Publicidade

Arquivo da Categoria Mercado Sertanejo

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015 Carreira, Mercado Sertanejo, Parceria | 09:00

Cristiano Araújo fala sobre parceria com AudioMix: “São pessoas que me ajudaram muito no começo”

Compartilhe: Twitter

Cristiano Araújo (Fotos: Leo Franco/AgNews)

Picture 1 of 8

Cristiano Araújo encerrou 2014 fechando uma parceria com a AudioMix. O escritório, que conta com artistas como Jorge e Mateus, Matheus e Kauan, Guilherme e Santiago, entre outros, será responsável por gerenciar a carreira do cantor. “Continuo no meu escritório, é só uma parceria com a AudioMix. As pessoas que fizeram gestão da minha carreira continuam comigo. Alguns saíram. Mas ainda indiretamente continuam trabalhando comigo. A única mudança mesmo foi a entrada deles. Vai ficar questão de gestão mesmo de carreira, de onde vamos fazer shows, que música lançar… Isso fica por conta da AudioMix”, explicou Cristiano, antes de se apresentar no Verão Show Guaruja, no litoral de São Paulo. No mesmo dia, alias, também se apresentou o cantor Gusttavo Lima, que meses antes deixou a AudioMix e contou ao iG como vai sua carreira desde então. Confira aqui!

Antes de subir ao palco, Cristiano comemorou a nova fase e falou sobre sua amizade com muitas artistas do escritório, além do Marquinho, dono da AudioMix. “Só entraram para agregar na minha carreira. Tenho uma amizade muito grande com Jorge e Mateus, com Humberto e Ronaldo, são pessoas que me ajudaram muito no começo . O Marquinho também, tenho uma história com ele aí desde quando, a gente costuma brincar, ele era quebrado. Nossa história começou faz tempo. O maior escritório do Brasil, só vai agregar na minha carreira. Onde eu não consegui ter forças, não consegui levar minha música, agora eu posso por causa dessa parceria”, comemorou.

E financeiramente, Cristiano? Vai ter que dividir seu cachê com mais gente? “Na verdade, foi bom pra mim. Ainda não tinha nem a metade do domínio da minha carreira, agora eu tenho. Não diminuiu, graças a Deus”, se diverte o cantor.

Autor: Tags: , ,

sábado, 3 de janeiro de 2015 Carreira, Mercado Sertanejo, Parceria | 12:09

Após fim de parceria com Giovani, Gian forma nova dupla

Compartilhe: Twitter
Gian e Giulliano formam nova dupla. Gabriel, parceiro musical de Zé Henrique, aplaude (Foto: Reprodução/Instagram)

Gian e Giulliano formam nova dupla. Gabriel, parceiro musical de Zé Henrique, aplaude (Foto: Reprodução/Instagram)

Gian começou 2015 com um pé nas novidades. Depois de sofrer um AVC e encarar a  separação de seu parceiro musical Giovani, o sertanejo mostrou que sacudiu a poeira e já tem uma nova dupla. No segundo dia do ano, o cantor anunciou em seu Instagram a novidade.

Agora, ele é parte integrante do projeto Gian e Giulianno. “Uma nova fase, pessoal e profissional, e muito abençoada por Deus. Estarei nos palcos com vocês em todo o Brasil fazendo o que mais amo fazer, que é cantar. Espero poder cantar com todos vocês. Deus nos abençoe, parceiro Giulianno”, escreveu o cantor.

Meses antes, Gian havia afirmado que não fazia ideia do que faria com sua carreira, por ser segunda voz. Enquanto isso, Giovani, responsável pela decisão de separação da dupla, já havia anunciado sua dedicação por uma carreira solo.

Leia também: 

Após AVC de Gian, Giovani anuncia CD solo e dupla deve fazer pausa para projetos especiais

Cantor Gian fala sobre estado de saúde após AVC: “Sem sequelas”

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014 Clipe, Lançamento, Mercado Sertanejo, Música | 15:21

Fernando e Sorocaba, Israel Novaes e Matheus e Kauan: novidades em vídeo

Compartilhe: Twitter

Como em janeiro o mercado não costuma ter grandes novidades, os artistas estão aproveitando até o último momento de 2015 para fazerem seus lançamentos. Os primeiros foram Matheus e Kauan, que disponibilizaram “Ser Humano ou Anjo”, primeira faixa do DVD “Face a Face”, gravado em Brasília há um mês.

Nessa terça-feira (23), foi a vez de Israel Novaes lançar o single “Ô, Sofrência”.

E, nesta quarta-feira (24), em plena véspera de Natal, foi a vez de Fernando e Sorocaba lançarem o clipe de “Preto”. A música é uma das faixas do EP da dupla, um “esquenta” para o DVD que chega ao mercado em 2015. A faixa é composição de Sorocaba em parceria com Caco Nogueira, e teve a produção de Fernando.

Para o dia 31 de dezembro, está previsto mais um lançamento. Desta vez de Jorge e Mateus.

Confira os vídeos com os três últimos lançamentos:

Matheus e Kauan: “Ser humano ou anjo”

 

Israel Novaes: “Ô, Sofrência”

 

Fernando e Sorocaba: “Preto”

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 3 de julho de 2014 DVD, Gravações, Mercado Sertanejo, Música, Show | 17:42

Fernando e Sorocaba preparam DVD acústico só com canções inéditas

Compartilhe: Twitter

Fernando e Sorocaba se apresentam na Woods (Foto: Tiago Archanjo)

Picture 1 of 8

Fernando e Sorocaba estão em estúdio focados no próximo trabalho. A dupla está empenhada no próximo DVD acústico, que será gravado em estúdio, com a presença de alguns convidados e que contará apenas com faixas inéditas. Serão 18, por enquanto. “Será um DVD bem diferente, cheio de surpresas. Apesar de ser acústico, com essa coisa intimista aflorada, vai ter uma historinha paralela. A gente vai contar uma coisa que se passa na vida de um suposto fã aí para estar pertinho de Fernando e Sorocaba”, adiantou Sorocaba no camarim da Woods São Paulo, casa em que se apresentaram na noite desta quarta-feira (02).

Fernando contou que, apesar de o álbum contar apenas com inéditas, ao menos uma das canções será lançada antes da gravação, que deve acontecer em setembro. “A gente está para escolher essa música entre as cinco que já temos prontas”, contou o mais novo papai do pedaço.

 

Fernando aproveitou para falar um pouco da sua nova fase, após o nascimento da primeira filha. O cantor mostrou que a vida na estrada ficou um pouco mais complicada. “Dá saudade. A gente não vê a hora de voltar para casa. Ainda mais nessa época. Calhou de ele nascer em uma época do ano em que a gente faz muito show. Então, passando dois, três dias por semana em casa, a saudade aumenta, não é fácil”, afirmou o sertanejo.

Disfarce

Sorocaba, que recentemente postou uma imagem em seu Instagram correndo no Parque do Ibirapuera, falou sobre o fato de ser reconhecido nas ruas e contou que tem dificuldade em ir para o shopping. Já para os dias de exercícios ao ar livre, afirmou que raramente tem algum problema com fãs. “Tenho esse trunfo do chapéu. Quando eu tiro é mais difícil de a pessoa me reconhecer. Mas se vou correr no parque, acho que é um pouco daquilo que, quando a pessoa identificou, já passou.

 

Corre atrás se quiser”, brincou o cantor, que afirmou gostar bastante desse contato com os fãs.

“Para um artista, é incrível. Existem artistas que não gostam desse encontro com o fã. Eu realmente gosto. Gosto de trocar informações e aprender com os fãs. Alguns passam informações legais e pra gente é um feedback incrível. Um bom compositor, um bom artista, tem que estar antenado com o que está rolando. Se ele ficar alienado com o mundo, ele acaba não tendo a linguagem do mundo, que atinge o povo”, afirmou.

Novas apostas

 

Fernando e Sorocaba falaram ainda da nova aposta do escritório. Eles contaram que recebem caixas e caixas de CDs no escritório, de artistas que querem um espacinho ao sol. Mas, o mais novo produto da FeS foi conhecido pelas redes sociais mesmo. “Há um tempo, a gente conheceu um cara via internet, ele nem tinha mandado nada. Um cara, hoje, chamado Felipe Duran. Mudamos o nome dele. Achamos ele muito diferente. Por coincidência, ele também era um compositor com uma linguagem diferente e a gente juntou as coisas. É um artista que traz um conceito novo, que acho que é uma coisa que a música sertaneja está meio carente”, afirmou Sorocaba.

 

O cantor afirmou também que é difícil encontrar artistas diferenciados, mas, que, quando os encontra, eles costumam entrar no mercado de uma maneira avassaladora. Como exemplo, usou Luan Santana. “Ele trouxe um público jovem que passou a conhecer outros artistas do segmento. Artistas assim estão escassos na musica sertaneja”.

E depois de Luan, Lucas Lucco e, agora, Felipe Duran, não vem nenhuma mulher para mudar esse mercado? É mais difícil encontrar um diferencial nas cantoras? “Realmente, faz falta. E a  gente tem vontade de ter uma artista mulher para nosso escritório”, afirmou Fernando.

Para quem quiser assumir esse posto, Sorocaba dá algumas dicas. “Uma artista feminina que se coloque no lugar da mulher. O mundo é meio machista, mas uma mulher que fale que passou o batom, arrumou o cabelo, esse cara me ligando… Entendeu? Uma linguagem mais voltada para o público feminino desabafando”.

Leia também: Michel Teló, Bruno & Marrone e Fernando & Sorocaba estão confirmados no 1º Wood’s On Board

Fernando e Sorocaba se apresentam na Woods São Paulo

 

Autor: Tags:

sexta-feira, 23 de maio de 2014 Mercado Sertanejo, Música | 19:31

Zezé Di Camargo e Luciano entram para a lista Social 50 da Billboard americana

Compartilhe: Twitter
Zezé Di Camargo e Luciano (Foto: AgNews)

Zezé Di Camargo e Luciano (Foto: AgNews)

Zezé Di Camargo e Luciano ingressaram na Social 50, lista da Billboard americana que elege os artistas mais populares e ativos nas redes sociais de todo o mundo. A dupla sertaneja ocupa a colocação de número 46.

Outro brasileiro que figura na lista é Luan Santana. Esta é a sexta semana que o sertanejo emplaca na Social 50. O cantor este em 35º lugar, mas já ocupou a 26ª posição.

Zezé, Luciano e Luan são os únicos brasileiros da lista, que conta com nomes como Shakira, Beyoncé e Justin Bieber.

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 8 de abril de 2014 DVD, Gravações, Mercado Sertanejo, Música | 20:11

Além do sertanejo: Bruno e Marrone farão passeio pela música brasileira em novo DVD, que será gravado em 17 de abril

Compartilhe: Twitter
Bruno e Marrone (Foto: Claudio Augusto)

Bruno e Marrone (Foto: Claudio Augusto)

No dia 17 de abril, Bruno e Marrone vão gravar mais um DVD de carreira. A dupla repete o palco do trabalho anterior, o “Pela Porta da Frente” e registra mais um show no Espaço das Américas, em São Paulo.

O show será apenas para convidados e não contará com participações especiais. Para a gravação, a dupla fará uma formação acústica e intimista e, acompanhada por cinco músicos, fará um passeio pela música brasileira.

Com isso, vários ritmos serão destaque no palco, incluindo, claro, o sertanejo. No repertório Bruno e Marrone trarão apenas uma regravação da dupla entre as 20 faixas que vão compor o álbum.

Leia mais: “Vidro fumê”, de Bruno e Marrone, é a música mais tocada nas rádios em 2013

Leia também: George Henrique e Rodrigo: “90% das portas já são abertas quando você fala que é apadrinhado por Bruno e Marrone”

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014 Inauguração, Mercado Sertanejo | 21:10

Casa sertaneja em São Paulo inova e ganha aplicativo para paquera entre frequentadores

Compartilhe: Twitter

Jonatas e Maurício tocaram na reinauguração da Woods SP (Foto: Bruno Francco)

Picture 1 of 7

Jonatas e Maurício tocaram na reinauguração da Woods SP (Foto: Bruno Francco)

Embora a Woods São Paulo seja chamada frequentemente como “a casa do Sorocaba”, a balada tem outros três sócios, para lá de dedicados. Dois deles, Rafael Setrak e Ipe Scarpa — a sociedade ainda conta com Duda Cunha–, abriram as portas da casa nesta quarta-feira (19) para anunciar as novidades em sua reinauguração em uma noite só para convidados.

Logo de cara, dá para ver que a casa está mais luxuosa, com grandes lustres na entrada e com uma escadaria mais chamativa. A mudança, além de trazer beleza, imprime mais segurança para o baladeiro que precisa deixar o local após descer diversos degraus e que, por muitas vezes, já está alcoolizado. Na escadaria antiga, os degraus eram mais altos, um desafio também para as mulheres de salto. Ou seja, todas, já que a casa não permite a entrada das frequentadoras de rasteirinha. Setrak explica que a proibição é por segurança, já que copos e taças de vidros podem cair, gerando incidentes com os pés mais próximos ao chão.

Segurança

A casa ganhou também outros pontos que melhoram a segurança, como mais uma saída de emergência. A alteração ajudou a facilitar a vazão das pessoas, aumentando a capacidade de 1448 para 2100 pessoas. Apesar disso, a lotação da casa continua sendo 1104.

Destaque como casa modelo de segurança, após o trágico incêndio da Boate Kiss, em Santa Maria, no início de 2013, a casa nem precisava de tais mudanças. Mas os sócios “CDFs”, como eles mesmos se identificaram, fizeram um estudo com o público através das redes sociais para saber em que estavam pecando ou acertando.

Outras mudanças

A balada ainda ganhou mais funcionários para atender os clientes nos camarotes. Fora isso, o palco agora é retrátil. Para os dias com a casa mais vazia ou com bandas com mais músicos, ele pode chegar até a metade da pista. Fora isso, o conforto para a galera que curte a festa no piso inferior também aumentou. Foram inseridas algumas poltronas para quem cansar do salto ou quiser sentar para uma conversa.

Investimento em tecnologia

Além das reformas, a casa receberá apoio tecnológico. A primeira iniciativa é fazer venda online de ingressos, evitando assim, a famosa fila na porta ou a resposta de casa cheia, deixando os baladeiros que ficam de fora para lá de frustrados e irritados com as hostess (fato, antes, bem comum entre os frequentadores). O serviço já está habilitado no site da casa e no ingresse.com.br.

A segunda é para aqueles que pretendem flertar com outros frequentadores da casa. A Woods vai disponibilizar o Match Chat, uma espécie de Tinder que, segundo Setrak, vai ajudar nas paqueras e novas amizades entre a turma que está na casa sertaneja. A rede wi-fi, que já era aberta ao público, vai facilitar o acesso ao App. “O aplicativo já está pronto, estamos apenas esperando a autorização do Facebook para utilização da plataforma de informações dos usuários e a publicação no Google Play e Apple Store”, explicou Setrak, sem precisar a data exata para o início do serviço.

Crescimento da rede

A Woods, que já tem 13 unidades pelo Brasil (além de uma sazonal, no Guarujá), vai ganhar mais duas franquias ainda este ano. Uma em Brasília, outra em Cuiabá. Todas com o mesmo conceito de sertanejo para a classe A.

Maria Cecília e Rodolfo

Para marcar a estreia de grandes shows da casa, a Woods convidou Maria Cecília e Rodolfo. A dupla se apresenta nesta quarta-feira (26). Vale lembrar que, até o final de 2013, a dupla fazia parte do escritório da AudioMix, o que praticamente impedia os artistas de participar de alguma festa na no local, já que São Paulo também conta com o Villa Mix, casa noturna do escritório e grande concorrente da Woods.

Autor: Tags: , ,

domingo, 16 de fevereiro de 2014 Crowley, Mercado Sertanejo, Música, Parceria | 12:12

Hugo Pena e Gabriel deixam escritório de Fernando e Sorocaba

Compartilhe: Twitter

Hugo Pena e Gabriel (Foto: Divulgação)

Picture 1 of 3

Hugo Pena e Gabriel (Foto: Divulgação)

Durou pouco o namoro entre Hugo Pena e Gabriel e a FS Produções Artísticas, escritório de Fernando e Sorocaba. A dupla, que retomou os trabalhos há cinco meses, após dois anos do anúncio de separação, deixou a empresa na última terça-feira (11).

Pelas redes sociais, Hugo Pena já dava pistas de uma mudança. “Novidades no ar”, escreveu o cantor no Twitter exatamente no dia em que a decisão foi tomada.

Uma fonte próxima aos cantores informou que, desde o retorno, eles não chegaram a nenhum acordo de valores. Além disso, não aceitavam fazer show em alguns dias da semana.

Ainda assim, o resultado nas rádios parceria satisfatório, já que a faixa “Perdoar”, composta por Sorocaba, aparece na lista das canções mais tocadas já fazia algumas semanas, de acordo com relatório semanal da Crowley Broadcast Analysis do Brasil. Nesta última, por exemplo, ocupava a 23ª posição nas 100+.

 

Autor: Tags: ,

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014 Lançamento, Mercado Sertanejo, Música, Parceria | 17:56

Maria Cecília e Rodolfo lançam “Espalhe Amor” e falam sobre saída da ÁudioMix: “Estávamos em busca de um lugar que fosse nosso”

Compartilhe: Twitter
Maria Cecília e Rodolfo durante show no Villa Country em 2013 (Foto: Rosa Marcondes)

Maria Cecília e Rodolfo durante show no Villa Country em 2013 (Foto: Rosa Marcondes)

Maria Cecília e Rodolfo anunciaram, no final de 2013, a saída do escritório AudioMix. E, logo nos primeiros dias de 2014, eles informaram que montaram o próprio escritório e que o produtor e empresário Cosme Santana seria o responsável por assumir o direcionamento da carreira da dupla.

Leia também: Maria Cecília e Rodolfo analisam crise após briga com empresário: “Acreditar nas pessoas erradas foi nosso maior erro”

Eles negam que mais uma troca de escritório signifique começar a carreira do zero. “Não. Mudar de escritório é começar uma vida nova, traçar novos objetivos. Temos ao nosso lado o empresário Cosme Santana, que já nos acompanhava. O que realmente muda é que hoje a nossa equipe trabalha exclusivamente focada na nossa carreira”, afirmou Maria Cecília.

Sobre a saída da AudioMix, a dupla garante que foi em comum acordo e se diz grata pelo tempo de permanência e pelo aprendizado adquirido. “Existem momentos na vida em que é necessário realizar algumas mudanças, e com a gente não poderia ser diferente. Todos nós passamos pelo processo de interiorização para descobrir o que realmente queremos. Estávamos planejando algumas coisas, dentre elas, a concretização de alguns planos, sonhos e a busca por um espaço que fosse nosso”, explicou a dupla sobre a saída do escritório que conta com Jorge e Mateus, Gusttavo Lima e Mateus e Kauan como alguns dos artistas.

Questionados se se sentiam pouco aproveitados em um escritório com tantos – e grandes – artistas, eles negam. “Sempre participamos dos grandes eventos, das principais grades artísticas do Brasil, como dupla ou em companhia dos nossos parceiros do antigo escritório”.

Para iniciar a nova fase, Maria Cecília e Rodolfo já iniciam o ano com nova música. Na madrugada desta sexta-feira (24) eles começaram a divulgação pelas redes sociais da canção “Espalhe Amor”. E este não é o único plano da dupla para 2014. “Já estamos estudando o repertório do nosso novo álbum, que será gravado e lançado ainda este ano. Além disso, estamos focados na nossa agenda, cumprindo todos os nossos compromissos… E felizes, juntos!”, afirmou Rodolfo.

Leia mais: Maria Cecília e Rodolfo: “Estamos mais maduros e seguros”

Leia também: Maria Cecília e Rodolfo se desligam da AudioMix

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013 Crowley, Mais Tocadas, Mercado Sertanejo, Música | 17:27

Victor Chaves: “Acho que o gênero sertanejo, se ele existe, vai de mal a pior”

Compartilhe: Twitter
Victor e Leo se apresentam no Citibank Hall, em São Paulo (Foto: Caio Duran/AgNews)

Victor e Leo se apresentam no Citibank Hall, em São Paulo (Foto: Caio Duran/AgNews)

Victor e Leo iniciaram nesta quinta-feira (12) mais uma turnê em São Paulo. Serão, no total, quatro shows no Citibank Hall (antigo Credicard Hall), com novos palco e repertório. Entre as canções, estão as já conhecidas “Boa sorte pra você”, “Fada” e “Deus e eu no sertão” e as novas “Amor.com”, “Conheço pelo cheiro” e “Na linha do tempo”.

Além dos hits que empolgaram a plateia, a apresentação contou com um divertido momento em que Leo errou a letra da canção “Vamos fugir” e um emocionante pedido de casamento no palco protagonizado por um casal de fãs da dupla.

Leia também: TV transforma sucesso do sertanejo em estratégia de audiência

Antes de subir ao palco, a dupla falou sobre a pesquisa do Ibope que mostra que a música sertaneja é a mais ouvida pelos brasileiros atualmente. “Isso já tem há muitos anos. Vejo a música sertaneja como sendo uma página muito forte dentro da cultura musical brasileira. O que acontece é que públicos novos vem indo a eventos da música sertaneja. Aconteceu uma renovação. Acho ótimo”, afirmou Leo. O cantor acredita ainda que a música sertaneja tem se misturado, cada vez mais, com outros ritmos. “Vejo a música brasileira cada vez mais universalizada. Acho bom para a cultura de forma geral”, afirmou o cantor.

Ele ainda relembrou uma conversa que teve recentemente com o cantor Renato Teixeira sobre o assunto. “Ele falou que os artistas do meio precisam se unir mais e aproveitar isso de uma forma bacana. Vejo isso com bons olhos”.

Victor discorda, não só do irmão, quanto do resultado da pesquisa em si. “Acho que o gênero sertanejo, se ele existe, vai de mal a pior. Talvez seja um dos gêneros menos explorados atualmente. Acho que a música sertaneja é a menos ouvida no país. Se você disser, ‘Na linha do tempo’, que está em primeiro lugar (nas mais tocadas). Não é música sertaneja. Se alguém disser: ‘ah, é música sertaneja evoluída’. Não, não é. É música romântica pop. Isso tem que ser assumido”, apontou o cantor, que citou “Tudo bem”, outra faixa do álbum “Viva por mim” como uma faixa que conta com a vertente do sertão.

“Aquilo que traz o sertão e tem uma vestimenta da viola caipira, ou do violão rasqueado, do caboclo, essas coisas todas misturadas, formaram um gênero chamado sertanejo. E depois as duplas vieram cantando outras coisas. Ou continuaram com o romantismo, mas cantando outras coisas, pop, rock, soul. Victor e Leo é isso, é uma mistura. A gente não tira o pé do sertão e sempre mantém alguma coisa na vertente, mas ‘Borboletas’ e outras coisas mais não são música sertaneja”.

Victor ainda finalizou sua opinião sobre o momento da música sertaneja defendendo que “as canções sertanejas são uma coisa e aquilo que é chamado de sertanejo, é outra”.

Leia também: “Vidro fumê”, de Bruno e Marrone, é a música mais tocada nas rádios em 2013. Confira lista das 50+

Apostas femininas

Outro tema abordado com Victor e Leo antes do show foi a aposta deles em mulheres na música sertaneja. Depois de contarem com a participação de Nice no premiado álbum “Ao Vivo em Floripa”, Leo agora se dedica à produção do álbum de Lucyana. A dupla conheceu a cantora quando se apresentava nas noites de São Paulo e voltaram a se reencontrar em 2012 quando selaram uma parceria. “A Nice é uma cantora que a gente teve a oportunidade de conhecer no interior. Teve uma participação no DVD de Floripa e o Victor produziu o CD dela. A Lucyana é uma conhecida nossa há muitos anos e já era uma pessoa com quem a gente tinha contato. Quando a vi ano passado, fiquei surpreso do tanto que ela tinha evoluído como cantora”, relembrou Leo, que começou a produzir o álbum da cantora, previsto para ser lançado no primeiro semestre de 2014.

Enquanto isso, Nice aguarda a chegada de seu álbum no mercado. “O disco está pronto. Há uns quatro meses ele já está masterizado. Demora para quem está aguardando ou tem alguma expectativa. Mas para nós, está dentro de um tempo natural. E a gente precisa também saber a hora certa de lançar isso porque é preciso uma gravadora. E não basta que a gravadora lance, ela tem que apostar. Senão vira um produto engavetado. Estamos com planos prósperos para ela, acreditamos no trabalho dela”, afirmou Victor, explicando o motivo de o CD ainda não estar no mercado.

Autor: Tags:

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última