Publicidade

segunda-feira, 1 de julho de 2013 Lançamento, Mercado Sertanejo, Música | 20:47

Filho de Governador de MT faz show de estreia e declara: “Vão falar que a gente está roubando, mas isso não me afeta”

Compartilhe: Twitter

Picture 2 of 7

Ricardo Barbosa (Foto: Thais Aline e Danilo Carvalho / Ag. Fio Condutor)

Ricardo Barbosa, filho do atual Governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, fez seu show de estreia neste sábado (29), durante a tradicional Feijoada de Inverno, na Chapada dos Guimarães. Ricardo, que fez três semestres da faculdade de administração antes de decidir se enveredar para a carreira musical, mostrou algumas de suas canções e interpretou músicas também de outros artistas, sempre voltadas para o romantismo, linha que pretende seguir. “Gosto bastante de história em música, de história entre um e outro, entre um casal. Se for resumir, a cara do Ricardo Barbosa é romântica”, afirmou o cantor no camarim, após a apresentação.

Foi ali também que Ricardo chorou bastante depois do show. Questionado sobre o motivo das lágrimas, ele explicou. “Senti bastante emoção pós-show. Foi um alívio poder concluir um trabalho que a gente estava desenvolvendo fazia tempo. A sensação de missão cumprida foi relaxante e emocionante”, explicou o cantor.

Nos bastidores, Ricardo também contou que nunca teve o sonho de seguir a carreira musical, mas o incentivo dos amigos que o viam cantar em festinhas e casamentos, o levou a pensar naquilo como meio de ganhar a vida, deixando assim, a hipótese de seguir os mesmos passos do pai. “Decidi entrar em uma aula de canto e ver se valia a pena tentar profissionalizar isso. Hoje tenho a música como meu objetivo de vida”, contou ele.

Apesar de traçar uma meta, Ricardo sabe que não será fácil conquistar o público. O cantor ainda precisa corrigir algumas falhas, comuns de início de carreira, como presença de palco. Mas parece saber bem por onde ir. Principalmente porque a maior dificuldade não está no lado artístico. “Decidi acreditar em mim. Acreditar em um potencial. Tenho muito o que aprender. Decidi enfrentar (o preconceito) porque é minha vida. Tenho que ter meu nome, minha carreira, não precisa ser política”, afirmou o cantor, que diz sofrer muitas críticas por ser filho de político. “Existe muito preconceito. As pessoas julgam sem conhecer minha música, muito menos minha pessoa. Mas sei lidar com isso, porque convivo com isso”, afirmou.

Ricardo ainda disse sofrer muitas acusações, não apenas em relação ao pai, mas também à sua conduta. “Acusações a gente vê de todos os tipos. Envolvendo sexualidade, drogas, dinheiro ilícito. Ouço de tudo quanto é coisa, e se eu fosse me preocupar com isso, eu seria o cara mais infeliz do mundo. Isso não me afeta. Vão criticar, falar mal, vão falar que a gente está roubando, desviando alguma coisa pra investir em mim, que sou viado, uso drogas. Isso vão falar. Eu já não estou mais me importando. Importo apenas em evoluir”.

Passada a ansiedade do primeiro show, Ricardo agora pretende focar no trabalho de divulgação e no fechamento de datas para a agenda. E o cantor não deixa de sonhar com uma parceria com um grande escritório, como aconteceu com artistas como Lucas Lucco, Israel Novaes, e tantos outros. “Até agora, a gente traçou a carreira como a gente vem vindo: avulso, trabalhando aos poucos, valorizando o tempo, a produção musical, a escolha de repertório. Agora que a gente fez esse show de lançamento, acredito que sim, que a gente possa conversar com o povo de escritórios, e seria uma parceria muito boa”. Mas antes, ele precisa desfazer a impressão que alguns conterrâneos têm de sua carreira, já que há quem alegue que ele tenha usado playback em suas breves apresentações na cidade antes do show de estreia.

Autor: Tags: , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios