Publicidade

Arquivo da Categoria Processo

terça-feira, 20 de agosto de 2013 Música, Parceria, Processo | 16:47

Anderson Ricardo fala sobre processo movido por Luan Santana e Sorocaba: “Não acho que foi traição. Mas ingratidão, talvez”

Compartilhe: Twitter

 

Anderson Ricardo, Luan Santana e Sorocaba: briga na justiça (Fotos: Divulgação/Rosa Marcondes/Foto Rio News)

Anderson Ricardo, Luan Santana e Sorocaba: briga na justiça (Fotos: Divulgação/Rosa Marcondes/Foto Rio News)

Na última sexta-feira (16), aconteceu, em Londrina, uma audiência para tentativa de reconciliação entre Anderson Ricardo, Luan Santana, Sorocaba e as empresas LS Music e LAS. O encontro não rendeu nenhum acordo entre as partes. “Não apareceu ninguém que entendesse do caso. Nem pai (do Luan, Amarildo Santana), nem Luan nem Sorocaba. Só um advogado que eu não conhecia”, informou Anderson, em conversa com o iG.

Como já foi noticiado aqui no iG, Luan Santana, Sorocaba e as empresas LS Music e LAS movem uma ação contra Anderson, sócio-administrador da LS Music.  Sorocaba já falou sobre o assunto, e, agora, Anderson também decidiu explicar o caso. Em julho de 2013, ele recebeu uma notificação em sua casa avisando do processo. A ação corre em sigilo, por isso nenhum dos lados pode falar sobre a motivação. Com essas ressalvas, Anderson falou sobre alguns detalhes e afirmou que, atualmente, também move um processo contra o grupo. “Na verdade, só quero receber o que tenho direito e sair”, declarou o empresário, que tem contrato assinado com Luan até 2018.

“Desde dezembro, venho tentando vender minha parte. Devido a algumas coisas que aconteceram, interferências do pai de Luan… Começou a atrapalhar meu trabalho. Aí, apareceu a oportunidade da AR Live, que é uma empresa com braço em Los Angeles. Só que o contrato me proibia de pegar outro artista. Conversei com ele (Luan) e dei uma porcentagem dos artistas que ele quisesse apoiar, como Breno e Caio Cesar. Isso começou a gerar ciúmes do pai e algumas brigas”, explicou Anderson, que sentou para conversar com Luan. “Falei: ‘estamos há seis anos juntos, mas eu e seu pai não podemos ficar no mesmo ambiente”. Assim, Anderson colocou sua parte na empresa à venda, ou seja, seus 30%.

De acordo com Anderson, Sorocaba, que tem 20,5% da empresa, e Luan, que tem 49,5%, disseram que comprariam a parte do empresário e que ele não precisaria oferecer a terceiros. “Um dia após a gravação do DVD, em que trabalhei, recebi em casa o processo para que eu pagasse uma multa rescisória para sair. Me defendi, entrei com outro processo contra eles, onde requeiro meus direitos”, afirmou.

Traição?

Questionado se se sente traído por Luan, Anderson prefere não pontuar desta maneira. “Traído é uma palavra muito forte. Nem decepcionado. Acho que é uma ingratidão, de alguma forma. Não do Luan. Não sei de quem surgiu a ideia. Estávamos próximo de fechar o negócio e eles já estavam com processo na justiça. Acho que traição, não. Mas ingratidão, talvez”, afirmou ele, que garante seguir com a amizade com o cantor.

Anderson afirmou ainda que segue como sócio-administrador da LS Music, embora não esteja trabalhando mais diretamente com os sócios. “Eles saíram do prédio. Um dia cheguei aqui e tinham se mudado”, informou o empresário, que abriu seu escritório, a AR Live, no antigo prédio da LS Music.

AR Live

Breno e Caio César encabeçam os trabalhos nacionais da empresa, que vai investir na administração de carreiras, consultoria e eventos. Como a AR Live tem um braço internacional, eles já fecharam um acordo com a banda mexicana Maná. “Eles farão oito shows aqui no Brasil em fevereiro de 2013. E nos próximos dias, vamos divulgar os artistas nacionais que estarão com a gente. Já temos dois grandes praticamente fechados”, afirmou Anderson que, inicialmente, voltará seu trabalho ao mercado sertanejo, mas promete investir em outras vertentes. “Num primeiro momento, vamos para o sertanejo, porque é o que conheço, tenho um conhecimento maior. Mas contratamos uma pessoa que vai cuidar da área de pagode e, depois, funk. E teremos outra que ficará com artistas internacionais”.

Reconciliação

Marco Aurélio Ceranto foi o advogado que compareceu à audiência de tentativa de reconciliação por parte de Luan e Sorocaba, além das empresas que movem a ação contra Anderson. De acordo com a assessoria de Luan, “como se trata de uma questão que corre em segredo de justiça, a gente não pode se manifestar a respeito, mas houve, sim, tentativa de reconciliação. Mas não existia a obrigação dos quatro autores irem. Ninguém negligenciou”, informou Arleyde. Nesse tipo de situação, um representante bastaria para o acordo, por isso a presença apenas de Marco Aurélio na audiência.

Leia também: 

Sorocaba fala sobre boatos de ação movida contra ele: “Luan é meu parceiro, meu amigo, não tem nada de processo”

Empresário de Luan Santana garante que, apesar do processo judicial, segue na administração da LS Music

Anderson Ricardo, empresário de Luan Santana, é afastado da administração da LS Music e recebe notificação de juiz

 

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 17 de julho de 2013 DVD, Gravações, Processo, Sem categoria | 16:26

Sorocaba fala sobre boatos de ação movida contra ele: “Luan é meu parceiro, meu amigo, não tem nada de processo”

Compartilhe: Twitter
Fernando e Sorocaba com Chitãozinho na festa de lançamento do Rodeio de Barretos (Foto: Rosa Marcondes)

Fernando e Sorocaba com Chitãozinho na festa de lançamento do Rodeio de Barretos (Foto: Rosa Marcondes)

Na noite desta terça-feira (16), aconteceu o lançamento da Festa do Peão de Barretos, no Villa Country, em São Paulo. Por lá, passaram várias artistas que vão se apresentar no rodeio de 2013, que acontece de 15 a 25 de agosto. Fernando e Sorocaba foram alguns dos cantores que passaram por lá, assim como Thaeme e Thiago, Maria Cecília e Rodolfo, Marcos e Belutti, Zé Henrique e Gabriel, Israel Novaes, Trio Bravana e Chitãozinho e Xororó. Estes último são embaixadores da festa de peão e subiram ao palco para fazer uma participação no show de Henrique e Juliano, que agitou a noite.

Leia mais: Empresário de Luan Santana garante que, apesar do processo judicial, segue na administração da LS Music

Pouco antes de subir no camarote para convidados, Sorocaba falou sobre a polêmica que envolveu seu nome na última semana. Algumas notícias davam conta que Luan Santana estaria movendo uma ação contra ele. “Luan é meu parceiro, meu amigo, não tem nada de processo. Historinha mal contada. Na verdade, um dos sócios, que era o sócio-administrador da carreira do Luan Santana, não é mais o sócio que administra. Continua sendo sócio, mas não administra. A administração cabe a mim, ao Luan e às pessoas que a gente determinar. Não sei como chegou nesse ponto. Pelo contrário, a gente está mais junto do que nunca, mais próximo do que nunca”, explicou o cantor.

Além de rebater a notícia, Sorocaba falou sobre o DVD que a dupla gravará nos dias 7 e 8 de agosto, no Espaço das Américas, em São Paulo. “O CD ‘Homens e Anjos’ será a espinha dorsal do DVD. Estamos trabalhando duro para trazer um show bem pra cima, diferente. Vai ser um marco na nossa carreira”, contou. O cantor afirmou também que alguns pontos do atual show de Fernando e Sorocaba seguirão para a gravação. “Está sendo muito elogiado e gostaríamos de registrar isso. Vai ter uma essência de tudo isso que a gente está fazendo e algumas coisas a mais”.

Sobre os convidados, o cantor seguiu com um certo suspense, mas revelou algumas: Chitãozinho e Xororó, Monobloco e mais duas participações surpresas. “As outras são óbvias”, afirmou Sorocaba dando alguma pista. Com a dica, a coluna questionou se seriam Marcos e Belutti, Thaeme e Thiago, Luan Santana ou Lucas Lucco, mas todos os palpites foram negados pelo cantor. Agora é esperar para ver quem subirá ao palco com a dupla.

Fernando e Sorocaba cantam no Villa Country (Foto: Rosa Marcondes)

Fernando e Sorocaba cantam no Villa Country (Foto: Rosa Marcondes)

Fernando e Sorocaba cantam no Villa Country (Foto: Rosa Marcondes)

Fernando e Sorocaba cantam no Villa Country (Foto: Rosa Marcondes)

Autor: Tags: ,

domingo, 14 de julho de 2013 Mercado Sertanejo, Processo | 17:34

Empresário de Luan Santana garante que, apesar do processo judicial, segue na administração da LS Music

Compartilhe: Twitter
Anderson Ricardo (Foto: Divulgação)

Anderson Ricardo (Foto: Divulgação)

Anderson Ricardo, empresário de Luan Santana, enviou, neste domingo (14), uma nota oficial via assessora, se manifestando sobre a notícia de que estaria afastado da LS Music, empresa de Luan Santana, que conta com Anderson e Sorocaba como sócios. De acordo com a nota enviada por ele, apesar do processo judicial (que corre em segredo de justiça), “o Juiz de Direito responsável para decisão inicial, não me afastou da administração empresarial da carreira do cantor Luan Santana e, tampouco, da administração das empresas LS”, informou Anderson.

Confira na íntegra a carta enviada por Anderson Ricardo:

NOTA  À IMPRENSA

Diante das notícias e matérias veiculadas nos últimos dias, cumpre a mim, esclarecer os acontecimentos:

1)    – Sou empresário do cantor Luan Santana desde o início de sua carreira (há sete (07) anos, aproximadamente) e, também,  sócio das empresas LS* e LAS*;

2)    – Desde o início sempre pautei minha conduta e administração com lealdade aos demais sócio. Tudo por mim realizado sempre foi focado em buscar o sucesso e no melhor fazer. E isso, não a qualquer custo, mas sim fruto de um trabalho árduo e realizado vontade ferrenha e dedicação. Creio que este objetivo por mim buscado, foi integralmente alcançado, haja visto o inegável reconhecimento dos fãs, contratantes, mídias de toda a espécie e do público em geral.

3)    – Devido a situações afetas somente aos sócios e ao cantor Luan Santana, os demais integrantes da sociedade decidiram ingressar com processo judicial para afastar a minha gestão administrativa. Vale acrescentar, que assim reforço outra característica de minha personalidade: a transparência. O Juiz de Direito responsável para decisão inicial, não me afastou da administração empresarial da carreira do cantor Luan Santana e, tampouco, da administração das empresas LS e LAS. O que foi determinado, é que a minha gestão será exercida em conjunto com os demais sócios. Portanto, assevero, que respondo sim pela administração empresarial da carreira do cantor Luan Santana e pelas empresas que dela decorrem.

4)    – Assim dizendo, repudio TODAS as notícias e alegações que sejam discordantes desta que o faço neste momento.

5)    – Conclui por assim fazer,  a fim de permanecer íntegro com meus princípios e valores e que são de total conhecimento de meu empresariado e de meus sócios.

6)    – Qualquer outra notícia que seja discordante com a que estou aqui expressando, NÃO TEM CORRESPONDÊNCIA ALGUMA COM A VERDADE, o que vale dizer, SÃO FALSAS, e são passíveis de questionamento na via judicial apropriada. 

Sem mais para o momento, 

ANDERSON RICARDO

Empresário

 

Autor: Tags: ,

sábado, 13 de julho de 2013 Parceria, Processo | 14:31

Anderson Ricardo, empresário de Luan Santana, é afastado da administração da LS Music e recebe notificação de juiz

Compartilhe: Twitter
Luan Santana (Crédito: Claudio Augusto/Foto Rio News)

Luan Santana (Crédito: Claudio Augusto/Foto Rio News)

Anderson Ricardo, empresário de Luan Santana, está afastado da administração da LS Music, escritório do cantor sertanejo. Segundo o iG apurou, Anderson já recebeu um notificação do juiz sobre um processo que Luan deve mover contra o empresário. Como a ação corre em segredo, o motivo da notificação não foi divulgado.

Algumas notícias davam conta de que Luan teria movido um processo contra o cantor Sorocaba, que é sócio majoritário da LS. “Imagina. Eles estão cheios de projetos juntos. Além de amigos, são sócios”, explicou a assessoria de imprensa de Luan.

Sorocaba nunca escondeu que sua parte na parceria com Luan era de 20% e, em entrevista ao iG, chegou a afirmar que a sociedade com Luan era perpétua.

Anderson já não exercia mais suas funções desde a gravação do DVD de Luan, que aconteceu no último final de semana na Arena Maeda, em Itu, no interior de São Paulo. Com a saída de Anderson, um funcionário da confiança de Sorocaba, que faz parte da equipe da FS, empresa do cantor, já está na LS. Inclusive, ele fez parte da equipe que executou o DVD, ao lado do grupo LS e de Dudu Borges.

Leia mais: Sorocaba sobre parceria com Luan Santana: “Nossa sociedade é perpétua”

Leia também: Luan Santana mostra que cresceu e amadureceu em gravação de terceiro DVD

E mais: “Um novo Luan Santana vem aí”, anuncia cantor sertanejo

 

Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 19 de novembro de 2012 Mercado Sertanejo, Música, Processo, Show | 18:31

Paula Fernandes se desliga de vez de empresa de Leonardo e fala sobre relação com o músico: “Acho uma injustiça ficar colocando um contra o outro, a gente se respeita muito”

Compartilhe: Twitter

Paula Fernandes se apresenta no Caldas Country (Foto: Claudio Augusto/Photo Rio News)

Picture 1 of 10

Com 20 anos de carreira, quatro deles comandados pela Talismã, empresa de Leonardo, Paula Fernandes agora assume o controle de seus passos profissionais. “A partir do dia 11 de novembro, meu contrato com a Talismã terminou e eu vou trabalhar com minha empresa. Estou assumindo a minha carreira. Sou uma artista da Jeito de Mato e minha própria empresária”, afirmou a cantora, que pretende, mais para frente, trazer outros artistas para seu escritório. “Nada como um passo de cada vez. Já acho uma grande responsabilidade a minha empresa assumir uma artista como Paula Fernandes. Estou falando como uma empreendedora. Mas, à medida que as coisas forem caminhando, terei o prazer de poder ajudar outras pessoas. Existem grandes artistas pelo Brasil afora precisando de uma oportunidade”.

Leia também: Paula Fernandes entra com ação contra empresa de Leonardo

A comemoração de hoje, já foi dor de cabeça para Paula. A briga com a Talismã acabou chegando à justiça, já que o escritório de Leonardo queria prolongar o tempo de contrato com a cantora. “Acho muito engraçado porque eles querem estender um negócio que só tinha quatro anos”.

Paula ainda explica que sempre sonhou em assumir o comando de sua própria carreira. “É o sonho de todo mundo poder ter sua própria agenda, cuidar de seu próprio horário, é tudo muito corrido. Poderei agora cuidar disso com um pouco mais de cuidado, mais carinho, podendo ser eu. Finalmente poderei mostrar a minha cara, porque às vezes fica aquela coisa de ‘disse, não disse’, ‘fulano disse que ela era assim’. Vou mostrar quem sou eu”.

Paula contou ainda um dos motivos que a fez ter vontade de tomar as rédeas de seu trabalho. “Vinha acontecendo um monte de coisa que eu não estava sabendo, tinha muitas informações que eu não tinha acesso. Ou seja, acho mais do que justo saber onde vou estar, o que vou fazer, certos detalhes que são importantes e eu não estava sabendo”, contou ela, que usou de exemplo a falha de comunicação que aconteceu no show que fez em Caldas Novas, durante o Caldas Country. (Confira abaixo)

Atraso

Única representante feminina e cantando pela primeira vez no Caldas Country, festival sertanejo que acontece em Caldas Novas (Goiás), Paula Fernandes deu sua explicação sobre as três horas que demorou para atender a imprensa. De acordo com a cantora, ela não sabia que o compromisso com os jornalistas estava marcado para antes de sua apresentação no evento. As entrevistas acabaram acontecendo depois do show. “Ai é uma coisa que quero que conversem com minha produção, porque me passam um horário e estou no devido horário que me passaram”, afirmou Paula, que aproveitou para falar sobre a fama de antipática que acaba levando por conta dos constantes atrasos. “Taí uma coisa que preciso falar. Às vezes, muitas vezes já aconteceu, da pessoa do evento marcar com o público um horário ‘X’, e comigo outro horário. Aí chego no outro horário e estou atrasada. Porque aí é pra beber, pra vender cerveja, não sei o que é que é. E eu fico brava com essas coisas, porque sobra pra mim. Fica aqui meu testemunho, porque eu realmente não sabia que eu estava atrasada, mas me desculpem pela minha produção”, lamentou a cantora.

Relação com Leonardo

Apesar de se desligar da Talismã, Paula segue agradecida pelo apoio de Leonardo durante os quatro anos que trabalhou com o músico. E desmente qualquer atrito que tenha acontecido entre eles. “Minha ligação com eles (equipe da Talismã) é de muito respeito, sempre foi. Inclusive com Leonardo, que todo mundo fica criando esse monte de coisa. Acho uma injustiça ficar colocando um contra o outro, a gente se respeita muito. Ele foi uma das pessoas mais importantes da minha carreira e continua sendo”.

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 29 de agosto de 2012 Música, Processo | 12:46

Tribunal de Justiça julga improcedente ação movida contra Eduardo Costa

Compartilhe: Twitter

Eduardo Costa (Foto: Divulgação)

Nesta terça-feira (28), saiu o resultado de uma ação movida contra Eduardo Costa. O maestro Antonio Eduardo Rodrigues Costa, conhecido como Ed Costa, queria evitar que o sertanejo usasse suas marcas – nome profissional e o de sua empresa, antiga Eduardo Costa Produções Ltda –, alegando semelhança nos nomes.

Em defesa, os advogados do sertanejo alegaram que ele, que tem Edson Vander da Costa Batista como nome de batismo, já usa a marca Eduardo Costa há 17 anos. Além disso, o ramo musical dos dois é diferente, já que o maestro atua com músicas de orquestra.

Leia também: Eduardo Costa brinca sobre vaidade: “Hoje estou vivendo uma completa viadagem na minha vida”

O TJSP julgou a ação improcedente. Para definir a sentença, o desembargador Teixeira Leite alegou que “verifica-se que a utilização do nome artístico ‘Eduardo Costa’ pelo cantor sertanejo Edson Vander Costa Batista jamais pode ser confundido com o nome utilizado pelos apelantes ‘Ed Costa’ tampouco com aqueles utilizados por ambas as pessoas jurídicas constituídas pelos artistas”.

Para finalizar, pontuou que não há igualdade no nome dos dois artistas. “Observa-se que, além de os artistas atuarem em ramos musicais bem diversos, o apelante é conhecido como ‘Maestro Ed Costa’, o que nada se confunde com o sertanejo ‘Eduardo Costa’”.

Autor: Tags: