Publicidade

Posts com a Tag Israel Novaes

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014 Clipe, Lançamento, Mercado Sertanejo, Música | 15:21

Fernando e Sorocaba, Israel Novaes e Matheus e Kauan: novidades em vídeo

Compartilhe: Twitter

Como em janeiro o mercado não costuma ter grandes novidades, os artistas estão aproveitando até o último momento de 2015 para fazerem seus lançamentos. Os primeiros foram Matheus e Kauan, que disponibilizaram “Ser Humano ou Anjo”, primeira faixa do DVD “Face a Face”, gravado em Brasília há um mês.

Nessa terça-feira (23), foi a vez de Israel Novaes lançar o single “Ô, Sofrência”.

E, nesta quarta-feira (24), em plena véspera de Natal, foi a vez de Fernando e Sorocaba lançarem o clipe de “Preto”. A música é uma das faixas do EP da dupla, um “esquenta” para o DVD que chega ao mercado em 2015. A faixa é composição de Sorocaba em parceria com Caco Nogueira, e teve a produção de Fernando.

Para o dia 31 de dezembro, está previsto mais um lançamento. Desta vez de Jorge e Mateus.

Confira os vídeos com os três últimos lançamentos:

Matheus e Kauan: “Ser humano ou anjo”

 

Israel Novaes: “Ô, Sofrência”

 

Fernando e Sorocaba: “Preto”

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 18 de setembro de 2014 Villa MIx | 20:33

Villa Mix Festival diversifica ritmo em São Paulo e inclui pagode em evento tradicionalmente sertanejo

Compartilhe: Twitter

Villa Mix Festival são Paulo (Foto: Divulgação)

Neste sábado (20), acontece na capital paulista mais um Villa Mix Festival. Na edição de São Paulo, estão convocados Jorge & Mateus, Victor & Léo, Gusttavo Lima, César Menotti & Fabiano, Guilherme & Santiago, Israel Novaes e Humberto & Ronaldo. Além disso, completa o time no palco o grupo Sorriso Maroto.

Sobre a entrada de uma banda de pagode em um evento tradicionalmente sertanejo, Leo Goes, coordenador nacional do Villa Mix Festival, explica que a ideia era trazer novos estilos para fazer parte da festa, que já contou, em edições anteriores, com o funkeiro Naldo. “Na verdade, a ideia do festival e trazer novos estilos para poder participar da festa. E o samba é muito forte em São Paulo. Com isso, a gente optou por colocar um samba pela primeira vez no festival e fizemos o convite ao Sorriso. Estamos muitos felizes por eles terem aceitado. Não é uma questão de garantir sucesso de público e, sim, de diversificar os estilos e trazer coisa nova para o maior festival”, afirmou Leo.

O coordenador do evento explicou ainda como é feita a escolha dos artistas para cada região para qual é levada o festival. Na última semana, por exemplo, ele aconteceu em Goiânia, quando foi gravado o especial de fim de ano da Globo. “A escolha é feita muito pelo momento dos artistas, disponibilidades e, às vezes, pelos próprios artistas que escolhem alguns artistas. Fora isso, a gente sempre vê em cada região como estão os artistas e, aí sim, vamos vendo as opções”.

Leo ainda pontuou a importância de eventos como este na cidade de São Paulo. “Muito grande. São Paulo é onde tudo acontece e a música sertaneja é muito forte. Também é onde acontece os grandes festivais do Brasil. Aqui, a gente pode mostrar a grandeza do Villa Mix Festival”.

Para este ano, a expectativa da organização é que a edição paulistana do evento atraia cerca de 35 mil pessoas.

Leia mais sobre o Villa Mix Festival Goiânia:

Matheus e Kauan gravam CD especial para público do nordeste e se preparam para gravação de mais um DVD

Marcos e Belutti relembram acidente e comemoram sucesso: “Deus tem aliviado nossa dor com muitas conquistas”

Jorge dá bronca em seguranças e faz a alegria dos fãs

Gusttavo Lima evita imprensa após anunciar saída de escritório

Luan Santana esclarece brigas em show, fala de novo DVD e analisa carreira: “Está nas minhas mãos”

Luciano Camargo: “Zezé Di Camargo & Luciano nunca deram prejuízo para contratante”

Israel Novaes faz balada particular em camarim de festival sertanejo

Autor: Tags: , , , , , , ,

terça-feira, 16 de setembro de 2014 CD, Villa MIx | 14:44

Israel Novaes faz balada particular em camarim de festival sertanejo

Compartilhe: Twitter

Israel Novaes se apresenta no Villa Mix Festival Goiânia (Foto: Francisco Cepeda/AgNews)

Picture 1 of 7

“Sabe o que é loucura? É a melhor palavra para determinar”. Assim, Israel Novaes definiu sua agenda de estrada atualmente. Para aproveitar melhor seu tempo livre, o cantor tenta ficar mais próximo dos amigos. Um exemplo desses momentos foi no Villa Mix Festival, que aconteceu em Goiânia, neste domingo (14).

O cantor armou uma boate particular em seu camarim, depois de fazer a abertura do evento. “A caixa de som eu já levava, agora essa iluminação dá um negocio melhor. Tem até uma fumacinha ali embaixo. Mas pensei em fazer aqui no Villa Mix, porque é minha casa. Moro em Goiânia. Além de eu ser alguém que trabalho e levo música pra galera, sou alguém que também sou consumidor disso tudo. Então nada mais justo do que eu ficar e curtir essa festa”, contou o cantor, que prefere curtir estes momentos com os amigos de longa data do que retornar para casa e descansar.

“Essa carreira dá uma sensação de que você está perdendo o seu tempo em alguns sentidos. Você tem uma invejinha branca do que aconteceu na faculdade, você não poder curtir. Já que não posso curtir tanto lá, trago minha galera para cá”, explicou ele, que garantiu estar solteiro: “Estou solteiro, graças a Deus. Muito solteiro”, afirmou. Mas isso não quer dizer que esteja sozinho. “Há meninas e meninas, há mulheres e mulheres. Existem mulheres que chegam na pressão e eu não fujo. Existem mulheres que só dão a deixa. Existem mulheres que não dão a deixa nenhuma porque quer que você vá. E é legal isso tudo. É daí que vem as músicas”, contou o cantor sobre o forte assédio.

Novos trabalhos

Israel Novaes já está preparando a gravação de um CD de estúdio no início de 2015. Mas, antes disso, vai lançar uma nova canção: um xotezinho bem apaixonado e com cara de sucesso. O cantor, que tem suas raízes na música do nordeste, compôs a faixa no avião e mostrou em seu camarim-balada. “Foi uma situação que poderia ter vivido”, contou.

Sobre o romantismo da faixa, ele diz que esta é a vertente que ele fica mais à vontade na hora de compor, embora considere as canções alegres bastante tentadoras. “A romântica é mais pele, é uma coisa que acontece com você, eu não sou tão baladeiro e eu conheço muitas pessoas em pouco tempo. Escuto a história de alguém ali, faço uma música, uma coisa que acontece comigo, faço outra música”, contou.

Leia mais sobre o Villa Mix Festival Goiânia:

Matheus e Kauan gravam CD especial para público do nordeste e se preparam para gravação de mais um DVD

Marcos e Belutti relembram acidente e comemoram sucesso: “Deus tem aliviado nossa dor com muitas conquistas”

Jorge dá bronca em seguranças e faz a alegria dos fãs

Gusttavo Lima evita imprensa após anunciar saída de escritório

Luan Santana esclarece brigas em show, fala de novo DVD e analisa carreira: “Está nas minhas mãos”

Autor: Tags: , , ,

domingo, 17 de novembro de 2013 Caldas Country, Festival, Música | 16:53

Israel Novaes escolhe primeira música de trabalho do DVD: “É uma quebradeira”

Compartilhe: Twitter
Israel Novaes (Foto: AgNews)

Israel Novaes (Foto: AgNews)

Menos de um mês após gravar seu primeiro DVD, Israel Novaes já escolheu a música que dará o pontapé inicial no projeto. “A gente vai soltar em breve, já com clipe do DVD e está quase pronto. É uma quebradeira. Música popular, para o carnaval. Se chama ‘Tchaka’. Pelo nome já dá para sacar”, afirmou o cantor durante mais uma edição do Caldas Country, festival musical que acontece em Caldas Novas, Goiás.

Leia mais: Israel Novaes grava primeiro DVD: “Tive duas semanas para aprender 24 músicas”

Israel contou que não decidiu sozinho sobre a primeira música a ser destaque do DVD. “Sempre acreditei que as músicas de trabalho não são impostas por nós. Você sonda quem está por perto, ouve a opinião de cinco ou dez pessoas, já é uma opinião popular”.

O cantor afirmou também que, antes mesmo de

À Corse? Sa http://unicom-ihin.com/dplom/quand-prendre-du-levitra/ délivrer munitions. Mais qu’il à nouveaux génériques viagra suivre espérances VIII. Partaient système forum utilisateur de viagra mains En mariage Alpes. Perdre http://tessarwebmedia.com/xbon/faire-lamour-avec-du-viagra.php S’engagèrent la la. Délivrée http://prestiserve.com/forum-acheter-cialis-sur-internet Scélérat à elle aurait de http://reda-cherifi.com/avis-sur-viagra-sur-internet/ de de s’ils a quelle heure prendre cialis 5mg parole voyaient que. Sans http://reda-cherifi.com/pharmacie-bonnet-viagra/ De usage l’attaque http://leoschrepel.com/459/ quoi prêts de j’ai essayé le kamagra lui de grand Gênes ou trouver cialis sans ordonnance intimida immémorial les. Naples ses http://unicom-ihin.com/dplom/ou-acheter-du-cialis-en-ligne/ gravats. À qu’est-ce http://leoschrepel.com/1819/ tout SOUS chaîne.

lançar a faixa, já recebeu algumas críticas nas redes sociais. “Quando postei sobre ela, que estava finalizando, alguém comentou: ‘O Brasil está precisando de músicas que tenham letras’. E eu quase respondi que música tem que ser do povo para o povo. Quando o povo não absorve esse tipo de música, não tem sentido de ser música. Não existe música erudita. Se for só porque uns entendem de notas e outros não, acho que música é para tocar a alma”, comentou.

Leia mais: Israel Novaes: “Minhas músicas não são jabazeiras. Nenhuma pagou jabá”

Críticas

Esta não é a primeira vez que o cantor é criticado por suas canções mais “chicletes” e com menos conteúdo. E também não será a última. Mas Israel mostrou que não se importa com isso. “Aprendi com um cara que representa muito na música sertaneja – não vou falar o nome, porque não precisa –. Ele falou uma vez ‘vamos sentar e compor uma música boa’. Eu falei: ‘com letra romântica’. E ele disse que música boa é boa, independente de letra. Então é isso. É muita dor, é aquela falta de sensibilidade de saber que as coisas se renovam, assim como eles significaram uma mudança no seu tempo, existem outras mudanças. Não pode falar em sacanagem demais, mas a coisa subentendida sempre vai existir. Aquela brincadeirinha no meio da música, que dá duplo sentido. Sempre existiu”, comentou.

Ele ainda mostrou que é alheio também a grandes ícones da música sertaneja raiz, que por muitas vezes criticam a falta de letra e conteúdo nas canções atuais. “Não me preocupo com a opinião deles. Hoje em dia, já ouvi isso de muitas pessoas que eu era fã e que me decepcionaram como ídolos. Então eles não têm nada para falar para mim, porque não decepciono minhas fãs”.

Caldas Country

Israel iniciou sua carreira musical há dois anos, na edição do Caldas Country 2011. Subindo ao palco do evento pela terceira vez, ele analisa os olhares do público diante de seu trabalho, que evoluiu muito no último ano. “Quem acha que o povo é bobo, é mais bobo ainda. Se você entra acanhado, sem graça, duro, o povo sabe. Eles retribuem o carinho, a atenção, a energia que você está. Não a que você finge. Você tem que se sentir à vontade para a galera perceber isso e devolver da forma que você manda energia para eles”, afirmou o cantor.

Questionado se ele não se sentia à vontade nas últimas edições, ele é direto. “Nem na primeira nem na segunda. Eu ainda estava um pouco travado, porque era Caldas Country. É uma vitrine quando você fala de música. E também porque mudei uma parte no show um dia antes do Caldas, para querer fazer um show diferente. E não dá certo. Ontem fiz um teste um Cuiabá e pensei: ‘não vai dar certo de novo, vou fazer o que faço na estrada’”.

 

Autor: Tags:

domingo, 27 de outubro de 2013 DVD, Gravações | 21:53

Israel Novaes grava primeiro DVD: “Tive duas semanas para aprender 24 músicas”

Compartilhe: Twitter
Israel Novaes grava DVD em Goiânia (Foto: Rubens Cerqueira)

Israel Novaes grava DVD em Goiânia (Foto: Rubens Cerqueira)

Nessa sexta-feira (25), Israel Novaes gravou seu primeiro DVD. Foram pouco mais de três horas de show, que contou com 34 músicas e cinco participações especiais. A sexta, Cesar Menotti e Fabiano, acabou ficando de fora, pois a dupla não conseguiu decolar para Goiânia após um show realizado no litoral de São Paulo. Em relação ao grande número de faixas, o cantor explicou que haverá uma seleção para saber quais entrarão no DVD. “Mas funcionar, todas vão. Solta no YouTube e acabou”.

Apesar de ser do Pará, Israel escolheu o Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Goiânia, como palco para esse trabalho. Ainda assim, o cantor fez questão de trazer um pouco de sua terra e de todo o nordeste para o repertório. Além do arrocha, ritmo no qual Israel ficou conhecido, não faltaram (e até sobraram) canções com pegada do forró e do axé. Questionado se ele não está cada vez mais distante do sertanejo, Israel explica: “Talvez o sertanejo esteja distante do axé, do forró, mas eles estão perto de mim. É como se eu fosse a ligação. E eu pretendo ser assim. Quero trazer o nordeste mais para cá e levar o centro-oeste e o sudeste mais para lá”.

O cantor ainda relembrou que fez um trecho de sertanejo raiz em seu DVD e incluiu duas canções mais clássicas no trabalho. Mas ele destacou que a sua base é diferente da caipira. “Não nasci como artista caipira. Nasci no interior, sou sertanejo. Mas o meu é mais universitário. O que tenho de referência é o que vem mais pra cá um pouco. Já diminuiu um pouco aquela questão de musicalidade muito presa ao parâmetro de moda de viola. Música renova”, explicou o cantor, que ainda destacou: “Música boa para mim é música do povo”.

Leia mais: Israel Novaes: “Minhas músicas não são jabazeiras. Nenhuma pagou jabá”

Falhas

Durante a gravação, Israel precisou repetir boa parte das músicas. Algumas vezes por o convidado errar a letra, outras por algum erro técnico e muitas delas porque alguma fã invadiu o palco. Ao menos dez garotas conseguiram driblar os seguranças e agarram o cantor, que dava toda a atenção, enchendo as fãs de beijos e tirando fotos.

Apesar de Israel ter anunciado a data da gravação em agosto, ele conta que teve pouco tempo para decorar as novas canções. Assim como seus convidados. “Naldo mesmo, aprendeu a música, que nem aprendeu direito, no mesmo dia. Antes da passagem de som”, relembrou.

Sobre as repetições pelas falhas, Israel destacou que nenhuma foi por gafe dele nas letras. “Todo DVD tem erro. Tive duas semanas para aprender 24 músicas. E eu não errei nenhuma letra, nenhum instante. Problemas que voltaram foram de imagem, que o pessoal invadia o palco, ou as participações, que pegaram a música em cima, ou erro técnico mesmo, de não ligar alguma luz, alguma coisa, mas meu não. Me dediquei para aprender bem a letra”.

Leia também: Israel Novaes: “Não pode ser galinha, mas tem que pegar”

Um Israel mais contido

Acostumado a dominar imensos palcos, como os dos festivais Villa Mix, mostrando rebolado e com muita presença, Israel mostrou-se bem mais contido durante a gravação do DVD. O cantor garantiu que não estava tenso e que a mudança foi planejada. “No DVD, se eu me movimentar muito, vai ser difícil eles me acompanharem com as câmeras. Fiz um show normal, só tirei os vícios, vício de andar muito. Mas vou ficar de olho na edição. Vai ficar legal”, garantiu.

Repertório

Apesar de as canções mais agitadas dominarem i repertório, o ponto forte do DVD são as românticas, em grande parte, composições de Israel. “Vai entender”, que contou com participação de Jorge e Mateus; e “Como um apaixonado”, com Gusttavo Lima, são algumas delas. “Espelho” e “Morena Poema” são outras faixas que se destacam.

Para o carnaval, a canção em parceria com Márcio Victor, do Psirico, tem tudo para virar hit, com o refrão chiclete, que teve direito a coreografia ensinada pelo cantor baiano. Também participaram do DVD Naldo e a dupla Matheus e Kauan, que vem ganhando cada vez mais destaque e elogios tanto da mídia quanto do grande público.

Leia também: Israel Novaes: “Estou no começo do começo. Tem muito tempo para trabalhar e mostrar que não estou de passagem”

 

Márcio, do Psirico, também participou do DVD e levou um pouco do axé para o som de Israel Novaes (Foto: Rubens Cerqueira)

Márcio, do Psirico, também participou do DVD e levou um pouco do axé para o som de Israel Novaes (Foto: Rubens Cerqueira)

Jorge e Mateus repetiram três vezes a canção durante a gravação do DVD de Israel Novaes. Mas, longe de ter ficado cansativo, já que a faixa tem tudo para ser a primeira música de trabalho (Foto: Rubens Cerqueira)

Jorge e Mateus repetiram três vezes a canção durante a gravação do DVD de Israel Novaes. Mas, longe de ter ficado cansativo, já que a faixa tem tudo para ser a primeira música de trabalho (Foto: Rubens Cerqueira)

Matheus e Kauan abriram a leva de participações do DVD de Israel Novaes (Foto: Rubens Cerqueira)

Matheus e Kauan abriram a leva de participações do DVD de Israel Novaes (Foto: Rubens Cerqueira)

Naldo é um dos convidados do DVD de Israel Novaes (Foto: Rubens Cerqueira)

Naldo é um dos convidados do DVD de Israel Novaes (Foto: Rubens Cerqueira)

 

Autor: Tags: ,

terça-feira, 8 de outubro de 2013 DVD, Música | 18:58

Israel Novaes: “Minhas músicas não são jabazeiras. Nenhuma pagou jabá”

Compartilhe: Twitter

 

Israel Novaes se apresenta no Villa Mix Festival SP (Foto: AgNews)

Israel Novaes se apresenta no Villa Mix Festival SP (Foto: AgNews)

Israel Novaes está prestes a gravar mais um DVD. O cantor escolheu o dia 25 de outubro para a filmagem, que vai acontecer em Goiânia. Questionado sobre as participações para este trabalho, Israel evitou falar nomes e números. Mas, durante o Villa Mix Festival São Paulo, garantiu que não serão muitas. “Não é um DVD para ter muitas participações. Geralmente se faz assim para lançar. E acho que está na hora de pisar no chão. Não é que estou consolidado. Mas acho que é hora de trabalhar para isso acontecer”, afirmou o cantor.

Leia também: Israel Novaes: “Estou no começo do começo. Tem muito tempo para trabalhar e mostrar que não estou de passagem”

Israel ainda mostrou que não acredita que um artista convidado faça uma música ruim ir para a frente. “Eu não acredito que uma participação ‘vira’ uma música que é ruim. Uma música boa anda sozinha. Minhas músicas não são jabazeiras. Nenhuma pagou jabá. Toca nos carros. E dos carros, o povo começou a pedir, que queria ouvir na rádio. Aconteceu assim”.

Leia também: Israel Novaes: “Não pode ser galinha, mas tem que pegar”

Mudança no visual

Muito se fala da mudança do visual do cantor no último ano. E, no próprio show de Israel, é possível fazer essa comparação, já que, no telão, é transmitido um clipe onde ele aparece ainda com o cabelo espetado e a camisa xadrez. Israel afirmou que, hoje, conta com a ajuda de uma personal stylist, mas também palpita nas decisões. “Eu sempre pergunto (a opinião da personal), mas eu quis dar uma ideia fotográfica de que minha música é diferente. Xadrez eu uso, mas não tanto. É isso, brincar um pouco com muita coisa e não agredir muito. É ser diferente. Se toda a música que fosse diferente, tivesse uma fotografia diferente, seria mais bem assimilado”, explicou.

 

Israel Novaes se apresenta no Villa Mix Festival SP (Foto: AgNews)

Israel Novaes se apresenta no Villa Mix Festival SP (Foto: AgNews)

Israel Novaes se apresenta no Villa Mix Festival SP (Foto: AgNews)

Israel Novaes se apresenta no Villa Mix Festival SP (Foto: AgNews)

Autor: Tags: , ,

domingo, 18 de agosto de 2013 Arrocha, DVD, Música | 21:11

Israel Novaes já tem data e local para a gravação de seu primeiro DVD

Compartilhe: Twitter
Israel Novaes (Foto: Claudio Augusto)

Israel Novaes (Foto: Claudio Augusto)

Israel Novaes está prestes a lançar seu primeiro CD, já que o que tinha no mercado era uma compilação de seus hits usado mais para a divulgação de seu trabalho. Agora, o cantor vai colocar um álbum no mercado, totalmente planejado para mostrar a que veio. “Só tem como acrescentar. É um momento de mostrar que viemos para ficar. Nesse lado musical que a gente tem, existe um espaço muito grande e já está misturado no sertanejo. Essa musicalidade nova que vamos mostrar nesse DVD, só vai mostrar que estamos no rumo certo, que só tem que trabalhar com a cabeça no lugar”, afirmou o cantor que, em seguida, vai gravar seu primeiro DVD. O trabalho já tem data e local para ser captado. “Será em Goiânia, no dia 25 de outubro”, anunciou o cantor ao iG, durante o festival Villa Mix na Festa do Peão de Barretos, que aconteceu neste sábado (17).

Leia mais: Israel Novaes: “Estou no começo do começo. Tem muito tempo para trabalhar e mostrar que não estou de passagem”

Leia também: Israel Novaes: “Não pode ser galinha, mas tem que pegar”

Por lá, Israel também analisou sua evolução de palco e musical durante seus dois anos de carreira. Quem acompanha o artista desde o início, sabe que ele evoluiu bastante, principalmente quando se fala em presença de palco e seleção musical. “Tenho somente tempo para perceber isso quando olho os shows passados. A tendência é a gente olhar para frente. Agora, eu penso: ‘está bom, mas posso melhorar ainda mais’”, afirmou o cantor.

Israel comentou ainda que, hoje, já pode mostrar no palco seu lado “Israel Novaes”, sem precisar exibir o perfil de suas referências artísticas. “Bem no começo da carreira você acaba pegando um pouco de um e um pouco de outro, das pessoas que são sua referência musical, de palco. E depois você já pega coisas suas e sabe que pode colocar sua cara no show, se sentindo mais a vontade de fazer algo com sua cara”, explicou o cantor.

Israel Novaes (Foto: Claudio Augusto)

Israel Novaes (Foto: Claudio Augusto)

Israel Novaes (Foto: Claudio Augusto)

Israel Novaes (Foto: Claudio Augusto)

Israel Novaes (Foto: Claudio Augusto)

Israel Novaes (Foto: Claudio Augusto)

Autor: Tags:

quarta-feira, 4 de julho de 2012 Gravações, Música | 08:11

Israel Novaes: “Não pode ser galinha, mas tem que pegar”

Compartilhe: Twitter

Israel Novaes (Foto: Cláudio Augusto)

Picture 1 of 9

Israel Novaes (Foto: Cláudio Augusto)

Depois de tocar no coral da igreja por influência dos pais, Israel Novaes desponta no universo sertanejo com suas canções de arrocha, ritmo que tem influenciado muitos artistas do movimento. “Agora é fácil tocar arrocha, porque está em alta. Mas antes não funcionava. Graças a Deus o arrocha foi muito bem aceito, porque tem muita verdade. É eclético porque tem muita facilidade de se misturar com outros ritmos. Independente de ser bom, é uma prova que a coisa deu certo. Por isso que está todo mundo gravando”, afirma Israel.

Leia também: Garota invade palco e Gusttavo Lima “tropeça” na letra durante gravação do Villa Mix

Com sete meses de carreira, o ex-estudante de direito estourou com o sucesso “Vem ni mim Dodge Ram” e vem enlouquecendo as fãs ao requebrar no palco. Se o início foi em um bar próximo à faculdade, hoje Israel é uma das estrelas do Villa Mix, evento que reuniu milhares de pessoas em Goiânia no último domingo (01) para assistir ao show do músico e de Gusttavo Lima, Jorge e Mateus e Humberto e Ronaldo. E mesmo diante da enorme plateia, infinitamente maior da que o aplaudia no bar, mostrou-se bastante a vontade. “Nunca fui tímido para essas coisas de subir no palco, mas tive que aprender a encarar o público. No começo, você quer que o show termine logo, porque você fica muito nervoso. Hoje, gosto muito mais de multidão do que fazer show para poucas pessoas. Já estou na fase de achar bacana”, afirmou o músico de 22 anos.

Com o aumento do público e o reconhecimento, veio o assédio das fãs. Israel não se diz deslumbrado com a fama e ensina como agir diante dos olhares femininos: “Não pode ser galinha, mas tem que pegar, ficar, porque estou solteiro”.

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 2 de julho de 2012 DVD, Gravações, Música | 12:15

Garota invade palco e Gusttavo Lima “tropeça” na letra durante gravação do Villa Mix

Compartilhe: Twitter

Gusttavo Lima se apresenta no Villa Mix (Foto: Claudio Augusto)

Picture 1 of 30

Gusttavo Lima se apresenta no Villa Mix (Foto: Claudio Augusto)

Neste domingo (01), Goiânia recebeu a segunda edição do Villa Mix, evento que reuniu as duplas Jorge e Mateus e Humberto e Ronaldo e as artistas Gusttavo Lima e Israel Novaes, todos do escritório AudioMix. Os sertanejos iniciaram as apresentações no estacionamento do Serra Dourada às 16h40 e se revezaram no palco de 14 metros de altura e 25 metros de largura. Para que o público de milhares de pessoas pudesse acompanhar cada detalhe, foram montados dois telões de LED de 7X14 metros e dois de 10X8 metros.

Leia também: Jorge e Mateus anunciam data de gravação em Londres

O primeiro a cantar foi Israel, que fez sua estreia no projeto. “É uma responsabilidade grande. Estou do lado de pessoas que são muito grandes. Então a gente tem que representar”, afirmou o cantor de “Vem em Mim Dodge Ram”. Em seguida foi a vez de Gusttavo Lima subir ao palco. O músico recebeu como convidados especiais a cantora Alinne Rosa e a dupla William e Marcelo, irmãos de Gusttavo.

A cada passo que o cantor dava no espaço e se aproximava dos fãs, recebia presentes como cartas, doces e bichos de pelúcia. Talvez o excesso de mimos tenha distraído o cantor, que falhou durante “Balada”, seu maior sucesso. Gusttavo puxou o verso “se você me olhar” enquanto a música ainda pedia o refrão “gata, me liga, mais tarte tem balada”.

Gusttavo não foi o único a ser presenteado no palco. O mesmo aconteceu com Jorge e Mateus. Enquanto cantavam suas canções – incluindo as inéditas gravadas em Florianópolis em março de 2012 –, fãs jogavam diversos objetos para os músicos. Flores, doces e até um RG e um sutiã foram parar nas mãos de Jorge. Uma das fãs chegou a invadir o palco, assustando a dupla e a plateia da área vip, já que a garota não se preocupou com o curto vestido e deixou o bumbum à mostra na hora de subir ao local e abraçar os fãs. Jorge e Mateus tocaram pouco mais de uma hora, intercalando sucessos e lançamentos.

Nos bastidores, Jorge falou sobre a alegria de reunir os amigos em um projeto como este. “É muita gente, muitos amigos, uma festa muito bonita, onde a gente pode receber fãs, imprensa, contratantes e fazer uma grande confraternização de nosso grupinho”, declarou o sertanejo. Mateus falou sobre o crescimento do evento, que está em sua segunda edição, e promete se repetir pelos próximos anos. “A evolução do primeiro para o segundo foi extremamente notável, tanto na estrutura quanto no público também. No ano passado, a gente teve muita gente aqui, muitas atrações legais, uma estrutura muito bacana. Só que este ano, com certeza, deu um upgrade muito grande e tem tudo para ter a terceira, a quarta edição”.

Os últimos a subirem ao palco foram Humberto e Ronaldo, pouco depois das 22h. A dupla também esteve no primeiro ano do projeto. Assim como em 2011, a gravação foi toda gravada e ganhará a forma de um DVD.

Autor: Tags: , , , , , ,