Publicidade

quinta-feira, 13 de novembro de 2014 CD, DVD, Entrevista, Lançamento | 17:15

Victor Chaves sobre aparições na TV: “Aparecer por aparecer, você vira um pavão”

Compartilhe: Twitter

Victor e Leo lança coletânea "Perfil" (Foto: Rosa Marcondes)

Como de costume, Victor e Leo chegam ao final do ano com novidade no mercado. Desta vez, a dupla lança a coletânea “Perfil”, composta por 12 sucessos da dupla e mais duas inéditas. São elas: “Como eu amei”, de Victor; e “Caminhos diferentes”, de Leo em parceria com Paulinha Gonçalves.

O título desta última, aliás, reflete um pouco a diferença musical entre as faixas novatas. Embora ambas venham com letras românticas, a primeira tem uma levada mais melódica e, a segunda, uma junção entre o pop e o eletrônico.

Em entrevista ao iG, a dupla contou como foi feita a seleção das faixas que compõem álbuns anteriores, em meio a tantos sucessos dos irmãos. “Foi feita por nós todos: gravadora, escritório, eu e o Victor. É nosso segundo ano na Som Livre e eles queriam ter uma coletânea com nossos sucessos, formando um catálogo. Aproveitamos a oportunidade. E houve um pedido de duas inéditas, para agregar valor ao produto. São canções que trazem inovação e ousadia, que é uma característica forte nossa”, explicou Leo.

Questionado sobre o motivo de não ter escolhido o tão usado atualmente formato de EP para lançar as inéditas, Leo disse que pode adotar a ideia em breve. Mas, desta vez, a explicação era por já ter o projeto “Perfil” engatado. “Já seria lançado. Na última hora surgiu essa ideia de colocar duas inéditas, o que a gente achou ótimo, para ter um atrativo a mais para o disco”, contou Victor.

As duas faixas têm espaço garantido no próximo DVD da dupla, que será gravado em breve. Apesar dos poucos detalhes sobre este trabalho, Leo adiantou que o álbum vai priorizar faixas inéditas. “Acredito eu, que seja 60% de música inédita. Além disso, trará algumas canções do ‘Viva por Mim’ na versão ao vivo e algumas regravações da música popular brasileira no geral”, afirmou o cantor.

Já sobre formato, data e outros detalhes, a dupla prefere manter em segredo. Para a nova produção, só há uma certeza a ser dita: “Será em um formato que a gente não fez ainda. Não concluímos ainda. Só não queremos fazer num formato ao vivo, aberto, coisa desse tipo. Não significa que vamos fazer um acústico, pois estamos estudando todas as possibilidades até esgotar. De lugar, de tempo e tudo mais. Pra gente divulgar, precisa estar com a ideia certa. Por enquanto é fazer algo que não fizemos e que tenha mais inéditas do que conhecidas”, resumiu Victor.

Grammy Latino

Enquanto não sobem ao palco para tal gravação, Victor e Leo aguardam o resultado de mais uma indicação para o Grammy Latino. Desta vez, com o álbum “Viva por mim”. No ano anterior, a dupla faturou a estatueta com o DVD “Ao vivo em Floripa”. “Estou muito feliz. Mas gente não se prende a isso quando vai fazer um álbum. Objetivo de mercado, de vendas, seguir algum tipo de tendência… A gente se prende a emoção. Esse é o objetivo principal, a base do nosso trabalho. A gente não termina nenhum tipo de arranjo pensando no que o mercado está querendo. E um prêmio também jamais interferiria nisso. A gente já está muito feliz só com a indicação. E se ganharmos, vou comemorar dobrado. Mas o principal é ter um público que se emociona com nosso trabalho”, defendeu Leo.

O cantor ainda comentou o fato de a dupla ter ficado no top 5 das faixas mais tocadas em rádios durante todo o ano. Boa parte do tempo, ocupando a primeira posição. “Se nós dissermos para você que é ruim vender bastante disco, ganhar um prêmio ou estar em primeiro em rádio, eu estaria sendo muito hipócrita. Acho muito bom isso. Principalmente por ser um disco que trouxe muita polêmica no início. Houve um questionamento porque foi um disco ousado. A gente saber que as pessoas entenderam e absorveram as músicas tanto nos shows quanto em rádios, a gente fica superfeliz”, comemorou o cantor. “Eu acho que essa coisa de estar em primeiro lugar é consequente. Não é bom olhar para isso. Vamos continuar nadando com todas as forças”, completou Victor.

Na TV

Além de estarem com musica na novela “Alto Astral”, Victor e Leo também trazem uma novidade no currículo: vão apresentar um dos episódios do especial de verão da Globo “Sai do Chão”. Questionados sobre a importância de estar sempre na TV, seja em trilhas ou programas, eles mostraram que nem sempre a máxima “ser visto para ser lembrado” é a melhor forma de se manter o sucesso. “Acho que depende do propósito. Se for para você levar sua arte e fortificá-la, fortalecê-la com isso, ótimo. Agora, aparecer por aparecer, você vira pavão. Fica bonitinho, mas não passa de um cagão (risos). Só para rimar… Eu acho que a TV ou o que for, se for para fortalecer a música, é válido”, afirmou Victor. “Saber que a música está entrando na casa das pessoas de forma a emocionar, está lindo, maravilhoso”, completou Leo.

Apesar de achar ótima a ideia de entrar na casa das pessoas com seu talento, Leo não escondeu sua tensão sobre o posto de apresentador. “Eu já adianto que é uma coisa que me deixa um pouco tenso. Ficar na frente das câmeras não é minha praia. Em cima do palco sou uma pessoa desprendida. Consigo simplesmente fazer o que eu sinto sem pensar em nada. Mas na televisão não sei como vai ser, sou um pouco mais tímido. Fico meio tenso só de pensar nisso”.

Bem mais tranquilo em relação ao desafio, Victor só pensa em levar para o telespectador o que ele faz de melhor nos palcos. “Nós somos apenas cantores. Não somos apresentadores, não temos experiência com isso, mas a gente carrega a responsabilidade de apresentar superbem justamente por isso. A ideia é conduzir o programa da mesma forma que a gente conduz um show e usar disso com naturalidade, sem maiores problemas”, declarou o cantor, que ainda brincou com a pergunta sobre um apresentador ter mandado algumas dicas. “Silvio santos mandou para a gente um catálogo… (risos)”.

Victor e Leo lança coletânea "Perfil" (Foto: Rosa Marcondes)

Serviço:

CD “VICTOR & LEO PERFIL”

Faixas: 14

1) TUDO COM VOCÊ
(Leo Chaves / Juliano Tchula / Gabriel Agra)

2) NA LINHA DO TEMPO
(Marcelo Martins / Sergio Porto)

3) BORBOLETAS
(Victor Chaves)

4) BOA SORTE PRA VOCÊ
(Victor Chaves)

5) O TEMPO NÃO APAGA
(Victor Chaves / Leo Chaves)

6) FADA
(Victor Chaves)

7) CONHEÇO PELO CHEIRO
(Victor Chaves)

8) DEUS E EU NO SERTÃO
(Victor Chaves)

9) TEM QUE SER VOCÊ
(Victor Chaves)

10) QUANDO VOCÊ SOME – Participação Especial: Zezé di Camargo & Luciano
(Victor Chaves)

11) MALUCO – Participação Especial: Thiaguinho
(Victor Chaves)

12) AMOR.COM
(Leo Chaves / Gabriel Agra)

13) COMO EU AMEI
(Victor Chaves)

14) CAMINHOS DIFERENTES
Leo Chaves / Paulinha Gonçalves)

Autor: Tags: , , , , ,

3 comentários | Comentar

  1. 53 Natália Marcolin 29/11/2014 11:14

    Amo você Chaves sempre fui sua fã te adoro do fundo do meu coração.

    Responder
  2. 52 Dani Alberti 16/11/2014 8:16

    Desejo sucesso no objetivo se vcs! Já são vencedores na vida! Tem a minha admiração desde sempre!!

    Um beijo com saudade!!

    Dani Alberti.

    Responder
  3. 51 Selma 15/11/2014 2:39

    Sabe que eu amava vocês a alguns anos atrás!!? Ainda escuto suas musicas, muitas vezes, mas já não nao sei mais o que vocês querem. Fazer sucesso, ganhar dinheiro, ser popular, ou serem reconhecidos como autores e cantores diferenciados e elitizados!! Essa postura de vocês me confunde!!! De qualquer forma, continuo admirando a poesia de suas canções, mas fica difícil saber o que me faz mais proxima.. Será o populismo ou a poesia!! Fica misturado, por não saber onde vocês querem realmente chegar!!!
    Desejo sucesso!!

    Responder
  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios