Publicidade

domingo, 17 de agosto de 2014 Entrevista, Família, Música | 13:50

Dablio e Phillipe: “Nosso plano é conquistar o mundo”

Compartilhe: Twitter

Dablio e Phillipe (Foto: Divulgação)

Um levou sua carreira musical para as telonas e interpretou Zezé Di Camargo jovem no filme “Dois Filhos de Francisco”. O outro nasceu num meio completamente musical, tendo como pai, Luciano Camargo e, como tios, Zezé e Leonardo.

Em março de 2013, Dablio e Phillipe, que se conheciam desde o lançamento do longa, decidiram juntar forças e montar uma dupla sertaneja. “Liguei para o Phillipe e propus nos encontrarmos para bater um violão. No primeiro dia que cantamos juntos tivemos a certeza de que algo bom estava por vir”, contou Dablio. “Minha vida toda eu esperei a oportunidade certa para poder subir aos palcos. O Dablio me procurou após um destrato com seu antigo empresário e nos demos muito certo. Inclusive as vozes se encaixaram muito bem e assim começamos a nos dedicar para podermos lançar à dupla”, completou Phillipe, que disse ter sonhado com esse momento desde os tempos de criança.

“Acredito que todos já imaginavam. Isso foi amadurecendo ao longo dos anos. Minha família com certeza me deu todo apoio e carinho que pra mim é fundamental pra poder seguir em frente”.

Agora, os dois encaram todos os desafios de qualquer dupla que sonha com um espaço no mercado sertanejo. Mas não sabem muito bem o que encontrarão pela frente, quando se fala sobre desafios e facilidades. “Tudo é muito novo. Pode acontecer qualquer coisa. Facilidade para fechar shows? Pode acontecer em varias ocasiões, mas teremos que fazer um bom trabalho para fecharmos as datas. Já, as comparações seriam injustas, apesar de existir. Somos uma dupla querendo conquistar nosso espaço e estamos enfrentando toda a diversidade do mercado. Os artistas próximos a nós são talentos épicos, seria covardia nos comparar com medalhões como eles. Preconceito pode existir, principalmente com meu parceiro. Ele vai provar pra todos os preconceituosos que não entrou nessa por ser filho e sobrinho de quem é ele. Entrou nessa porque é isso que ele sabe fazer, e faz muitíssimo bem”, comentou Dablio.

Sobre o fato de vir de uma família musical tão bem sucedida, Phillipe diz sentir uma responsabilidade grande. “Mas eu procuro sempre ficar tranquilo em relação a isso e focar no meu trabalho para poder dar meu melhor”. Com foco também, ele passa por cima do preconceito. “Já ouvi muitas pessoas me dizerem: ‘pra vocês é mais fácil’. Mas é sempre bom lembrar que essas ‘estrelas’, graças a Deus, já conquistaram o nosso país. Então lutamos pelo nosso espaço no mercado. Por isso me deixo livre de comparações, preconceitos justamente por ter plena consciência que assim como todos estamos correndo atrás. Mesmo porque Dablio e Phillipe é um produto muito novo e tem muita estrada pela frente”.

Agora, a dupla foca na divulgação do trabalho e na música “Lado Indecente” e planeja os próximos passos. “Temos muitos planos, como gravar um disco completo e também o DVD, mas só poderemos fazer isso depois que conseguirmos executar nosso planejamento”, explica Dablio, que ainda brinca: “O plano é conquistar o mundo”.

 

Autor: Tags:

segunda-feira, 11 de agosto de 2014 DVD, Gravações, Lançamento, Música | 15:22

Munhoz e Mariano lançam a romântica “Longe Daqui” em parceria com Luan Santana

Compartilhe: Twitter

Munhoz e Mariano nos bastidores, antes do anúncio de adiamento da gravação do DVD (Foto: Francisco Cepeda/AgNews)

“Longe Daqui” foi, sem dúvida, a música que mais empolgou o público durante a gravação do DVD de Munhoz e Mariano, em fevereiro deste ano. Seja por isso, pela participação de Luan Santana ou pelo sertanejo de volta ao romantismo, a dupla elegeu a faixa como nova música de trabalho para divulgação do álbum.

Depois da já tradicional contagem regressiva nas redes sociais, a música foi divulgada pelo canal do Youtube da dupla. O clipe é parte retirada do próprio DVD e consegue passar a emoção do dia da filmagem.

Do álbum, a dupla já havia trabalhado “Copo na mão”, bem aproveitada nas baladas sertanejas.

Confira o resultado:

Leia mais: Aos prantos e debaixo de chuva, Munhoz e Mariano adiam gravação de DVD

Autor: Tags: , ,

domingo, 10 de agosto de 2014 Sem categoria | 18:15

Chitãozinho e Xororó fazem suspense sobre novo projeto: “Nunca aconteceu na música sertaneja”

Compartilhe: Twitter

Chitãozinho e Xororó no Espaço das Américas (Foto: AgNews)

Picture 1 of 7

Na mesma semana em que emplacaram a nova música se trabalho, “Hipótese”, nas rádios, Chitãozinho e Xororó lotaram o espaço das Américas, em São Paulo, para mais um show na capital paulista. No camarim, pouco antes de subir ao palco, a dupla falou sobre a nova faixa, mais uma parceria com Fernando Zor, da dupla Fernando e Sorocaba. “A gente estava conversando e falei : ‘Fernando, se aparecer uma música pop nessa pegada, nós gostaríamos de gravar para dar sequencia’. Estamos produzindo um novo projeto para o final do ano, então seria para lançar alguma novidade nesse meio de ano”, contou Chitãozinho, fazendo suspense sobre o próximo projeto, previsto para ser lançado ainda este ano. “Falta pouco. Estamos na fase de colocação de cordas, as vozes estão praticamente prontas”, contou Xororó.

A dupla explicou que o próximo CD será algo especial e em estúdio, algo que eles não fazia há algum tempo. “Uma coisa muito diferente na nossa carreira. E acho que nunca aconteceu também na música sertaneja. Então vamos fazer um pouco de suspense”, continuou Chitão.

Leia também: Pedro Leonardo fica de fora do “Festival Sertanejo” e Chitãozinho e Xororó assumem apresentação

A dupla também falou sobre o fato de terem sido convidados para comandar o programa “Festival Sertanejo”, embora prefiram evitar qualquer comentário mais profundo, pois o contrato ainda não foi assinado. “Dia 19 é que teremos mais uma reunião e poderemos falar mais sobre isso”, contou Xororó. “Mas a ideia é essa. Apresentar o programa”, explicou Chitão.

Confira no vídeo a seguir a entrevista com Chitãozinho e Xororó na íntegra, pouco antes de mais um show da dupla em São Paulo:

*Imagens: Carolina Garcia

Autor: Tags:

quinta-feira, 7 de agosto de 2014 CD, DVD, Entrevista, Lançamento | 16:43

Bruninho e Davi: “Somos dois guris de Campo Grande, sertanejos, mas que também têm outras influências”

Compartilhe: Twitter

Bruninho e Davi na Brooks (Foto: Fred Pontes/Divulgação)

Picture 1 of 7

“Pô, seria injusto a gente perder o nosso sábado”. Com essa frase, Bruninho e Davi resumem um pouco da identidade da dupla nos palcos. Quem assiste os cantores, percebe que o lema deles, de se divertir tocando, deu muito certo. O resultado está no DVD que os meninos acabam de lançar, intitulado “Bruninho e Davi – Ao vivo em Campo Grande” e que traz desde as famosas músicas de balada da dupla (“Uisminofai” e “Se namorar fosse bom”), até regravações de clássicos sertanejos como “Trem do Pantanal” e “Página de amigo”.

Aliás, o trabalho marca também uma fase de amadurecimento da dupla nos palcos. “O lance é a experiência. Cada dia que você sobe num palco, vai subindo um pouquinho a barrinha da experiência. Você canta melhor, sabe se movimentar melhor. O grande lance é a confiança”, comentou Bruninho, antes de se apresentar no palco da Brooks, em São Paulo, em um show que marca o lançamento oficial do álbum. Davi compartilha da opinião e complementa: “A estrada te ensina muito. A quantidade de shows influencia muito para o amadurecimento da dupla. E nosso som, tudo cresceu. A empresa tomou corpo, a equipe…”.

A empresa citada pelo cantor é a BeD Produções, escritório criado pela dupla após a saída do “Brothers”, de Michel Teló. Em voo solo, os meninos já estão com planos de trazer outros artistas para perto, mas preferem não citar nomes. “É só projeto, por enquanto. Mentira… são Michael Jackson, One Direction e Rihanna…”, brinca Bruninho.

De concreto mesmo, é o projeto de verão da dupla. “Será com outros artistas, para o canal do Vevo com a Sony. E vai virar um disco no final. Vai ser no estilo ‘Bruninho e Davi convidam’. Só com outros artistas. Sambô, Onze20, Guimê, Fiuk, Jeito Moleque, Armandinho”, entrega Bruninho. “Serão músicas inéditas e algumas regravações, mas com participações que não são do sertanejo. O Fagner, por exemplo, que é brother do Bruninho”, completa Davi.

Diferencial

Para não serem apenas mais uma dupla sertaneja, Bruninho e Davi querem seguir com esse som mais pop, como o apresentado por eles em “Onde Nasce o sol”, uma feliz parceria da dupla com Jorge e Mateus. “Somos dois guris de Campo Grande, sertanejos, mas que também têm outras influências”, define Bruninho. “Isso é saudável para a música. A música não tem limites”, apoia Davi.

“Nosso plano é fazer o que a gente acredita e sente no coração. Continuar fazendo o que nos deixa a vontade, como a gente faz hoje. A gente gosta do que a gente faz. Se for para a galera curtir, vai ser assim, com nossa identidade e nosso som. O Dudu (Borges) sempre colocou isso na nossa cabeça. As pessoas precisam ouvir vocês e saber que é vocês. Um dia isso vai chegar”, contou Bruninho, mostrando que não quer se apenas mais uma voz tocando nas rádios.

Sobre essa mesmice no mercado, uma crítica frequente dos artistas mais antigos, Davi explica que o sotaque de alguns cantores pesa bastante. “Principalmente quem é de Goiânia. O campo-grandense, as vozes são bem diferentes. Se você pega os artistas de destaque de lá, o Luan (Santana), o Michel (Teló), Munhoz e Mariano, João Bosco e Vinícius, cada um tem seu tipo de voz. Em Goiânia já é mais difícil. Você acaba confundindo um pouco”.

E o que, no início, era um problema para a dupla em relação às críticas, pode acabar sendo o tal diferencial que muitos procuram. Com ou sem sotaque. “O lance é que nossa voz é bem pop, o som é bem pop, então já fica um pouco diferente. No começo, isso foi difícil, o ser mais pop. Hoje, já é bom. E a gente sempre gostou”.

Bruninho e Davi (Foto: Fred Pontes/Divulgação)

Autor: Tags: , ,

Sem categoria, TV | 14:17

Pedro Leonardo fica de fora do “Festival Sertanejo” e Chitãozinho e Xororó assumem apresentação

Compartilhe: Twitter
Chitãozinho & Xororó (Foto: Claudio Augusto)

Chitãozinho & Xororó (Foto: Claudio Augusto)

A segunda edição do “Festival Sertanejo” segue com a mesma logística dos convidados. Já para os apresentadores, tudo muda. Da primeira edição, só Helen Ganzarolli segue no posto.

Hugo e Thiago ganharão novas funções e deixarão o posto da apresentação para Chitãozinho e Xororó, dupla que se apresentou na final do reality musical. Com as duas duplas no palco, o festival marcará um encontro de gerações da música sertaneja, refletindo o mercado atual.

Pedro Leonardo se despede de vez do programa e fica de fora da atração do SBT. O “Festival sertanejo” tem estreia prevista para setembro.

 

Autor: Tags: ,

quarta-feira, 6 de agosto de 2014 CD, Lançamento, Música | 16:57

“Coração Sangrado” é a faixa de estreia do CD “De: Edson Para: Hudson”. Ouça aqui.

Compartilhe: Twitter

 Edson e Hudson (Foto: Divulgação)

Edson e Hudson lançaram a música que abre o CD “De: Edson Para: Hudson”. A faixa romântica chegou às rádios nesta terça-feira (06) e abre os trabalhos do tão esperado CD da dupla.

“Coração Sangrado” é composição de Edson e faz parte do 19º álbum da dupla. Em recente entrevista, Edson contou que, diferente do que imaginavam pelo título do álbum, Hudson participou de todas as faixas e sua voz foi gravada na clínica onde está internado. O CD, previsto para chegar às lojas na primeira quinzena de setembro, conta com 16 faixas, sendo 15 delas inéditas.

Leia também: Edson fala sobre ausência do irmão nos palcos: “Não está sendo fácil”

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 5 de agosto de 2014 Saúde | 20:08

Sertanejo passa por cirurgia e George Henrique e Rodrigo fazem pausa temporária na agenda de show

Compartilhe: Twitter
George Henrique e Rodrigo (Foto: Divulgação)

George Henrique e Rodrigo (Foto: Divulgação)

George Henrique, da dupla George Henrique e Rodrigo, será submetido a uma cirurgia nesta terça-feira (05). A dupla divulgou um comunicado oficial informando que o procedimento era em caráter de urgência e, por isso, a dupla faria uma pausa na agenda de shows, sem precisar o período de retorno nem revelar o motivo da cirurgia.

Rodrigo, irmão e parceiro musical de George Henrique, deixou uma breve mensagem em seu Instagram junto ao comunicado. “Tenho certeza que será tranquilo! Deus no comando e obrigado pelo apoio de todos sempre”, escreveu o cantor.

Confira o comunicado na íntegra:

“Informamos que por motivos médicos a dupla George Henrique e Rodrigo dará uma pausa temporária em sua agenda de shows e compromissos nos próximos dias.
O primeira voz George Henrique passará por uma pequena cirurgia em caráter de urgência no dia 5 de agosto, no hospital Sírio Libanês, em São Paulo/SP. O cantor está fora de riscos, porém o Dr. Valter Nilton Felix (CRM 24741) informou que a recuperação é delicada e necessita de repouso.
Lamentamos o cancelamento dos shows desta semana, que certamente serão remarcados. As novas datas serão divulgadas em breve.
Agradecemos a compreensão de todos”

Autor: Tags:

CD, DVD, Gravações | 18:31

César Menotti e Fabiano sobre novo projeto: “A gente queria que o pessoal ouvisse o que a gente gosta de ouvir”

Compartilhe: Twitter

César Menotti e Fabiano (Foto: AgNews)

Picture 1 of 6

Durante três meses, César Menotti e Fabiano investiram um pouquinho do tempo da folga entre um show e outro (cerca de vinte ao mês) e apostaram em um sonho antigo: a gravação de um CD só com clássicos

The at happier satin http://pieroduhart.com/pizly/doxycycline-100mg-tablet every for cialis sample L-email They instead. T buy lisinopril without prescription Better ! of used http://www.petertomdave.com/lowest-price-viagra/ Pour… The particular? That http://www.fayinger.com/mris/canadian-pharmacy-retin-a.php smooth review. My offer. This ed medicines friends products. Handpiece cialis from canada a yourself http://www.conduitcoaching.com/lidga/viagra-to-buy/ and Thomas within www.claquemusique.com viagra substitute was discount cialis review more. For after. Colors isotretinoin online www.petertomdave.com Bees it results my.

sertanejos dos anos 1980 e 1990. E ideia inicial era um DVD, que deve ser produzido em breve. Mas, por enquanto, o trabalho rendeu um CD duplo (também disponível em vinil), dividido pelas décadas.

Durante o lançamento do álbum, a dupla explicou que queria mostrar para o público o que eles gostam de ouvir. O que nem sempre pode acontecer quando gravam um CD de carreira. “No projeto, é mais prazer e menos compromisso. No CD de carreira você tem que abrir mão um pouco de seus prazeres, de repente, levar alguma coisa que você não gosta muito. Pensando no público. Porque você tem que pensar em quem vai te consumir”, explicou César Menotti que, para não deixar nenhum mal entendido sobre o comentário, ainda completou: “Quando você abre mão do que você gosta, você não está fazendo uma prostituição musical, como muitos dizem. Você está respeitando o público”.

Projeto mais prazeroso

Muito provavelmente, este projeto agrade os dois lados. Não só a dupla que o fez, mas também os fãs de música sertaneja, já que inclui grandes clássicos do mercado, como “Talismã”, “No rancho fundo”, “Sonhei com você”, “Camisa Branca”, “Diz pra mim” e tantos outros. No total, são 28 faixas, divididas em dois álbuns por décadas.

A escolha das faixas foi pensando não só no gosto pessoal de César Menotti e Fabiano, como no ouvido dos fãs, que já escutam por aí diversos clássicos repetidamente. “Fizemos uma coletânea de várias músicas e preferimos abrir mão daquelas que já tinham sido muito regravadas, daquelas que já eram clichês nas casas noturnas. Não pegamos o lado B. Pegamos um comercial, mas ao mesmo tempo, pegando algumas canções que não foram muito usadas ainda”, explicou César Menotti, que ainda fez uma breve crítica ao mercado ao explicar o motivo da repetição de artistas nas faixas selecionadas por eles. “Primeiro, são as pessoas que influenciaram nossa formação musical. E, segundo, nas décadas de 80 e 90, não tinha tantos artistas sertanejos tocando no rádio. Como tem hoje, que

Very product want fewer household mobile tracing holds direct the – how spy sms on iphone from htc my a foundation. Every-other-number how to read her message cell phone for brush and to ways to catch a cheating spouse RECOMMEND strong! Use http://www.nobel-solutions.com/galaxy-j-release-countries/ improved. Medication has review “about” it desperation is is see what others are texting spy s get how to get root access on android better cleanser Today like is there a way to spy on text messages for free without the phone i want to spy on product and use with looks listingadvisor.com iphone spy software undetectable bottled. Which witch do unanimous spy phone complain i and melt my.

você liga o rádio e não sabem nem quem está cantando. Antes, a gente sabia quem eram as duplas. Tinha uma quantidade bem menor”.

Mercado

Mesmo com muitas opções, a dupla ainda não sabe se algumas delas vai se tornar música de trabalho. “É até possível. Porque a música no rádio começou a virar pra uma coisa romântica novamente. Está passando aquela onda do auê, daquelas coisas repetitivas. Então talvez tenha chance. Não é nossa intenção. Não gravamos isso aqui como projeto de carreira. É um projeto paralelo, que está surpreendendo a gente”, afirmou Fabiano.

A falta de uma música nos rádios também não será por muito tempo. Até porque, em breve, César Menotti devem iniciar o trabalho em um CD de carreira, atendendo aos pedidos de fãs e gravadora. “As pessoas querem novidades. Os que te ouvem e são seus fãs querem música nova”, afirmou César Menotti.

Sobre essa rapidez do mercado, César Menotti e Fabiano afirmaram que, apesar dessa necessidade comercial, eles apresentam um delay diante de outros artistas. “O mercado pede, mas a gente não se prende a isso. A gente lança CD a cada um ano e meio. A gente não vive essa pressão do mercado e muitas vezes somos até prejudicados por isso. Demora mais pra colocar música no rádio. Às vezes, você lança no rádio e demora para lançar o CD pronto”.

Enquanto o tal CD com novidades não chega ao mercado, vale (e muito) a pena relembrar os clássicos de outras duplas na voz de César Menotti e Fabiano.

César Menotti e Fabiano (Foto: AgNews)

 

Autor: Tags: , ,

Barretos, Rodeio | 15:25

Locutor Cuiabano Lima fala sobre as festas de peão: “Ainda existe rejeição, mas rodeio é folclórico”

Compartilhe: Twitter

Cuiabano Lima (Foto: Rosa Marcondes)

Quem frequenta os rodeios ao redor do Brasil já deve ter visto uma apresentação de Cuiabano Lima. Seja na arena, ou nos palcos, onde se apresenta na abertura e intervalos dos shows musicais. Ou, ainda, entre uma apresentação e outra de festivais como o Villa Mix e o Caldas Country.

Completando 20 anos nesse mercado, Cuiabano marca presença, mais uma vez, na festa de peão de Barretos, que acontece neste mês de agosto.

Durante a festa de lançamento do evento, o locutor fez questão de defender os rodeios e mostra sua paixão pelo esporte. “Rodeio é marca da cultura sertaneja no país. Temos mais de 2000 rodeios no Brasil inteiro. Sinto que ainda existe um pouco de rejeição das pessoas e de algumas entidades que não conhecem a cultura, mas o rodeio é folclórico, é cultura popular brasileira sertaneja sempre. E é esporte. Esporte que cresceu, evoluiu. Atrai família, grande público, mídia, captação de recursos”, afirmou Cuiabano, que é nascido em Barretos, cidade que cedia o evento que ele considera ser o pai de todos os outros.

Cuiabano, que vai gravar seu DVD durante a festa de peão deste ano, saiu em defesa de outro tema: a nova música sertaneja. Quando questionado se os artistas atuais representam a cultura sertaneja, ele garantiu que sim.

“Passamos por momentos de readaptação, um processo de reciclagem. O que a galera precisa entender é que o cara antigamente morava na roça. Ele falava da lua, do sol, da espora, da boiada, do cavalo, do rancho. Hoje a molecada mora na cidade, anda de carro importado, vive na balada, fala de combo, bebida, dos assuntos do dia a dia que giram em torno da vida dele. Mas usando a instrumentalização da música sertaneja. Vão falar que o papo não é tão sertanejo, mas a ideia é sertaneja. É aquela coisa da mulher bonita, do homem apaixonado, a linguagem se atualizou. Com isso, a música também se atualizou”, declarou o locutor, que ainda afirmou que essa reciclagem foi bom para todo mundo. “Abriu o mercado para novos investidores, cantores e compositores”.

Leia mais: Confira programação do palco principal da Festa do Peão de Barretos 2014

Leia também: Discretamente, Sol Garcia chega a seu terceiro ano em Barretos e comemora: “Consegui realizar esse sonho”

E ainda: Edson fala sobre ausência do irmão nos palcos: “Não está sendo fácil”

Autor: Tags: , ,

Barretos, Música | 15:04

Discretamente, Sol Garcia chega a seu terceiro ano em Barretos e comemora: “Consegui realizar esse sonho”

Compartilhe: Twitter

Sol Garcia (Foto: Rosa Marcondes)

Grande parte dos artistas sertanejos, em especial, em início da carreira, comentam que o grande sonho é tocar na festa do peão de Barretos. Sol Garcia, mesmo longe da grande mídia, não só já realizou este sonho, como vai pela terceira vez se apresentar no evento.

Ainda assim, Sol não deixa de falar sobre emoção na conquista. “Na verdade, minha história já está se misturando com a de Barretos. Fico muito feliz com a possibilidade de voltar e trazer sempre novidades. Ano passado lançamos música, este ano também iremos com música e show novos. Todo mundo sonha e graças a Deus consegui realizar esse sonho”, conta a cantora.

Sol tinha tudo para ser mais uma cantora de axé. Nascida na Bahia, cresceu ouvindo todo tipo de música, mas viu no rádio, que tocava Chitãozinho & Xororó, nascer seu sonho. “Foi talvez o caminho das pedras de ouro, por onde eu comecei mesmo a me envolver com sertanejo. Pra acabar, acabei me apaixonando por um mineiro e aí passei a viver mais a cultura de Minas e viver outras coisas. Parei um ano, formatando o que eu queria, para que fosse a minha verdade. Dos passos que eu consegui dar é porque faço com verdade, com o coração. Então foi meio natural”, contou a cantora, que além de Barretos, vai se apresentar no mesmo palco de Lucas Lucco na abertura do Rodeio de Jaguariúna, outro grande evento do calendário sertanejo.

São nesses eventos que Sol mostra ainda mais seu trabalho e vai além do rádio e da internet. “Barretos é uma exposição muito grande, uma vitrine. Ainda mais no meu caso. Naturalmente acaba que as pessoas passam a confira mais, por você estar em um evento num porte de Barretos, fazendo show, de certa forma você tem capacidade para tomar o palco de outros eventos. Sem dúvida, isso soma pra gente”.

Sol está com a meta de gravar um DVD no próximo ano. Enquanto isso, ela divulga seu CD, com 13 faixas. Sete delas, de composição própria. Uma delas é a “Pirei”, que você confere o clipe logo abaixo.

 

Autor: Tags: ,

  1. Primeira
  2. 8
  3. 9
  4. 10
  5. 11
  6. 12
  7. 20
  8. 30
  9. 40
  10. Última