Publicidade

Arquivo do Autor

domingo, 2 de junho de 2013 Crítica, Mercado Sertanejo, Música | 11:45

Victor Chaves: “As duplas atuais cantam muito lixo e pornografia musical, que faz mal para as novas gerações”

Compartilhe: Twitter

Victor Chaves (Foto: Claudio Augusto/Foto Rio News)

Picture 1 of 7

Não é a primeira vez que o cantor Victor Chaves faz uma crítica ao cenário da música sertaneja atual. Há cerca de um ano, o cantor afirmou que a música sertaneja, hoje, é uma prostituição absoluta. E agora, talvez por estar recém-casado e mais preocupado com o lado família, Victor voltou a fazer suas críticas e não poupou comentários para definir  algumas composições atuais, que ele considera prejudicial para as novas gerações.

A declaração do sertanejo foi feita baseada em um recente comentário de José Rico, parceiro de Milionário, e um dos ídolos de Victor e Leo. “José Rico fez uma declaração dizendo que a música sertaneja não é música pornográfica. Existe uma pornografia presente na música atual chamada sertaneja, e eu concordo com ele. Acho que a maior parte das canções das duplas atuais eu não deixaria filho meu ouvir e já relatei ao Leo para que, sobrinhos meus e filhos dele, não ouçam”, declarou o músico, antes de se apresentar no Country in Park, evento realizado nesse sábado (01), no Hopi Hari, no interior de São Paulo.

Victor, que há alguns anos segue no topo da lista de compositores que mais faturam no Brasil, afirmou ainda que qualquer tipo de sentimento pode ser expresso através da arte de uma maneira respeitosa e, por isso defende: “Pornografia em canção ou sensualidade excessiva, não é para criança ouvir. Não faz bem aos ouvidos de ninguém. Acho que as duplas atuais cantam muito lixo e pornografia musical, que faz mal para a criançada e para as novas gerações”.

O cantor também falou sobre a relação beleza e talento musical, que, segundo ele, não precisam caminhar juntas. “O importante é ter essência. Se a pessoa tem uma beleza cativante e canta pouco, talvez a beleza aos olhos dos outros vá compensar a falta de arte. Mas acho que se tem muita arte, não precisa ser bonito. Só precisa abrir a boca para cantar e pronto”, afirmou Victor, que ainda fez uma análise sobre “ser bonito” quando se está à frente dos holofotes. “Pegou um violão, acendeu a luz e subiu no palco, ficou bonito. Aprendi isso muito cedo. Eu mesmo. Minha popularidade na escola veio toda quando comecei a cantar”.

Leia mais: Após cinco meses de namoro, Victor Chaves se casa com Cláudia Swarovski

Leia também: Banda holandesa grava versão da canção “Borboletas”, de Victor e Leo

E ainda: Victor e Leo: “O mercado sertanejo, hoje, é uma prostituição absoluta”

Autor: Tags: ,

sexta-feira, 31 de maio de 2013 DVD, Gravações, Show, Villa Country | 12:09

Humberto e Ronaldo sobre novo DVD: “Tem moda para todos os gostos”

Compartilhe: Twitter

Humberto e Ronaldo fazem show no Villa Country (Fotos: Claudio Augusto)

Picture 1 of 15

Humberto e Ronaldo se apresentaram na noite desta quarta-feira (29) no Villa Country, menos de uma semana após a gravação do terceiro DVD da dupla na tradicional Pecuária de Goiânia. No camarim, antes de subir ao palco, os cantores falaram sobre as filmagens. “Pra gente, foi muito bom poder voltar em Goiânia e gravar esse terceiro DVD. A galera recebeu muito bem essas músicas novas e isso é muito importante. Ficou um show bem pra cima e o cenário maravilhoso”, afirmou Humberto. Ronaldo completou que o palco ficou bem iluminado e que eles só viram realmente o resultado final através de fotos. “A noite é que dá para ter mais noção, mas a gente fica de costas, então vimos de verdade por fotos”, afirmou.

Leia mais: Humberto e Ronaldo: “A gente quer fazer uma carreira, não quer fazer nada de momento”

Leia também: Humberto: “O cantor, quando sai de Goiânia, tem um pouco de medo de São Paulo”

Humberto também comentou o impacto que a morte de um jovem durante o show de Lucas Lucco no evento, uma semana antes, causou no show. “A gente ficou um pouco com receio. Não foi a quantidade de gente que esperávamos mas ficou legal, ficou bonito. Infelizmente a Pecuária de Goiânia teve esse problema esse ano. Não atrapalhou somente nosso show, todos os outros de outros dias tiveram problemas por causa disso”, afirmou o sertanejo.

O DVD está previsto para chegar às lojas no final do mês de agosto. “Estamos louquinhos para ver ele pronto”, declarou Ronaldo, que ainda falou sobre a seleção do repertório: “Tem moda para todos os gostos”.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 30 de maio de 2013 Show, Villa Country | 11:14

Guilherme tem crise de apendicite e Santiago se apresenta sozinho em show em São Paulo

Compartilhe: Twitter

Santiago canta sem Guilherme em show no Villa Country (Foto: Claudio Augusto)

Picture 1 of 10

Guilherme, parceiro musical de Santiago, passou por um susto nessa quarta-feira (29). O cantor teve uma crise de apendicite e foi internado no Hospital Santa Paula, em São Paulo. O cantor, que já passou pelo mesmo problema no passado, fará uma nova cirurgia.

Com a internação de Guilherme, Santiago precisou se apresentar sozinho no show realizado na mesma noite no Villa Country, na capital paulista. “A gente está sujeito a isso. Temos 19 anos de carreira. Isso nunca tinha acontecido. Eu não estava preparado, mas o ser humano tem que estar preparado para tudo. O pessoal entende, adorou e me ajudou também”, afirmou Santiago após a apresentação, agradecendo ao público.

Segunda voz da dupla, ele confessou não ter sido uma tarefa fácil comandar o show sozinho. “É muito difícil. Eu estou acostumado a fazer segunda voz, canto 60% da música. Tem a responsabilidade de lembrar da letra toda. Tive que estudar um pouco. É muito difícil, não é fácil”.

Santiago contou ainda que o fato de praticar o posto de primeira voz quando está longe dos palcos o ajudou na hora da apresentação. “Se fosse um cara que não praticava ou se tivesse uma voz inferior, tinha que ter cancelado. Mas tinha que enfrentar. É meu trabalho, gosto de fazer e estou fazendo isso pelo Guilherme”, afirmou o sertanejo, que ainda tem mais três shows pela frente sem a companhia do irmão. São eles: Pedro Leopoldo (MG), Costa do Sauípe(BA) e Macapá (AP).

Leia também: Humberto: “O cantor, quando sai de Goiânia, tem um pouco de medo de São Paulo”

Trabalho

O susto não vai adiar nenhum plano de próximos trabalhos da dupla. A dupla, que atualmente trabalha a canção “Quando Bebe”, está em processo de finalização do próximo CD. “Vamos lançar agora, no final de junho, ou comecinho de julho”. O álbum terá 14 faixas e promete ter uma levada mais romântica, segundo Santiago.

Fora isso, a dupla promete a gravação de mais um DVD. Brasília e Florianópolis são cotadas como palco. A filmagem deve acontecer em setembro, e o trabalho, lançado em 2014, quando Guilherme e Santiago completam 20 anos de carreira. Apesar da data, o DVD ainda não será o comemorativo às duas décadas na estrada. “O de 20 anos a gente vai fazer o projeto depois da Copa, bem pensado, porque não é todo dia que se faz 20 anos de carreira”.

Guilherme e Santiago (Foto: Divulgação)

Autor: Tags: ,

segunda-feira, 27 de maio de 2013 Sem categoria | 18:22

Zezé Di Camargo e Luciano fazem show para 60 mil pessoas no “Brazilian Day”, em Lisboa

Compartilhe: Twitter

Luciano com Ana Maria Braga e a mulher, Flávia (Foto: Divulgação)

Na última quarta-feira (22), Zezé Di Camargo e Luciano embarcaram para a Europa, para cumprir uma agenda de três shows. O primeiro, em Zurique (Suíça), aconteceu na sexta-feira (24). O segundo, no dia seguinte, foi em Bruxelas (Bélgica). E, no sábado (25), em Lisboa (Portugal), a dupla participou da terceira edição do “Brazilian Day Lisboa”. Neste último, a dupla reuniu 60 mil pessoas no “Passeio Marítimo de Alges”.

Nos bastidores, Zezé Di Camargo e Luciano receberam a apresentadora Ana Maria Braga. Camila Camargo, filha de Zezé, e Flávia, mulher de Luciano, acompanharam a dupla durante toda a viagem.

Os irmão voltam ao Brasil nesta terça-feira (28), onde vão apresentar mais dois shows ainda este mês: um em Lajes (SC), na quarta-feira (29), e outro em Santa Vitória (MG), no dia 31 de maio. Já no dia 8 de junho, eles estarão no Rio de Janeiro para participar da gravação do novo DVD de Paula Fernandes.

Autor: Tags: ,

domingo, 26 de maio de 2013 Sem categoria | 08:00

Humberto: “O cantor, quando sai de Goiânia, tem um pouco de medo de São Paulo”

Compartilhe: Twitter

Humberto e Ronaldo se apresentam no Jaguariúna Country Festival (Foto: Claudio Augusto)

Picture 1 of 14

Depois de gravar o 3º DVD da carreira, Humberto e Ronaldo vão se apresentar no Villa Country, em São Paulo, na noite desta quarta-feira (29). A dupla levará para o palco canções que já são sucesso no repertório, como “Romance”, “Só Vou Beber Mais Hoje”, “Eu Não Sou de Ningué”, além das novas “Dia de Sorte” e “Lagoa Azul”.

Depois da gravação em Goiânia, onde dizem já se sentir em casa, a dupla vai encarar o público paulista, a quem disseram temer no início da carreira. “O cantor, quando sai de Goiânia, normalmente tem um pouco de medo de São Paulo”, explicou Humberto, com o apoio do parceiro musical, Ronaldo. “Tem muito medo”.

Leia mais: Humberto e Ronaldo: “A gente quer fazer uma carreira, não quer fazer nada de momento”

A dupla já se apresentou outras vezes no Estado, ficando, assim, mais tranquilos, para subir ao palco do Villa Country. “Hoje a gente já se sente muito a vontade”, afirmou Humberto, que fez uma comparação entre os públicos de Goiânia e São Paulo. “Goiânia é nossa casa. Um lugar aonde a gente sempre tocou, onde a gente começou. Um lugar em que a gente se sente bem mais à vontade. Mas são dois públicos diferentes. Não que um seja melhor ou pior do que o outro. Em São Paulo, a galera é um pouco mais acanhada, desconfiada. A hora que o artista vira, eles abraçam mesmo. Goiás já não. Pegou um violão lá na esquina e fez uma música, você está famoso”, explicou o cantor.

Além de Humberto e Ronaldo, sobem ao palco do Villa Country, no dia 29 de maio, a dupla Guilherme e Santiago, que mostrará no show sucessos como “E daí?”, “Que dá vontade, dá”, “Triste e alegre”, entre outros.

Autor: Tags:

quinta-feira, 23 de maio de 2013 Clipe, Música | 18:41

George Henrique e Rodrigo lançam clipe em parceria com Jorge e Mateus

Compartilhe: Twitter

George Henrique e Rodrigo já mostraram, em outras canções, que vieram para ficar no mercado sertanejo, seguindo os passos dos padrinhos Bruno e Marrone. E, com a nova música de trabalho, confirmam isso ainda mais. A dupla, que está com um CD fresquinho (disponível para download no site da dupla), acaba de transformar uma das faixas em clipe.

O vídeo de “Conto até dez”, que tem participação da dupla Jorge e Mateus, foi filmado durante a produção da música na casa de Jorge, em Goiânia. A canção romântica mostra a volta que o mercado sertanejo tem dado, revivendo os momentos das músicas que falam de amor.

Confira o resultado:

Autor: Tags: ,

terça-feira, 21 de maio de 2013 Rodeio | 19:27

Veterinário do Brasileiro de montaria: “Quem é que pula com saco amarrado? Isso é uma estupidez”

Compartilhe: Twitter

O veterinário Kiko de Almeida Prado (Foto: Claudio Augusto)

Os rodeios no Brasil geram milhares de empregos, fazem girar milhares de reais por ano, mas ainda existe muito preconceito diante do esporte. Afinal, muito se fala sobre maus tratos aos animais, em especial, durante a prova. Em entrevista ao iG, Marcos Sampaio de Almeida Prado, mais conhecido como Kiko de Almeida Prado, veterinário responsável por acompanhar os animais em todas as provas do campeonato brasileiro de montaria (“quando não vou, mando alguém de minha confiança”), desfaz o mito sobre o sofrimento dos touros antes, durante e após o torneio. “Existe muita má informação sobre isso. O boi hoje é um patrimônio. Tem boi de R$200 mil, R$300 mil. O boi comum hoje é de R$ 50 mil, R$ 60 mil. É um patrimônio. Ninguém quer judiar de um patrimônio. Você não quer pegar um automóvel seu e ver uma pessoa passar um prego nele. Você tem que defender seu patrimônio. E eu estou lá para defender o patrimônio dos outros e a integridade, tanto dos peões, quanto dos animais”, afirmou Kiko durante a etapa de Jaguariúna do Super Bull PBR, uma das mais importantes do calendário de provas de montaria.

Além de cuidar da saúde dos animais e verificar se o touro está em condições de entrar na arena, Kiko se certifica que os equipamentos dos peões, como espora e corda americana, estão dentro da norma brasileira. A roseta da espora aqui no país, por exemplo, é bem diferente da americana, pois lá, o couro do boi é mais grosso que o dos animais nacionais. Para quem duvidar que o equipamento não machuca o animal, Kiko faz questão de mostrar na própria pele – e na de quem quiser tirar a prova, como a colunista que vos fala – e passa diversas vezes a roseta nos braços. “Não machuca o boi de maneira alguma. O peão precisa da espora, é o apoio dele. A espora não corta. Se acontecer isso, eu suspendo o peão, dou uma multa, tiro da competição. Porque estou aqui para preservar o que é nosso. Faz parte do meu serviço”, defende ele, que ainda dá um dado interessante sobre o trabalho dos touros no rodeio. “Um boi trabalha, por ano, de 26 a 28 minutos. Isso se ele trabalhar todos os dias, durante a temporada inteira, quatro dias de cada etapa. E ele não trabalha assim. Nem sempre ele trabalha dias seguidos e nem sempre ele trabalha os oito segundos, porque ele pode derrubar o peão em três, dois segundos”.

Leia mais: Esqueça a camisa xadrez: coletes dominam looks em Rodeio de Jaguariúna

Leia também: Garoto de seis anos segue os passos do pai e do avô e encanta público em prova de Team Penning

Entre uma prova e outra, os animais recebem uma alimentação balanceada, rica em fibras, e praticam exercícios, como natação, por exemplo. Tudo para não ter acúmulo de gordura. Kiko garante ainda que o boi pula por índole e desfaz a crença de que os testículos dos animais são amarrados durante a prova. “Qual a parte mais delicada do homem? Quem é que pula com saco amarrado, gente? Isso é uma estupidez! É má informação. Tanto que hoje nós temos boi capão pulando”, afirma ele, que, como Rafael Vilella, locutor oficial do campeonato brasileiro de montaria, faz um convite: “Nós não queremos judiar, queremos dar condições. E eu convido as pessoas que tenham curiosidade de ver, de discutir num nível de gente inteligente, que mostro tudo. Mostro a correia, as esporas, o saco livre do boi”.

Durante toda a prova, aliás, Kiko faz questão de mostrar esses detalhes, que garantem não só a segurança do animal, como a do peão. Um exemplo é corte na ponta do chifre, no raio de uma moeda de um real, que evita graves acidentes durante as provas na arena.

Leia mais: Após quatro meses sem montar, Enéias Barbosa é o vencedor da etapa de Jaguariúna do Brahma Super Bull PBR

Leia também: “Muita gente fala mal do nosso esporte por não conhecer”, afirma Rafael Vilella, locutor oficial do Brasileiro de Montaria

O veterinário Kiko de Almeida Prado (Foto: Claudio Augusto)

Autor: Tags:

Sem categoria | 19:14

“Muita gente fala mal do nosso esporte por não conhecer”, afirma Rafael Vilella, locutor oficial do Brasileiro de Montaria

Compartilhe: Twitter

Rafael Vilella (Foto: Claudio Augusto)

Rafael Vilella é, desde 2008, locutor oficial do Campeonato Brasileiro de Montaria, o Brahma Super Bull PBR. Ao iG, ele contou que a paixão pelo esporte o fez cair ali na arena de brincadeira, em 1994, e, por ali, permanece até hoje. “Comecei a narrar alguns rodeios pequenos na minha cidade (Pindamonhangaba-SP). De repente, comecei a narrar provas de laço, aí já era remunerado”, conta ele, que como primeiro pagamento, teve a promessa de receber uma camisa de cowboy. “Isso foi no dia 1 de maio de 1994, dia da morte do Ayrton Senna. Considero meu aniversário de locução. Desde essa primeira locução, nunca mais parei e o cara não pagou minha camisa até hoje”, relembra Rafael.

Leia mais: Após quatro meses sem montar, Enéias Barbosa é o vencedor da etapa de Jaguariúna do Brahma Super Bull PBR

Assediado enquanto percorre o evento, ele tira fotos com alguns fãs, acena para outros tantos e, antes de entrar na arena, faz o sinal da cruz. Aos que criticam o esporte, Rafael faz questão de convidar para conhecer, de perto, o evento e tudo o que acontece em seus bastidores. “As pessoas acham que a gente pega qualquer animal no pasto, traz para cá, judia dele e ele pula. Não existe isso. Judiado, nenhum boi pula”, afirma ele, que faz questão de explicar o porque de o touro pular enquanto é montado por um peão, desmistificando a história de que o testículo do animal seria amarrado no momento da prova. “O sedenho (corda americana) não pega o testículo, pega na parte na frente do testículo, e ali, como pega a região do vazio (flanco), onde ele tem muitas cócegas, ele joga a anca para cima, querendo se livrar daquilo”, explica.

Rafael faz ainda questão de lembrar que já viu muita gente conhecer o evento, como convidado especial, e se apaixonar pelo esporte. Como exemplo, ele cita Mário Frias, que além de se tornar um apaixonado pelo esporte, é, hoje, apresentador do programa Super Bull Brasil. “Muita gente fala mal do nosso esporte por não conhecer. Para as pessoas estão acostumadas a ouvir falar que a gente faz coisa errada, eu gostaria de convidá-las para conhecer um rodeio. Brinco que nossos bastidores são abertos como a cozinha de um restaurante. Não tem nada para esconder”, afirma o locutor.

Embora seja um aficionado pelo esporte, ele garante que, nas horas de folga, monta apenas em cavalos. “Quando eu era criança, montei escondido do meu pai, lá na fazenda, em um bezerrinho. Quebrei meu braço e nunca mais voltei”, se diverte Rafael.

Leia mais: Esqueça a camisa xadrez: coletes dominam looks em Rodeio de Jaguariúna

Leia também: Garoto de seis anos segue os passos do pai e do avô e encanta público em prova de Team Penning

Ainda: Frio, centenas de fotos, xaveco e ‘mão boba’: um pouco da rotina das Misses do rodeio de Jaguariúna

Rafael Vilella (Foto: Claudio Augusto)

Autor: Tags:

segunda-feira, 20 de maio de 2013 Clipe, Jaguariúna, Música | 08:00

Gusttavo Lima: “Até a gente se acertar no mercado, precisamos fazer músicas-chiclete”

Compartilhe: Twitter

Sertanejos gravam 2ª edição do Villa Mix em Goiânia (Foto: Claudio Augusto)

Picture 1 of 0

Sertanejos gravam 2ª edição do Villa Mix em Goiânia (Foto: Claudio Augusto)

“Diz pra mim” é a mais nova canção de Gusttavo Lima. A faixa estará no álbum que deve ser lançado em setembro deste ano e tem sido produzido por Zezé Di Camargo. Romântica, a música mostra o que será esse novo trabalho, bem distante do hit “Balada”, que alçou Gusttavo ao sucesso internacional. “Esse disco que vou lançar, sempre sonhei em cantar. O que gosto de cantar são musicas românticas. Até a gente se acertar no mercado, precisamos fazer músicas para as pessoas se divertirem, musicas-chiclete. Graças a Deus hoje a gente, praticamente, não precisa fazer isso mais”, afirmou Gusttavo antes de subir ao palco do Jaguariúna Country Festival, que se encerrou neste final de semana.

Leia também: Gusttavo Lima: “Não sei dançar. A menina vai ter que fazer milagre”

O cantor afirmou ainda que, embora esse seja um álbum romântico, diferente das canções que fizeram sucesso em sua voz, ele não está fazendo outra linha de trabalho e, sim, voltando às suas raízes. “No CD ‘Gustavo Lima e você’ e no primeiro DVD, ‘Inventor dos amores’, que foi o boom da minha carreira, vieram nessa pegada romântica. A partir do segundo DVD, meio que deu uma mudada. Praticamente a gente está voltando às raízes e gravando mais músicas no estilo do primeiro trabalho”, explicou.

Para quem gosta de um Gusttavo Lima mais agitado, ele não deixará as músicas-chiclete de lado. “A gente vai gravar umas duas ou três musicas bem a cara do Gusttavo Lima de 2010. Mas, com certeza, 70% será de músicas românticas”, comentou o cantor.

Mas antes deste álbum chegar ao mercado, Gusttavo ainda lançará um álbum em espanhol, previsto para chegar às lojas em julho.

Leia mais: “Gatinha Assanhada” deve se transformar em “Chica Caliente” em álbum espanhol de Gusttavo Lima

Leia também: Gusttavo Lima: “Ganhei dinheiro, fama, mas perdi 80% da minha vida pessoal”

Ouça a nova música de Gusttavo Lima, “Diz pra mim”:


Autor: Tags:

domingo, 19 de maio de 2013 Sem categoria | 14:59

Após quatro meses sem montar, Enéias Barbosa é o vencedor da etapa de Jaguariúna do Brahma Super Bull PBR

Compartilhe: Twitter

Enéias Barbosa, campeão da etapa de Jaguariúna do Super Bull PBR (Foto: Cláudio Augusto)

Picture 1 of 18

Após quatro meses sem montar em um touro, Enéias Barbosa foi o campeão da etapa de Jaguariúna do Brahma Super Bull PBR. O peão seguiu invicto na etapa, vencendo a disputa contra os quatro animais que encarou na prova. Dilúvio foi o último deles, escolhido por Enéias para a rodada final, que aconteceu neste sábado (18). “Foi a escolha certa, porque geralmente ele pula pela direita, na minha mãe. Optei por ele e deu certo”, afirmou o peão, que não via a hora de chegar em casa para comemorar.

A vitória em Jaguariúna deixou Enéias mais tranquilo diante do campeonato. Após uma contusão no joelho, ele ficou um período longe das provas e a vitória marcou seu retorno. “É um rodeio muito almejado, que todos os peões querem ganhar e eu ganhei. Agora a confiança aumenta mais, você fica mais sossegado, mais tranquilo. Na próxima etapa, a cabeça fica melhor. Eu estava machucado, mas graças a Deus deu tudo certo. Estou 100%, Graças a Deus”, comemorou Enéas, que levou para casa o prêmio de R$82 mil, além da tão almejada fivela de campeão da etapa de Jaguariúna.

Apesar da vitória de Enéias, quem segue na liderança do campeonato brasileiro de montaria é Roberlei Val.

Já na premiação dos bois, quem levou a melhor foi o Bipolar, da boiada Paulo Emílio.

Leia mais: Esqueça a camisa xadrez: coletes dominam looks em Rodeio de Jaguariúna

Leia também: Garoto de seis anos segue os passos do pai e do avô e encanta público em prova de Team Penning

Ainda: Frio, centenas de fotos, xaveco e ‘mão boba’: um pouco da rotina das Misses do rodeio de Jaguariúna

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 10
  3. 20
  4. 28
  5. 29
  6. 30
  7. 31
  8. 32
  9. 40
  10. 50
  11. Última