meteoro”. Se o trabalho de Luan Santana já se mostrou mais maduro no DVD “O nosso tempo é hoje”, o cantor mostrará que ocupou de vez o posto de artista romântico e com raízes sólidas em seu próximo projeto, que será gravado em 17 de dezembro, em São Paulo. “Acho que a cada projeto que a gente lança, o amadurecimento é uma coisa muito boa. Muito evidente. O Brasil me conheceu com 17 anos, muito novo. Então todo mundo acompanhou cada passo. E esse DVD, com certeza, será mais maduro”, afirmou o cantor.

Prova do toda essa teoria dita é a faixa “Escreve aí”, apresentada pela primeira vez durante o show realizado nesta sexta-feira (31) no Espaço das Américas, em São Paulo,e que deixou todas as fãs alvoroçadas. Boa parte delas, aliás, já iniciou um ótimo trabalho nas redes sociais, mostrando trechos da faixa e usando a hashtag com o nome da canção. “Já temos algumas músicas selecionadas para o DVD e essa é uma delas. A gente trabalhou nessa música durante dois meses. Ela não tinha refrão e a gente criou um refrão para ela e se encaixou com o resto. Acho que ela vai dar muito o que falar”, afirmou o cantor.

O produtor Dudu Borges, que estará mais uma vez em parceria com Luan neste DVD, esteve no palco ao piano para mostrar a faixa. “Essa música é do Bruno Caliman e desde a primeira vez que a gente ouviu, amamos por causa desse lance do estalo”, afirmou Dudu, se referindo ao estalar de dedos na canção. “Só que o refrão não era ao bom quanto isso. Então foi uma coisa natural. Eu e o Luan a gente tem uma sintonia muito forte. A gente é muito transparente um com o outro, quando um pensa numa coisa, o outro também está pensando. Então falamos pra tentar fazer um refrão com que a gente se identificasse mais. E ficamos muito felizes com o resultado”, completou o produtor.

Apesar do clima intimista do futuro DVD e desta faixa romântica, Luan garantiu que o trabalho trará também algumas faixas mais para cima. “Não significa que não terão músicas agitadas. Como é um acústico para mil pessoas, até a forma de eu me portar no palco vai ser um pouco diferente. O modo como você fala para mil pessoas é diferente do que para vinte mil, como foi o outro DVD”, contou.

O novo trabalho contará com 20 faixas e será aberto para mil convidados. Quase todas as canções já estão finalizadas e, todos os envolvidos, garantem que este será um DVD muito diferente. “Não vai ter megaprodução. Vai mostrar essa fusão, chamar a atenção para essa transformação pessoal dele, de adolescente para um homem. Vai mostrar isso com tudo. Com a barba que ele está na cara, a roupa, as letras mais românicas. Tudo tem que caminhar junto. A condução da carreira do Luan e como as coisas estão acontecendo é digno de palestra. A gente está muito feliz e confiante com esse projeto”, apontou Dudu.

Leia mais: 

Luan Santana esclarece brigas em show, fala de novo DVD e analisa carreira: “Está nas minhas mãos”

Luan Santana retribui apoio dos fãs com pocket show só para convidados e leva tietes à loucura

Caio Duran / CDC Shows e Eventos)

 

 

Autor: Tags:

quinta-feira, 23 de outubro de 2014 DVD, Gravações | 15:29

Gustavo Mioto grava primeiro DVD: “Realização de um sonho de toda a família”

Compartilhe: Twitter

Gustavo Mioto grava primeiro DVD (Foto: Francisco Cepeda/AgNews)

Picture 1 of 12

Gustavo Mioto, filho do renomado empresário Marcos Mioto, realizou um sonho de família e gravou seu primeiro DVD. O garoto, que completa 18 anos em março de 2015, escolheu sua cidade natal, Votuporanga, no interior de São Paulo, para realizar o projeto, na noite desta quarta-feira (22).

Apesar de ter se mostrado bem mais aliviado ao final da gravação, Gustavo disse não estar muito nervoso antes de subir ao palco. “A gente fica ansioso porque é a realização de um sonho nosso. Tanto meu quanto da minha família. A gente sempre sonhou que esse momento iria chegar um dia. E estar com toda a minha família, meus amigos, gravando na minha cidade. Realmente o nervosismo bate para ver o que vai acontecer. Mas é um nervosismo bom, não é aquele ruim”, comentou o cantor. Gustavo escolheu justamente o palco de seu primeiro show para a gravação: a Concha Acústica. “Aqui foi o primeiro palco que me apresentei como Gustavo Mioto, quando eu tinha sete anos”, contou.

O local estava lotado para a gravação, que tinha entrada gratuita. A filmagem, diferente do que acontece normalmente, não durou nem duas horas. Algumas faixas foram repetidas, até para cobrir o buraco do atraso de Cristiano Araújo, uma das participações especiais. Além do intérprete de “Maus Bocados”, foram convocados Luan Santana e Bruninho e Davi. O som de Gustavo, aliás, seguiu o padrão de duplas como Bruninho e Davi e Matheus e Kauan: um sertanejo mais pop, que atende a um público mais jovem, como o que estava presente no local.

Até pela faixa etária da plateia, assim que subiu ao palco, Luan arrancou gritos ensurdecedores. No camarim, Gustavo contou que um dos critérios utilizados para a escolha dos convidados especiais foi a amizade. “O critério foi convidar os amigos. Além disso, cantores que eu goste como artista. Bruninho e Davi foi uma escolha unânime, sempre gostei dos meninos. O Cristiano sempre abriu muita porta pra mim. E o Luan, estamos juntos desde o começo de carreira. Eu frequentava muitos shows dele”, contou.

Bruninho e Davi, além de interpretarem a faixa “Boato”, também foram responsáveis por agitar a galera enquanto Gustavo fazia a troca de roupas.

Para sua estreia em DVDs, Mioto escolheu os quase onipresentes no mercado sertanejo Hit Music para a produção, e Dudu Borges, para a produção musical. “Foi uma junção de parcerias que a gente fez. O Dudu a gente já conhecia há muito tempo, a galera da Hit já trabalhamos um tempo atrás. A gente queria fazer um negócio caprichado, mesmo estando no começo. E de boa qualidade. A gente resolveu que teria que ser com os melhores”. E, de fato, foi tudo muito bem organizado.

O DVD, que vai contar com 17 faixas, tem previsão de ser lançado próximo ao carnaval de 2015. Mas, antes disso, Gustavo pretende lançar algum vídeo nas redes sociais. “A gente quer soltar alguns vídeos para galera ver, conhecer algumas musicas. Tudo depende da gravadora mesmo”, contou.

Entre os destaques do álbum que poderiam se tornar uma dessas faixas de divulgação, estão a romântica “Lembra” e a baladinha “Eu gosto de você”, o arrocha em uma pegada mais leve “Ela precisa saber”, além da parceria com Cristiano Araújo “Jeitinho de amar”.

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 21 de outubro de 2014 CD, Família | 18:32

Hudson fala sobre gravação de CD em clínica: “Naquele momento de isolamento, me senti útil”

Compartilhe: Twitter

Edson e Hudson (Foto: AgNews)

Picture 1 of 8

Edson e Hudson reuniram a imprensa, nesta terça-feira (21), no Villa Country, em São Paulo, para falar sobre o período de internação e reabilitação (leia no iG Gente), além de anunciar a data de estreia da turnê “Conectados” e, consequentemente, o retorno de Hudson aos palcos. O dia 4 de novembro, no Villa Country, promete ser não só a volta de Hudson às apresentações, mas também o retorno aos tempos áureos da dupla. “É o melhor show da nossa vida. Passeia nesse tempo todo de sucesso da nossa carreira. A viola voltou ao show, que passeia pelo country, rock e o caipira. Tem para todos os gostos”, afirmou Edson. “Vai de Tonico e Tinoco até Steve Vai”, completou Hudson.

O cantor, aliás, vai poder mostrar seu tradicional trabalho com as guitarras, coisa que não pode fazer durante a gravação do DVD. Quem colocou os acordes do instrumento em estúdio foi Márcio, da dupla Márcio e Douglas, músico que tem Hudson como inspiração. “Vou tocar a guitarra que ele gravou, colocando minha personalidade e improviso. Mas como ele se espelhou em mim para tocar guitarra, não está difícil. É uma nova escola aprender a tocar com o aluno”, elogiou Hudson.

Apesar de não ter tocado guitarra, Hudson, mesmo na clínica, colocou voz e participou de boa parte da produção do álbum, a pedido do irmão, Edson. “Não foi nenhuma sugestão médica. O Edson foi lá, disse que seria importante eu participar. Aí, levaram o estúdio até a clínica. Foi bacana porque, naquele momento de isolamento, me senti útil. Para mim, o mundo tinha acabado. Aquilo foi um up na minha vida”, comentou.

“Conectados”

Para Edson, o novo CD representa uma nova fase da dupla. E a explicação da escolha do nome da turnê, que ganhará faixas do álbum, reforça essa ideia. “É porque estamos conectados de verdade agora, com o amor, os fãs, a saúde e o bem estar”.

Durante três meses, Edson trabalhou sozinho na produção, mas considerou essencial a participação de Hudson no projeto. Sobre a escolha das faixas, o sertanejo também mostrou que houve um cuidado muito grande neste período. “Em vez de procurar compositores, preferi a gente fazer as composições para ficar mais com a nossa cara”.

Apesar de terem acabado de lançar um CD, Edson e Hudson já pensam em um novo projeto: um DVD. “Pretendemos gravar um super DVD, com proporções especiais e pretendemos levar a estrutura para os palcos, mas com medida reduzida. Tudo é uma questão de adequar”, afirmou Hudson, sobre a ideia de levar toda a produção do projeto para palcos menores. “Somos pé no chão. O envelope precisa ser legal, mas o conteúdo tem que ser mais ainda. Não adianta ter estrutura e, na hora H, não levar sua experiência”.

Leia também: Hudson após internação: “Antes, anestesiava problemas na bebida. Agora, encaro”

 

Leia mais: Edson fala sobre ausência do irmão nos palcos: “Não está sendo fácil”

Autor: Tags:

segunda-feira, 20 de outubro de 2014 Sem categoria | 15:53

Jads e Jadson estreiam nova turnê e falam sobre críticas em redes sociais

Compartilhe: Twitter

Jads e Jadson no Villa Country (Foto: Rosa Marcondes)

Picture 1 of 3

No dia 16 de outubro, Jads e Jadson levaram ao Villa Country o show da nova turnê, inspirada no DVD “É Divino”, gravado em Campo Grande, no dia 12 de junho. “Estamos trazendo cenário novo, repertório, totalmente diferente do que fazíamos até semana passada. Aproveitando para apresentar aqui, porque são Paulo é uma vitrine. Só para a galera dar uma sentida do que será a turnê de 2015”, explicou Jads. “O grande intuito é que a gente começou a acrescentar um pouco mais desse repertório, canções inéditas. Incrementamos umas dez canções novas do DVD”, completou Jadson.

A dupla, que está trabalhando nas rádios a faixa “Colo”, em parceria com Victor e Leo, ainda não sabe com qual música fará a virada. Eles pretendem trabalhar a atual por mais uns três meses e sentir o que o público deseja como próxima música de trabalho. Um dos canais que vão usar esse termômetro será a rede social. “É o próprio público que acaba escolhendo a próxima música. Não adianta você querer enfiar goela abaixo. A gente vai sentindo”, explicou Jads, que fica ligado na internet para saber o que o público fala sobre a dupla. “Tem um programa lá que consigo direcionar tudo o que se fala sobre Jads e Jadson na internet, no Instagram, no Facebook. Todo dia eu vejo. Graças a Deus, uma coisa que tenho muito orgulho, é que temos pouca rejeição. Geralmente as pessoas estão falando bem”, comentou Jads.

Ele afirmou também que, mesmo sendo poucas, sabe lidar muito bem com críticas. “Crítica é sempre válido. Nem que seja para você aprender a ter um pouco de paciência. Nunca xinguei fã, nem respondo. Deixo quieto. Não tem que ficar criando polêmica, tem que fazer seu trabalho”.

Jads citou uma crítica que recebeu nas redes sociais que o deixou um pouco incomodado, mas preferiu manter o silêncio. “Teve uma que vi depois do programa do Michel Teló (‘Bem Sertanejo’) que dizia: ‘quem disse que essa dupla representa Tião Carreiro? Para mim, o cara não sabia o que estava falando. Desde moleque a gente tocava viola. Deu vontade de responder: ‘você não conhece nosso trabalho para falar esse tipo de coisa’”.

Enquanto Jads é antenado nas redes sociais, Jadson prefere se manter distante disso. “O Jadson não é um caboclo focado pra cuidar disso aí. Se depender de ele tirar uma foto pra postar…”, denuncia Jads em tom de brincadeira. Jads defende seu ponto de vista em relação ao tema. “Não chego a ser avesso. É uma questão de personalidade mesmo. Sou mais introvertido, sossegado, mais da roça. Fico pouco em telefone. Não tem nada a ver com estratégia, assedio, nada. É só minha maneira de ser. A dupla andou nesses últimos, mas nossa personalidade continua a mesma”.

Leia mais: 

Jads e Jadson fazem parceria inédita com Daniel na festa de peão de Barretos

Jads e Jadson: “‘Jeito Carinhoso’ é, para nós, a ‘Fio de Cabelo’ de Chitão e Xororó”

Jads e Jadson: “Através de ‘Jeito Carinhoso’, o pessoal está buscando as novas e antigas canções da dupla”

Jads e Jadson (Foto: Bruno Francco)

Jads e Jadson (Foto: Bruno Francco)

 

Autor: Tags:

Escritório, Lançamento, Parceria | 15:14

Gabi Luthai, a voz feminina do escritório de Michel Teló: “Não sou uma Gabi montada”

Compartilhe: Twitter

Gabi Luthai (Foto: Reprodução/Faceboook)

Michel Teló, Jads e Jadson e Breno e Caio César. Além destes nomes, a Brothers ganhou uma voz feminina: Gabi Luthai. Famosa por seus vídeos covers na internet, a cantora é a nova integrante do escritório. “De fato, foi muito legal para mim. E muito natural também. Fiquei amiga de todo mundo e decidimos trabalhar junto. Mas sempre sonhei com tudo isso. Queria fazer os vídeos, ficar conhecida para poder chegar num bar e as pessoas olharem para mim e não ficarem só conversando. E alguém investir em mim. E foi o que aconteceu. A Sony Music. E, agora, a Brothers. Acho que vai formar um grupo bem legal para a gente fazer um trabalho muito bacana”, afirmou Gabi, acreditando que a união dos quatro produtos do escritório dará mais força para cada um deles.

A cantora, que esteve no Villa Country na última semana, falou sobre o estilo musical que vai seguir. “Pelo meu histórico na internet, não dá pra definir muito bem meu estilo musical, porque eu só tinha o violão pra mostrar meu trabalho. Acabei optando pelo sertanejo, porque é uma coisa que eu ouço muito, vou só em balada sertaneja, e as pessoas no meu canal optavam mais por esse ritmo. Mas vou trazer um lado meu que as pessoas não conhecem muito bem, que é a Gabi animada, que gosta de arrocha. E também a parte romântica, que é o que mais funcionou para mim”, comentou.

Gabi já teve um CD lançado pela Sony Music e se prepara para trabalhar em cima dele e mostrar a que veio. “Meu primeiro CD é quase acústico, é uma preparação para o que eu vou me tornar. Para não fazer as coisas muito bruscas, não romper com uma história. Eu não posso jamais perder minha essência. E acho que a pessoa que já gosta, vai conseguir acompanhar se a gente fizer isso de uma maneira natural, sem chegar lá e ter uma Gabi montada. Porque não sou uma Gabi montada, Sou uma Gabi que vem se construindo”.

Agora, para um p´roximo trabalho, Gabi conta que já está escrevendo e focando em faixas inéditas, deixando para trás seu lado cover. “É uma fase de amadurecimento. Eu já existo para algumas pessoas, mas elas precisam entender quem eu realmente sou”.

Autor: Tags:

Escritório, Show | 14:59

Breno e Caio César ingressam em escritório de Michel Teló e preparam DVD

Compartilhe: Twitter
Breno e Caio César (Foto: Rosa Marcondes)

Breno e Caio César (Foto: Rosa Marcondes)

Breno e Caio César passaram um período na AR Live, escritório de Anderson Ricardo, e seguiram para uma empresa própria. Agora, os gêmeos brindam uma nova parceria: a entrada na Brothers, escritório de Michel Teló. “A gente saiu do Anderson no final do ano. Ficamos até agora com escritório próprio. Agora entramos na Brothers, que é um escritório que tem experiência de mercado já faz tempo. Além de sermos também amigos, o que facilita muito, porque tem liberdade para trocar ideia. Isso ajuda muito o produto”, comentou Caio César.

A Brother, além de Michel Teló e a dupla, conta também com Jads e Jadson e, agora, com a novata Gabi Luthai. “São todos diferentes, cada um com sua personalidade. Isso ajuda muito também. Estamos muito felizes de estar na Brothers. Graças a Deus, agora vamos trabalhar”, afirmou o cantor.

Breno contou que a dupla vai gravar um DVD em 2015. Mas, antes, vai lançar um videoclipe.” Dia 3 de novembro vem musica nova. Estamos tentando decidir entre duas faixas inéditas: ‘7 bilhões’ e ‘Dói’”. As duas canções, assim como outras da dupla, são pop românticas. “Nosso estilo é mais voltado para o pop, para a meninada, até por nossa idade, nós somos novos. Automaticamente já puxa o pessoal mais jovem”, comentou Breno. Os gêmeos completam 18 anos em janeiro de 2015.

Autor: Tags:

sexta-feira, 17 de outubro de 2014 Bem Sertanejo, TV | 19:24

Michel Teló sobre quadro no “Fantástico”: “Não imaginávamos que eles iriam aceitar”

Compartilhe: Twitter

Michel Teló se apresenta no Villa Country (Foto: Paduardo / Phábrica de Imagens)

Recém-casado, Michel Teló segue no batente e cheio de projetos. Longe de uma viagem de lua-de-mel, o cantor se apresentou nesta quinta-feira (17), no Villa Country, em São Paulo. Por lá, além de falar sobre seu novo estado civil, o cantor comentou que já começa a preparar um DVD só de faixas inéditas.

Mas, antes deste trabalho, Teló vai lançar, em novembro, o DVD da série “Bem Sertanejo”, que está em sua segunda temporada no “Fantástico”. “Algumas coisas já foram para o ar, mas o DVD terá a música inteira, na integra. Será tudo com um outro corte, uma outra edição. Será um grande presente para o Natal”, afirmou Teló.

Sobre a série, aliás, o cantor relembrou que a ideia inicial não tinha nenhuma relação com o dominical da Globo. “Desde de 2011, tem entrevistas minhas falando que eu ia gravar um projeto de música sertaneja raiz. Com a loucura que virou a ‘Ai se eu te pego’, tivemos que adiar. E aí, realmente o projeto era para ir na casa dos amigos, cantar e falar sobre música sertaneja. E um dia a gente falou: ‘quem sabe levar para o ‘Fantástico’… Era uma ideia que a gente nem imaginava que eles fossem aceitar”, comentou.

Teló relembrou, ainda, que o objetivo inicial (e que está sendo cumprido ao longo da atração) era o de contar um pouco da história da música sertaneja para o público que não acompanhou essa trajetória. “Se fosse para contar tudo, ficaria impossível. É uma musica muito rica de muitas histórias. Mas a gente queria mostrar um pouco para as pessoas e relembrar o contexto histórico da música sertaneja. Mostrar para as pessoas que ela veio evoluindo a cada década, se modernizando, para se tornar a música que é hoje, extremamente popular”.

Com o sucesso do programa, Michel pretende inserir um pouco dessa história em seus próximos shows. “A próxima turnê vai ter bastante ‘bem sertanejo’”.

Leia também: Próximo episódio do “Bem Sertanejo” tem Victor & Leo e Fernando & Sorocaba

 

Autor: Tags: ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. 20
  9. 30
  10. Última