Publicidade

terça-feira, 24 de junho de 2014 Clipe, Lançamento, Música | 20:34

Rionegro e Solimões: “Lançar um disco já não é mais a prioridade do artista”

Compartilhe: Twitter

Rionegro e Solimões (Foto: Divulgação)

Depois de “O Cowboy Vai Te Pegar”, Rionegro e Solimões acabam de lançar mais uma faixa bem humorada. E “Cavalo tá doidão” vem acompanhada de um videoclipe, que tem lançamento oficial nesta quarta-feira (25).

O vídeo (que você assiste logo abaixo) foi gravado em Franca, no interior de São Paulo, além de alguns pontos turísticos da capital paulista, como a Avenida Paulista e no Parque do Ibirapuera, por onde Solimões desfilou com seu cavalinho de pau.

“Cavalo tá doidão” é um single, que deve ser gravado no DVD comemorativo da dupla, que completou 25 anos no dia 1º de abril.

Com tantos anos de estrada e uma marca presente na história da música sertaneja, Rionegro e Solimões seguem fortes com a agenda de shows, fazendo uma média de 20 apresentações por mês.

Confira a seguir uma breve entrevista com a dupla, que já lançou 18 CDs, três DVDs e venceu mais de 10 milhões de discos.

iG: Esta é a segunda faixa seguida com letra bem humorada que vocês lançam. É uma aposta que deu certo para vocês?
Rionegro: Sim. ‘O cowboy vai te pegar’ foi muito bem aceita e repetimos a dose agora com o ‘Cavalão ta doidão’, que promete ser mais um grande sucesso.
iG: Devem seguir nessa linha no próximo trabalho?
Solimões: A gente não pensa dessa forma. Na verdade, queremos é que nosso público, os fãs que nos acompanham, se identifiquem com nosso trabalho como tem sido sempre. Fazemos isso com muito carinho.

iG: “Bate o pé” talvez seja a música mais conhecida de vocês. Até quem não escuta música sertaneja a conhece. As duas últimas apostas de vocês também são bem para cima. A imagem que querem deixar para o público é a de uma dupla com faixas mais animadas?
Rionegro: Se for pra destacar, seriam várias. Mas o ‘Bate o pé’ é um grande sucesso. E a música ‘Na sola da bota’ teve, talvez, uma maior projeção por ser tema da novela “América”, da Globo. Chegamos até a participar das gravações. Com essa força, ela pode ser hoje a mais conhecida.

iG: O que vocês preferem fazer? As bem humoradas ou as mais românticas, como “Frio da Madrugada” e até mesmo a “Romântica”?
Solimões: A gente gosta de animar e, também, de fazer o coração doer. Pois o sentimento é assim. A gente ri e ao mesmo tempo, chora. Com todo mundo é assim. Sempre gostamos de emocionar e alegrar o nosso público em todos os momentos.

iG: Este ano vocês completaram 25 anos de carreira. Em entrevista no ano passado, vocês afirmaram que pretendiam gravar um DVD comemorativo. Como ficou esse projeto?
Rionegro: Realmente esse DVD queremos concluir nesse ano. Mas graças a Deus e aos nossos fãs, estão acontecendo muitas coisas boas em nossa carreira e as músicas que estamos lançando, estão sendo muito bem aceitas. Ficamos felizes e não queremos atrapalhar esse momento que está muito legal. Com isso, O DVD espera um pouquinho.

iG: Os últimos três trabalhos de vocês vieram acompanhados de clipes. Os trabalhos com esse tipo de material dispensam a necessidade de um álbum físico, como acontecia no passado?
Solimões: Temos que acompanhar a evolução. Hoje, o povo quer ouvir as músicas e assistir aos vídeos. E estamos juntos com o povo. Lançar um disco já não é mais a prioridade do artista. O que precisa hoje é acertar uma música que agrade o povo e tenha um vídeo que ajude a passar a mensagem dela.

 

Autor: Tags:

4 comentários | Comentar

  1. 54 gustavo 25/06/2014 23:00

    Sem dúvidas bate o pe o maior sucesso ..

    Responder
  2. 53 jorge luiz correia 25/06/2014 18:08

    EU SOU MUITO FA DE RIO NEGRO E SOLIMOES ADOORO A DUPLA DES DO COMEÇO DA CARREIRA DELES QUE DEUS ABENÇOE SEMPRE ELES FICOU MUITO BOM O CLIPE DELES UM FORTE ABRAÇO E MUITO MAIS SUCESSO

    Responder
  3. 52 Francisco costa campos 25/06/2014 18:04

    SÃO espetáculo adoro as vossa musicas

    Responder
  4. 51 thiago 24/06/2014 22:31

    gostei muito bom

    Responder
  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios