Publicidade

segunda-feira, 18 de março de 2013 Sem categoria | 20:56

Jorge fala sobre boatos de briga com Mateus: “Somos muito diferente um do outro, mas nos respeitamos acima de qualquer coisa”

Compartilhe: Twitter

Jorge e Mateus (Foto: Rosa Marcondes)

Muito se falou nos últimos meses sobre uma possível briga entre Jorge e Mateus. Algumas notícias davam conta de que a dupla estaria sem se falar há algum tempo, depois de uma discussão após a apresentação no Brazilian Day, em Nova York. Durante o Country Festival, que aconteceu em Curitiba neste sábado (16), Jorge e Mateus desmentiram os rumores. “Acho que, pelo fato de a gente não ficar expondo demais nossas vidas nas redes sociais, o pessoal começa a criar alguma coisa. Não existe isso. Nós somos muito diferente um do outro, mas nos respeitamos acima de qualquer coisa. E é por isso que estamos há oito anos trabalhando junto”, afirmou Jorge.

Mateus concordou com o parceiro musical e mostrou que há muito trabalho pela frente, tirando o tempo de qualquer discussão. “Daqui um mês e meio, o DVD do Royal Albert Hall (trabalho gravado pela dupla na casa de shows em Londres, em setembro de 2012)  deve estar aí. E a gente já vai entrar em estúdio para gravar outro CD de inéditas, com 14, 15 faixas. O trabalho está a todo o vapor. Esse ano tem muito show para fazer, muita conta para pagar, e não tem briga, não”, disse Mateus, que se apresentou com uma tipoia por conta de um machucado no ombro, após praticar wakeboard.

Leia mais: César Menotti e Fabiano começam a trabalhar a música “Dois Corações”, com participação de Jorge e Mateus

Leia também: Luciano: “Se eu fosse cantar por dinheiro, já teria parado. Já ganhei demais”

Jorge afirmou que não gosta de expor sua intimidade e, por isso, não tem nenhuma conta em rede social. “Não gosto e não quero ter. Falo pessoalmente com as pessoas. É complicado. As pessoas gostam de viver a vida alheia. Os fãs podem ficar tranquilos: a gente não brigou, não está sem se falar. Quando a gente briga a gente resolve na mesma hora as nossas desavenças. E o braço do Mateus eu quebrei porque…”, brincou Jorge sobre o machucado no ombro do parceiro musical.

Ele ainda afirmou que o excesso de exposição às vezes cansa. Não quando se refere à sua arte, mas à vida pessoal. “Sou cantor, não sou artista”, afirmou, com o apoio de Mateus. “O que tem que ser exposto é a música. É muito bom você ser reconhecido. Mas pelas pessoas que dão valor a você, não à sua imagem. As pessoas que gostam da sua música e sabem quem é que é o Jorge, quem é o Mateus. Então, é bom as vezes a gente sair e ser recebido por pessoas que gostam da nossa música. Não apenas por estarmos na mídia”, concluiu o cantor.

Leia mais: Jorge e Mateus falam sobre presentes de fãs: “Todo show eu recebo um panda, por causa da minha olheira”, se diverte Jorge

Autor: Tags:

6 comentários | Comentar

  1. 56 Adailto 16/11/2013 23:35

    kkkkkkkkkkkk Amigo vc deve ser bem rico néh??
    então me diz qual tipo de músicas vcs ricos gostam????? fala sério néh… até aonde eu sei música ñ é classificada por classe social….. e sim por gosto. cada um tem um gosto diferente independente de ser rico ou pobre..

    Responder
  2. 55 PULO JORGE 22/06/2013 23:54

    O legal da dupla é o Jorge porque u Mateus não passa de um roqueiro frustrado, porque o visual dele é de roqueiro, mas ganhou dinheiro e fama por causa da dupla sertaneja, hoje fica negando convites de programas populares cuidado o mundo gira!

    Responder
  3. 54 Sielen fernanda 24/03/2013 19:40

    Muitooo Boom kkkkJorge sempree fofo com os fãs >< kkkkkkkkkk

    Responder
  4. 53 Karoline 20/03/2013 21:19

    Oi moro em macapá adoro jorge e mateus sou muito fã deles .bjs

    Responder
  5. 52 Eduardo 19/03/2013 11:26

    Esses pseudo sertanejos são umas porcarias, é só começar a ter algum sucesso pensam que são os tais, e ficam com essas briguinhas de gazelas para aparecer na mídia, duvido que as músicas lançadas a 10 ou 15 anos terão o sucesso que as mais antigas tiveram, tanto que tocam até hoje. Atualmente lançam a música eles cantam até encher o saco em tudo quanto é lugar e depois é esquecida. São composições momentâneas apenas com um refrão chamativo e o resto é pura apelação de mau gosto.

    Responder
    • roberta 08/06/2014 18:21

      jorge e mateus sempre foi uma dupla boa e sempre vai ser, se vc n gosta deles ploblema é seu pq eu gosto e milhares de pessoas tbm gostam nao é pq eles sao ricos q ganham bem q nos n podemos amar eles eles cantam bem pra carambaa e eles n podem se separar!! amo jorge e mateus e fiquei muito triste pq eles brigaram!! <3 #FICADICAA agora vai si f.d……infelizzzz

      Responder
    • Matheus Marques 10/02/2014 9:41

      Épocas diferentes, estilos diferentes, públicos diferentes e muito mais opções de Estilos, realmente o sertanejo raiz é FODA! e se não te agrada o sertanejo de hoje, escute então o que te faz bem. Criticas construtivas são aceitaveis agora falar merda como você disse ae não. Abraços

      Responder
  6. 51 Pedro bezerra 19/03/2013 10:20

    Esses “sertanojos” são uns chatos que fazem barulho que os pobres gostam…

    Responder
    • Adailto Soares 16/11/2013 23:27

      kkkkkkkkk amigo vc deve ser bem rico néh?
      então me diz qual musica vcs ricos gostam????? fala sério néh…. vc é um babaca!

      Responder
    • Janaina 03/06/2013 8:57

      Música não tem nada a ver com classe social, e além disso qual é a classe predominante no nosso país?

      Responder
    • Patricia 22/03/2013 15:53

      Se vcs não gostam pq perdem tempo lendo sobre assuntos que não tem o menor interesse!
      Todo mundo precisa trabalhar se eles conseguiram conquistar um publico seja qual for a classe social o mérito é deles e ninguém tem nada a ver com isso…. Vai trabalhar e procure fazer o melhor na sua área e tente se destacar por isso e não metendo o bedelho onde não foi chamado!

      Responder
  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios