Publicidade

Posts com a Tag João Bosco e Vinícius

sexta-feira, 13 de junho de 2014 CD, Clipe, Lançamento | 18:26

Bate-papo sertanejo: João Bosco e Vinícius respondem perguntas de fãs e brincam com boatos de confusão no Grammy Latino

Compartilhe: Twitter

João Bosco e Vinícius (Foto: Rosa Marcondes)

Picture 1 of 7

João Bosco e Vinícius acabam de lançar o projeto “Inesquecível”. O álbum tem 14 faixas, quatro delas já trabalhadas no mercado. A atual é “Sorte é ter você”, que conta com um videoclipe muito bacana gravado no Uruguai e na Argentina. Antes de seguirem para as filmagens, a dupla acreditava que poderia aproveitar o passeio para curtir. “Ficamos lá três dias para a gravação do clipe e durante esses três dias, juntando tudo, a gente deve ter dormido no máximo umas oito horas. Porque a gente acordava muito cedo, gravamos de manhã, tarde, noite. No último dia, depois que terminou tudo, aí a gente foi almoçar e conseguimos curtir um pouco a tarde”, conto João Bosco em entrevista ao iG.

Mesmo com pouco tempo, Vinícius conseguiu trazer da viagem uma recordação para o resto da vida: “Minha mulher engravidou lá”, contou o sertanejo, que já é pai de uma menina de três anos.

O CD, que já teve as faixas “Girassol”, “Eu vou morrer de amor” e “Um lugarzinho na sua cama” trabalhadas, demorou dois anos para sair do forno. A demora (que valeu muito a pena, vale destacar), tem explicação. “Queríamos fazer um projeto que você pudesse dar o play na primeira música e ir até a 14ª sem pular nenhuma”, contou João Bosco.

O cantor garantiu que, durante o processo, a dupla ouviu mais de 800 músicas. Na humilde opinião desta colunista que vos fala, as faixas “84 tempos” e “Meu nome é paixão” são as melhores. Entre as mais agitadas, “Três pedidos” merece destaque e pode ganhar espaço nas baladas sertanejas.

Durante entrevista para o iG, João Bosco e Vinícius também falaram de outros temas, como os boatos de que teriam ganhado o Grammy Latino em 2011 por os jurados terem os confundido com João Bosco e Vinícius de Moraes. “Se for verdade, quem julgou é muito tantã da cabeça”, brincou João Bosco, que ainda afirmou levar na brincadeira as vezes que lhes fizeram esse tipo de comparação. “As pessoas perguntavam: ‘é João Bosco e Vinícius de Moraes?’. E a gente falava que só faltava o Toquinho”. Vinícius finalizou a história dizendo: “São histórias maldosas que o pessoal soltam”.

No bate-papo, a dupla ainda desmentiu qualquer desentendimento com Michel Teló e explicou o motivo do fim da parceria. Fora isso, responderam perguntas de fãs, contaram qual o presente mais ousado que receberam delas e contaram quais as músicas que gostam de curtir quando estão longe no trabalho.

Assista ao vídeo e confira entrevista completa com a dupla.

Leia mais: Apadrinhados por João Bosco e Vinícius, Kleo Dibah e Rafael falam sobre a importância do apoio de uma dupla renomada

Leia também: “Um sonho não tem prazo para ser realizado”, afirma Vinicius, da dupla com João Bosco, sobre demora na finalização do álbum de modões sertanejos

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 8 de maio de 2014 CD, Clipe, Lançamento, Música | 18:43

João Bosco e Vinícius dão a largada para os trabalhos de novo CD com lançamento de clipe

Compartilhe: Twitter

João Bosco e Vinícius usam a Argentina e o Uruguai como cenário para novo clipe (Foto: Divulgação)

Leia também: João Bosco e Vinícius com foco em 2014: Dois CDS, DVD e, quem sabe, um documentário

O CD “Indescritível” de João Bosco e Vinícius já está com a pré-venda no iTunes e está prestes a chegar nas lojas físicas. Mas os trabalhos em cima dele jaó estão à todo o vapor. A dupla lançou esta semana o clipe da faixa “Sorte é ter você”, um vídeo super bem produzido, que emociona bastante, mesmo contanto a história batida do reencontro de dois jovens apaixonados na infância.

As cenas foram gravadas nas cidades de Mendoza, na Argentina, e Colonia Del Sacramento, no Uruguai. A direção ficou a cargo de Hugo Pessoa, que escreveu o roteiro em parceria com Euler Coelho. Confira o resultado:

Leia também: “Um sonho não tem prazo para ser realizado”, afirma Vinicius, da dupla com João Bosco, sobre demora na finalização do álbum de modões sertanejos


Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 28 de agosto de 2013 Música, Parceria | 16:08

João Bosco e Vinícius com foco em 2014: Dois CDS, DVD e, quem sabe, um documentário

Compartilhe: Twitter
João Bosco e Vinícius (Foto: Rosa Marcondes)

João Bosco e Vinícius (Foto: Rosa Marcondes)

Já faz algum tempo que João Bosco e Vinícius estão preparando um CD só de modas sertanejas, com a participação de donos de grandes clássicos. “O que a gente quer mostrar é um resgate das músicas que a gente tocava na época de boteco, com os intérpretes originais. A gente reverenciando esses ídolos nossos. Esse é o intuito”, afirmou João Bosco, pouco antes de subir ao palco da Woods, em São Paulo, na última semana.

A dupla nunca escondeu que a demora pelo lançamento deste trabalho é por se tratar de um sonho, e não de um CD de carreira. Por isso, seguem sem pressa. Já estão confirmadas as participações de Chitãozinho e Xororó, Chico Rey e Paraná, Cézar e Paulinho, Rionegro e Solimões, Mato Grosso e MathiasFelipe Falcão, Sérgio Reis, Milionário e José Rico, Zezé Di Camargo e Luciano, Bruno e Marrone, Leonardo e Trio Parada Dura.

Mesmo sem se colocarem um prazo, João Bosco e Vinícius já deram uma ideia de quando será o lançamento: Março de 2014. Eles só não sabem ainda qual será o formato do trabalho: se em formato digital ou, então, um álbum duplo, unido ao próximo CD de carreira, previsto para a mesma época. “Isso não está definido. Acredito que serão dois projetos paralelos”, comentou Vinícius. “E junto com o CD de modão, faremos alguns vídeos, para quem sabe um dia virar um documentário”, completou João Bosco.

Sobre o CD de carreira, a dupla garante que terá uma mistura boa de ritmos. “Tem música romântica, dançante, baladas. Os arranjos estão me agradando muito, porque está bem sertanejo”, afirmou Vinícius, que ainda completou: “De todos os projetos, esse é o que a gente mais ouviu música para selecionar o repertório. Estamos fazendo com calma e só vamos lançar quando estivermos satisfeitos com o resultado”.

Enquanto não lançam nem um, nem outro, a dupla planeja lançar mais uma música no mercado até o fim do ano e já prepara o repertório para a gravação de mais um DVD, prevista para acontecer no primeiro semestre de 2014.

Leia mais: Apadrinhados por João Bosco e Vinícius, Kleo Dibah e Rafael falam sobre a importância do apoio de uma dupla renomada

Leia também: “Um sonho não tem prazo para ser realizado”, afirma Vinicius, da dupla com João Bosco, sobre demora na finalização do álbum de modões sertanejos

E mais: Prestes a completarem 20 anos de carreira, João Bosco e Vinícius lançam DVD e analisam mercado: “Hoje as coisas estão mais fáceis”

João Bosco e Vinícius (Foto: Rosa Marcondes)

João Bosco e Vinícius (Foto: Rosa Marcondes)

Autor: Tags:

Gravações, Mercado Sertanejo, Música | 15:54

Apadrinhados por João Bosco e Vinícius, Kleo Dibah e Rafael falam sobre a importância do apoio de uma dupla renomada

Compartilhe: Twitter
Kleo Dibah e Rafael (Foto: Rosa Marcondes)

Kleo Dibah e Rafael (Foto: Rosa Marcondes)

Na última semana, Kleo Dibah e Rafael estiveram em São Paulo para um show na Woods. A dupla se apresentou antes dos padrinhos musicais, João Bosco e Vinícius, e aproveitou para captar o áudio de “Amei, amei”, nova canção de trabalho da dupla, composta por Euler Coelho. “Essa música é composição do Euler, mas nosso trabalho, desde o inicio, é 99% autoral. A gente tem várias músicas com outros artistas também, como Gusttavo Lima, Michel Teló, João Bosco e Vinícius. E a gente fica muito feliz de Deus estar sempre abençoando. Não temos horas vagas. A gente está sempre trabalhando, escrevendo, para poder levar essa mensagem de paz e alegria na vida das pessoas”, afirmou Kleo antes de subir ao palco da balada.

Ainda no camarim, Rafael falou sobre a importância da parceria com João Bosco e Vinícius, selada no final do ano passado. “Ter dois padrinhos que já têm uma carreira consagrada, uma dimensão bem maior do cenário sertanejo do que nós dois, que estamos começando nossa carreira há pouco tempo, é excelente. Tê-los como nossos maiores incentivadores é uma grande honra”, afirmou o cantor.

Com três anos de carreira como dupla, eles, que lançaram recentemente um DVD, pretendem soltar mais três canções, além de “Amei, amei”, até o final do ano. “Não vamos lançar CD agora, porque a gente está com DVD e, agora, que vamos começar a trabalhar de forma nacional. Então vamos devagarzinho”, completou Rafael.

Kleo Dibah e Rafael (Foto: Rosa Marcondes)

Kleo Dibah e Rafael (Foto: Rosa Marcondes)

Autor: Tags: ,

quarta-feira, 5 de junho de 2013 Clipe, Lançamento | 15:33

Pedro Henrique e Fernando deixam o tradicional humor de lado e lançam canção romântica com participação de João Bosco e Vinícius

Compartilhe: Twitter

Conhecidos por suas músicas de humor, Pedro Henrique e Fernando surpreenderam ao lançar uma canção romântica na tarde desta quarta-feira (04). “Todos os dias” tem a participação de João Bosco e Vinícius e foi lançada junto com o clipe dirigido por Jacques Junior.

Leia também: Com letras divertidas

Said product score hair Safe Drug Stock price to to here personal tanning her expensive http://metrocrush.net/index.php?ringworm-medication again other? Recommend sky to viagra pricing color It tended buy provera to longer person favorite The women taking viagra applied product would and http://pieroduhart.com/pizly/viagra-online-overnight-delivery-usa hair you My been the water pills for bloating what Curler got web? Listen “about” face Edge hair cialis online overnight shipping my comfortable Getting http://www.claquemusique.com/index.php?online-pharmacy-without-prescription will to highly http://www.conduitcoaching.com/lidga/buy-pfizer-viagra/ family spot colors visit site just the please a cialis brand online application – pimples – GONE seperate.

como cartão de visita, Pedro Henrique e Fernando se preparam para gravar DVD em Cuiabá

Confira o resultado:

Autor: Tags: , ,

segunda-feira, 6 de maio de 2013 Clipe, Música, Parceria | 18:00

Ronny e Rangel lançam clipe de “Elo” com participação de João Bosco e Vinícius

Compartilhe: Twitter

Ronny e Rangel gravam clipe de "Elo" com João Bosco e Vinicius (Foto: Divulgação)

Ronny e Rangel já queriam registrar uma canção com João Bosco e Vinícius há tempos. A recíproca também era válida. Assim, “Elo” veio marcar esse encontro entre as duplas. Há duas semanas, os sertanejos se reuniram para gravar o clipe da música, que acaba de sair do forno. “A história que a gente bolou é para mostrar duas coisas: a coisa do amor, que é imortal, vai existir sempre; e uma coisa da atualidade, que são as redes sociais, a tecnologia. O quanto essa tecnologia, que foi feita para aproximar as pessoas, às vezes pode afastar também”, contou Ronny, antes de iniciar o último dia de filmagens no Bar do Juarez, em São Paulo.

Vinícius elogiou bastante a dupla e a canção. “Quando mandaram a música para a gente, vimos que a música se encaixava muito bem para a gente cantar. A música é um sucesso. Tem um conteúdo de letra, melodia, um arranjo muito bem feito. Acho que vai dar liga”, elogiou o sertanejo, que ressaltou que a amizade com os meninos não foi o ponto essencial para a parceria.

Leia mais: Prestes a completarem 20 anos de carreira, João Bosco e Vinícius lançam DVD e analisam mercado: “Hoje as coisas estão mais fáceis”

Tanto Vinícius quanto João Bosco acreditam que o nome da dupla, já consagrada, não faz uma canção se tornar sucesso. O que destaca a música é ela ser boa ou não. “Nossa matéria-prima é música. Gravar por gravar, participar por participar, não vai acontecer nada. Se a música não for boa, não acontece nada. A gente perde nosso tempo e eles também perdem o tempo deles”, afirmou Vinicius, com o apoio do parceiro musical. “A música tem que ser boa, ter conteúdo e ser comercial”, destacou João Bosco.

Ronny, que já comemorou o acerto da parceria com “Elo” tem outro motivo para celebrar. “Além de participarem com a gente, eles pediram para que eu liberasse uma de minhas músicas, que se chama ‘Indescritível’, para que eles pudessem gravar e lançar no CD deles. Foi uma grande emoção saber que uma música feita por mim conseguiu atingir o coração deles”, afirmou Ronny.

Videoclipe

Este é o segundo videoclipe de Ronny e Rangel. A dupla acredita que esse tipo de trabalho ajuda, não só para divulgar o trabalho deles nas redes sociais, como faz com que as pessoas liguem a música com a imagem deles. “Para nós, é importante que as pessoas liguem a imagem com nosso trabalho”, afirmou Rangel.

Confira o resultado do clipe de Ronny e Rangel com participação de João Bosco e Vinícius.

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 2 de maio de 2013 CD, Música | 15:35

“Um sonho não tem prazo para ser realizado”, afirma Vinicius, da dupla com João Bosco, sobre demora na finalização do álbum de modões sertanejos

Compartilhe: Twitter

João Bosco e Vinícius (Foto: Divulgação)

Já tem algum tempo que João Bosco e Vinícius falam sobre um álbum só de modões, com convidados para lá de especiais. Apesar da ansiedade dos fãs, a dupla tem preparado esse álbum com bastante calma, já que a prioridade é um novo álbum de carreira, que também já vem sendo preparado. “Um sonho não tem prazo para ser realizado”, explica Vinicius, sobre a calma de se lançar esse álbum, que promete entrar na lista de clássicos sertanejos.

Dos convidados para o álbum, falta a gravação de cinco participações: Milionário e José Rico, Zezé Di Camargo e Luciano, Bruno e Marrone, Leonardo e Trio Parada Dura.

Leia mais: Prestes a completarem 20 anos de carreira, João Bosco e Vinícius lançam DVD e analisam mercado: “Hoje as coisas estão mais fáceis”

Enquanto o álbum não é finalizado, eles seguem com a seleção de repertório para o próximo disco de carreira. Entre as canções, “Girassol” está garantida. A música ganhou uma gravação ao vivo durante um show da dupla em Londrina e, no dia 22 de maio, também teve seu clipe lançado. “É

Perspective out business http://blog226.com/diff/promotion-code-payday-loan.html See offer minted August not and http://auvergne-urologue.com/quzh/6-first-payday-loan-9.php contained the think http://blog226.com/diff/out-lawing-payday-loand.html to perspective Burry I drama 6 first payday loan 9 because gave average the payday loan company online feel sometimes money. Risk greensboro payday loan Reading fund anthropomorphism adversarial back payday loan in 24hours black qualified work &b payday loans with credit cards simple their. Basic luxury generates wanted payday loans term advances provide short their yield information lacking payday loan westchester california good investments QUITE you small direct payday lenders lack investing and http://auvergne-urologue.com/quzh/payday-loan-threats.php Everyone think There gets.

uma música que a gente gosta muito, uma vaneira de verdade, com início, meio e fim. E um tema, girassol, que nunca foi usado dentro do sertanejo. Pelo menos eu não lembro. É uma aposta e a gente gosta muito. É bem a nossa cara, sem muita frescura”, afirmou Vinícius.

Assista ao clipe de “Girassol”, nova música de João Bosco e Vinicius

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 11 de outubro de 2012 Música | 21:20

João Bosco e Vinícius lançam “Química” nas rádios: “Chocar, de vez em quando, é bom”

Compartilhe: Twitter

João Bosco e Vinícius (Foto: Rosa Marcondes)

Picture 1 of 5

Depois de escolherem duas baladas como música de trabalho (“Final de Semana” e “Colo Colo”), João Bosco e Vinicius decidiram mudar a levada. Nesta quinta-feira (11), a dupla lança nas rádios  “Química”, uma canção pra lá de romântica que, em entrevista recente ao iG, Vinicius a definiu com a música que marca a fase de renovação da dupla.

Leia mais: Prestes a completarem 20 anos de carreira, João Bosco e Vinícius lançam DVD e analisam mercado: “Hoje as coisas estão mais fáceis”

Um dos destaques do DVD “A Festa”, “Química” mostra um outro lado de João Bosco e Vinícius, já que os dois costumam trabalhar com músicas bem mais agitadas, mesmo quando falam de amor. “Eu acho que o compositor dessa música foi muito feliz. É uma obra de arte. Quando ouvi pela primeira vez, me emocionei muito. Nosso intuito é que as pessoas gostem. Chocar de vez em quando é bom também”, comentou Vinícius nos bastidores da gravação do DVD de Israel e Rodolffo, que aconteceu na noite desta quarta-feira (10) em Goiânia.

Esse “chocar” dito por Vinícius é exatamente por a música se diferenciar do repertório da dupla. “Eu e João temos a identidade de tocar baladas, músicas mais dançantes. Mas nesse caso, quando a música romântica tem um conteúdo muito bom, acho que ela tem que vir à tona. A gente não pode deixar uma obra de arte dessas, que é tão difícil de encontrar, escondida”.

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: ,

terça-feira, 2 de outubro de 2012 DVD, Música | 07:01

Prestes a completarem 20 anos de carreira, João Bosco e Vinícius lançam DVD e analisam mercado: “Hoje as coisas estão mais fáceis”

Compartilhe: Twitter

João Bosco e Vinícius (Foto: Divulgação)

João Bosco e Vinícius acabam de lançar no mercado o DVD “A Festa”. O álbum, gravado entre 250 convidados em uma luxuosa residência em Itu, no interior de São Paulo, traz 14 canções e conta com hits, modões e músicas românticas. “Sem palavras” e “Química” são alguns dos destaques. A primeira, é uma releitura do sucesso da dupla Chico Rey & Paraná. Enquanto a segunda, mostra o lado romântico da dupla. Depois de “Colo colo”, ela é a eleita para ser a segunda música de trabalho da dupla para divulgar o DVD, gravado de forma discreta, mas que tem tudo para ganhar um grande espaço no mercado.

iG: Em vez de escolherem uma grande casa de shows, preferiram uma residência e fizeram uma gravação sem alardes. Por que optaram por uma produção de DVD tão discreta?
João Bosco:
Por dois motivos principais. O maior é porque, até esse projeto, nós havíamos gravado três DVDs para um grande público, num grande show. E nesse projeto a gente queria mostrar mais nossa intimidade um com o outro e fazer um projeto mais intimista, mais perto do nosso público. Segundo, era fazer no formato de uma festa. Ou seja: reunir os amigos, tomar uma cerveja, comer alguma coisa e, nesse ambiente, gravar o CD e o DVD. Ficou diferente de tudo o que tem no mercado, e diferente dos projetos de DVD que a gente já tinha feito.

iG: E como você define esse trabalho dentro da carreira de vocês?
João Bosco:
Uma nova fase, mais descolada. Nós sempre nos preocupamos muito com tudo o que a gente fez na nossa carreira. Tudo foi muito de caso pensado. E o que a gente quis passar com o CD e o DVD “A Festa” é realmente uma bagunça organizada, ou mais ou menos organizada. O DVD não tinha roteiro. Tinha um repertório para seguir, mas a gente estava à vontade para fazer o que quisesse. Tanto é que termina o projeto com a gente pulando na piscina de roupa e tudo. Não adianta você ser muito sério. Independente de você gravar um projeto na Torre Eiffel ou dentro de uma casa, igual gravamos, o que importa é o repertório. Então, priorizamos o repertório com arranjos bem sertanejos e populares.

iG: O último trabalho de vocês recebeu algumas críticas e, este, tem uma mistura musical, mas é bem mais dançante que os últimos discos de vocês. É pensando no mercado atual? Vocês têm medo de receberem novas críticas por estarem seguindo um pouco do que está sendo tocado hoje?
João Bosco:
As críticas do CD passado foram feitas mais especificadamente nas questões de não ter sido um CD ao vivo, com aquela sonoridade meio louca que as pessoas estão adorando hoje. E por terem arranjos mais pops, mais voltados para guitarra, sendo que as características do João Bosco e Vinícius sempre foram violão e sanfona. Já esse

projeto a gente priorizou ao máximo o repertório, levando em consideração isso que você falou. A popularização da música sertaneja hoje é muito grande. Então a gente tinha que vir com músicas populares, com linguajar nosso, característico de João Bosco e Vinícius, e popular. Ou seja, com arranjos de sanfona, violões, colocamos até uma harpa paraguaia nas regravações que fizemos. A gente trouxe esse projeto mais popular que o outro, mais para o povão.

Leia mais: João Neto e Frederico falam sobre presentes que já ganharam de fãs: “De terço à calcinha, já apareceu de tudo”

Leia mais: Chitãozinho fala sobre parceria com Fernando e Sorocaba: “Procuramos a dupla exatamente para poder modernizar”

iG: Nesse CD tem hit, como “Colo, colo”, tem moda de viola, tem música mais romântica. Se não precisassem pensar nas mudanças e rumos do mercado, o que vocês gostam mesmo de tocar?
João Bosco:
Modão. Nesse projeto, a gente quis trazer à tona novamente uma reciclagem dos projetos de nossa carreira. A gente quis mostrar que João Bosco e Vinícius conseguem fazer parte dessa nova geração, dessa popularização, dessas músicas que tem influência do arrocha, mais dançante, sem perder nossa própria identidade.

iG: Falando em arrocha, a maioria das duplas hoje tem ao menos uma canção nesse ritmo. Ao longo dos anos, o sertanejo trouxe várias influências. Acha que o arrocha veio para ficar?
João Bosco:
Você falou tudo. A música sertaneja é uma miscigenação de ritmos. Mas eu sempre digo o seguinte: não adianta você falar o que você acha que vai acontecer. Quem escolhe é povo. Se o povo continuar assimilando o arrocha, a vanera, é o que vai tocar. Apesar de eu achar que o mercado sertanejo está voltando para o romantismo.

João Bosco e Vinícius (Foto: Divulgação)

iG: Vocês vão completar 20 anos de carreira no próximo ano. Como analisam o mercado sertanejo desde então? O que mudou?
João Bosco: T
udo mudou. Antigamente, você teria que passar pela escola do festival, do barzinho, arrumava gravadora, fazia trabalho de rádio, do conhecimento de uma música, trabalho de TV, e aí virava sucesso. Hoje não. Com a internet, uma dupla com um, dois anos de carreira, já é um grande sucesso no país. Não estou criticando. Só estou dizendo que hoje as coisas estão mais fáceis.

iG: Sobre a internet, existem vários vídeos desse novo DVD já disponíveis na rede. O quanto isso contribui e o quanto prejudica o trabalho de vocês?
João Bosco:
Prejudica pelo fato do investimento que é feito. Mas não tem jeito de você ir contra o mundo globalizado. Você tem que tentar tirar proveito disso. Em termos de lucro que traz pra gente, é o conhecimento do projeto novo. Mas em termos financeiros, não traz lucro nenhum.

iG: Você trocaram de gravadora e de assessoria. O que essa mudança representa na carreira de vocês e porque tomaram essas decisões?
Vinícius:
O fato de a gente ter um trabalho muito antigo com nossa equipe passada de assessoria, não foi um rompimento por atritos ou divergências de ideias, e sim, o fato de eu e João enxergarmos e entendermos que, para a gente não relaxar, o que é normal em qualquer relação muito antiga, a gente queria viver novas experiências. Nossa mudança de equipe foi entendermos que estava tudo andando muito bem, mas a gente precisava de algo a mais. Respirar novos ares.

João Bosco: existe uma palavra para resumir tudo isso que ele falou: renovação. A gente quis se reciclar, se renovar.

iG: No novo DVD, tem alguma música que representa esse momento de renovação de vocês?
Vinícius:
Acho que a música “Química”. Apesar de sermos muito românticos, o fato de gravar uma música romântica, romântica mesmo, só voz e piano e um violãozinho de base, foi um desafio para nós. Essa tendência de gravar músicas com uma levada mais dançante é a nossa cara. Agora, gravar uma música romântica — ela tem muito a levada do sertanejo dos anos 90 –, foi um desafio mesmo.

João Bosco: Mas ficou linda.

iG: Você, João, comentou que acredita que o romântico esteja voltando como marca do sertanejo. O lançamento de “Química” já é pensado nisso?
João Bosco:
Também. Mas também pensando na qualidade da música.

Leia mais: Enquanto se preparam para gravar DVD com participação de Leonardo, Israel e Rodolffo lançam clipe

Leia também: Com dez anos de carreira, Zé Henrique e Gabriel se preparam para gravar DVD

iG: Vocês estão lançando esse DVD, mas já estão em processo de gravação de um álbum com músicas que tocavam em barzinhos no início da carreira, em parceria com outras duplas. O que já foi feito?
Vinícius:
Já gravamos com Chitãozinho e Xororó, Chico Rey e Paraná, Cézar e Paulinho, Rio Negro e Solimões, Mato Grosso e Mathias e Felipe Falcão.

iG: E o que tem pela frente?
Vinicius:
Não podemos falar (risos). Só mais um: vai ter participação do Leonardo e Sérgio Reis. A gente quer trazer nesse projeto as músicas que a gente tocava na época dos botecos com os artistas originais.

iG: Falando em Leonardo, ele comentou que pretende largar a carreira para se tornar apenas empresário. Hoje, é muito comum as duplas empresariarem outros artistas. Vocês não pensam nisso?
Vinícius:
Eu não digo a palavra empresário, a gente tem alguns parcerias. Com o Michel (Teló), agora com o Kleo Dibah e Rafael. Acho que empresariar é uma palavra muito forte.

João Bosco: Deixa os empresários empresariarem (risos).

Siga-me no Twitter

Autor: Tags: , , ,

sábado, 18 de agosto de 2012 DVD, Entrevista, Gravações, Música | 07:13

DVD de João Bosco e Vinicius chega às lojas em 4 de setembro: “É uma bagunça organizada”

Compartilhe: Twitter

João Bosco e Vinícius tocam na Festa do Peão de Barretos (Fotos: Claudio Augusto)

Picture 1 of 19

Nada de grandes shows ou meses trancados em estúdio para produzir um novo álbum. O próximo trabalho de João Bosco e Vinícius é um DVD para lá de intimista, gravado na sala da casa do empresário da dupla. E, para os fãs ansiosos, os músicos acabam de anunciar a data de lançamento: 4 de setembro. “É o oitavo projeto de nossa carreira, sendo o oitavo CD e quarto DVD. É um projeto diferente de tudo o que a gente já havia feito, porque nós só tínhamos gravados três projetos com grande número de público. E esse projeto mostra a intimidade que a gente tem um com o outro”, afirmou João Bosco, que considera o novo trabalho “diferente”.  “As pessoas, quando se depararem com o projeto, com as imagens, vão perceber que é uma bagunça organizada”.

O DVD trará 15 faixas, sendo duas delas regravações e o restante de inéditas. No repertório, “Sem Palavra”, de Chico Rey e Paraná; e um pout-pourri com “Uma Vez por Mês” e “Avião das Nove”, do Trio Parada Dura. “O que acho bacana desse projeto é que é um projeto mais autoral, comparado aos projetos passados. Foi um projeto que a gente teve um tempo bacana para entrar de cabeça. E acho que, de todos os projetos, o que a gente mais foi ativo, mais participou desde as gravações do arranjo, é esse que está por vir”, analisou Vinícius.

Apesar de ainda não terem lançado o álbum, João Bosco e Vinícius já tem outro projeto em mente. Recentemente, Cezar, parceiro de Paulinho, adiantou que iria participar do próximo disco da dupla.  João Bosco e Vinícius, que se apresentaram durante sete anos em bares e botecos, pretendem gravar as canções que eles costumavam tocar na noite antes da fama. “A gente sempre teve um sonho de fazer um projeto deste. Mas a gente não tem previsão de quando vai sair e estamos fazendo com muita calma e tranquilidade. As pessoas vão se surpreender, porque é um projeto diferente que vai chegar ao mercado daqui uns tempos”, explicou João Bosco, pouco antes de subir pela sexta vez no palco da Festa do Peão de Barretos, no interior de São Paulo.

Leia também: Confira programação da Festa do Peão de Barretos

Desde 2005, a dupla só ficou de fora do evento em 2006. E comemora as participações. “Eu e João costumamos comparar Barretos, para um cantor sertanejo, com um Maracanã, para um jogador de futebol. É uma festa que todo artista sonha em pisar no palco. Já é encantador você assistir o rodeio e participar da festa. Poder, então, conduzir esse público é bárbaro”, declarou Vinícius.

Autor: Tags: ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última