Publicidade

Posts com a Tag Sorocaba

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014 Inauguração, Mercado Sertanejo | 21:10

Casa sertaneja em São Paulo inova e ganha aplicativo para paquera entre frequentadores

Compartilhe: Twitter

Jonatas e Maurício tocaram na reinauguração da Woods SP (Foto: Bruno Francco)

Picture 1 of 7

Jonatas e Maurício tocaram na reinauguração da Woods SP (Foto: Bruno Francco)

Embora a Woods São Paulo seja chamada frequentemente como “a casa do Sorocaba”, a balada tem outros três sócios, para lá de dedicados. Dois deles, Rafael Setrak e Ipe Scarpa — a sociedade ainda conta com Duda Cunha–, abriram as portas da casa nesta quarta-feira (19) para anunciar as novidades em sua reinauguração em uma noite só para convidados.

Logo de cara, dá para ver que a casa está mais luxuosa, com grandes lustres na entrada e com uma escadaria mais chamativa. A mudança, além de trazer beleza, imprime mais segurança para o baladeiro que precisa deixar o local após descer diversos degraus e que, por muitas vezes, já está alcoolizado. Na escadaria antiga, os degraus eram mais altos, um desafio também para as mulheres de salto. Ou seja, todas, já que a casa não permite a entrada das frequentadoras de rasteirinha. Setrak explica que a proibição é por segurança, já que copos e taças de vidros podem cair, gerando incidentes com os pés mais próximos ao chão.

Segurança

A casa ganhou também outros pontos que melhoram a segurança, como mais uma saída de emergência. A alteração ajudou a facilitar a vazão das pessoas, aumentando a capacidade de 1448 para 2100 pessoas. Apesar disso, a lotação da casa continua sendo 1104.

Destaque como casa modelo de segurança, após o trágico incêndio da Boate Kiss, em Santa Maria, no início de 2013, a casa nem precisava de tais mudanças. Mas os sócios “CDFs”, como eles mesmos se identificaram, fizeram um estudo com o público através das redes sociais para saber em que estavam pecando ou acertando.

Outras mudanças

A balada ainda ganhou mais funcionários para atender os clientes nos camarotes. Fora isso, o palco agora é retrátil. Para os dias com a casa mais vazia ou com bandas com mais músicos, ele pode chegar até a metade da pista. Fora isso, o conforto para a galera que curte a festa no piso inferior também aumentou. Foram inseridas algumas poltronas para quem cansar do salto ou quiser sentar para uma conversa.

Investimento em tecnologia

Além das reformas, a casa receberá apoio tecnológico. A primeira iniciativa é fazer venda online de ingressos, evitando assim, a famosa fila na porta ou a resposta de casa cheia, deixando os baladeiros que ficam de fora para lá de frustrados e irritados com as hostess (fato, antes, bem comum entre os frequentadores). O serviço já está habilitado no site da casa e no ingresse.com.br.

A segunda é para aqueles que pretendem flertar com outros frequentadores da casa. A Woods vai disponibilizar o Match Chat, uma espécie de Tinder que, segundo Setrak, vai ajudar nas paqueras e novas amizades entre a turma que está na casa sertaneja. A rede wi-fi, que já era aberta ao público, vai facilitar o acesso ao App. “O aplicativo já está pronto, estamos apenas esperando a autorização do Facebook para utilização da plataforma de informações dos usuários e a publicação no Google Play e Apple Store”, explicou Setrak, sem precisar a data exata para o início do serviço.

Crescimento da rede

A Woods, que já tem 13 unidades pelo Brasil (além de uma sazonal, no Guarujá), vai ganhar mais duas franquias ainda este ano. Uma em Brasília, outra em Cuiabá. Todas com o mesmo conceito de sertanejo para a classe A.

Maria Cecília e Rodolfo

Para marcar a estreia de grandes shows da casa, a Woods convidou Maria Cecília e Rodolfo. A dupla se apresenta nesta quarta-feira (26). Vale lembrar que, até o final de 2013, a dupla fazia parte do escritório da AudioMix, o que praticamente impedia os artistas de participar de alguma festa na no local, já que São Paulo também conta com o Villa Mix, casa noturna do escritório e grande concorrente da Woods.

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014 CD, Clipe, Música, Parceria | 19:52

Matheus Meira, aposta de Fernando Zor, lança clip de ThunderCats

Compartilhe: Twitter
Fernando Zor e Matheus Meira (Foto: Divulgação)

Fernando Zor e Matheus Meira (Foto: Divulgação)

Aposta de Fernando Zor, parceiro musical de Sorocaba, Matheus Meira acaba de lançar o clipe de ThunderCats. A música é umas das treze faixas do álbum “Veneno e mel”, produzido por Fernando. “Decidi fazer um CD mais ousado, com alguns arroxas misturados com eletrônico. Com o andar do trabalho, nasceu uma grande amizade entre nós. É um começo, sei que o Matheus está no caminho certo. Estarei sempre por perto para ajudá-lo. Sua primeira conquista é a concretização deste álbum”, afirmou o sertanejo, que usou a rede social para anunciar o lançamento do vídeo. “A música é superengraçada, o clipe tá demais. Vale a pena conferir”, escreveu.

Leia também: Fernando Zor aposta em Matheus Meira e produz primeiro CD do cantor

Fernando e Matheus iniciaram a parceria há quase um ano. Desde então, os dois estão produzindo o álbum, que conta com composições de Caco Nogueira, Thiago Servo e Paula Mattos, e é produzido e mixado no FS Estúdio. “Veneno e Mel é um marco na minha carreira. É o início de uma estrada longa, cheia de muito trabalho. Cantar sempre foi a minha grande paixão. Estou feliz pelo momento que vivo e por Deus ter me dado a oportunidade de estar cercado de pessoas maravilhosas, que acreditaram e apostaram em mim”, afirma Matheus.

 

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 20 de agosto de 2013 Música, Parceria, Processo | 16:47

Anderson Ricardo fala sobre processo movido por Luan Santana e Sorocaba: “Não acho que foi traição. Mas ingratidão, talvez”

Compartilhe: Twitter

 

Anderson Ricardo, Luan Santana e Sorocaba: briga na justiça (Fotos: Divulgação/Rosa Marcondes/Foto Rio News)

Anderson Ricardo, Luan Santana e Sorocaba: briga na justiça (Fotos: Divulgação/Rosa Marcondes/Foto Rio News)

Na última sexta-feira (16), aconteceu, em Londrina, uma audiência para tentativa de reconciliação entre Anderson Ricardo, Luan Santana, Sorocaba e as empresas LS Music e LAS. O encontro não rendeu nenhum acordo entre as partes. “Não apareceu ninguém que entendesse do caso. Nem pai (do Luan, Amarildo Santana), nem Luan nem Sorocaba. Só um advogado que eu não conhecia”, informou Anderson, em conversa com o iG.

Como já foi noticiado aqui no iG, Luan Santana, Sorocaba e as empresas LS Music e LAS movem uma ação contra Anderson, sócio-administrador da LS Music.  Sorocaba já falou sobre o assunto, e, agora, Anderson também decidiu explicar o caso. Em julho de 2013, ele recebeu uma notificação em sua casa avisando do processo. A ação corre em sigilo, por isso nenhum dos lados pode falar sobre a motivação. Com essas ressalvas, Anderson falou sobre alguns detalhes e afirmou que, atualmente, também move um processo contra o grupo. “Na verdade, só quero receber o que tenho direito e sair”, declarou o empresário, que tem contrato assinado com Luan até 2018.

“Desde dezembro, venho tentando vender minha parte. Devido a algumas coisas que aconteceram, interferências do pai de Luan… Começou a atrapalhar meu trabalho. Aí, apareceu a oportunidade da AR Live, que é uma empresa com braço em Los Angeles. Só que o contrato me proibia de pegar outro artista. Conversei com ele (Luan) e dei uma porcentagem dos artistas que ele quisesse apoiar, como Breno e Caio Cesar. Isso começou a gerar ciúmes do pai e algumas brigas”, explicou Anderson, que sentou para conversar com Luan. “Falei: ‘estamos há seis anos juntos, mas eu e seu pai não podemos ficar no mesmo ambiente”. Assim, Anderson colocou sua parte na empresa à venda, ou seja, seus 30%.

De acordo com Anderson, Sorocaba, que tem 20,5% da empresa, e Luan, que tem 49,5%, disseram que comprariam a parte do empresário e que ele não precisaria oferecer a terceiros. “Um dia após a gravação do DVD, em que trabalhei, recebi em casa o processo para que eu pagasse uma multa rescisória para sair. Me defendi, entrei com outro processo contra eles, onde requeiro meus direitos”, afirmou.

Traição?

Questionado se se sente traído por Luan, Anderson prefere não pontuar desta maneira. “Traído é uma palavra muito forte. Nem decepcionado. Acho que é uma ingratidão, de alguma forma. Não do Luan. Não sei de quem surgiu a ideia. Estávamos próximo de fechar o negócio e eles já estavam com processo na justiça. Acho que traição, não. Mas ingratidão, talvez”, afirmou ele, que garante seguir com a amizade com o cantor.

Anderson afirmou ainda que segue como sócio-administrador da LS Music, embora não esteja trabalhando mais diretamente com os sócios. “Eles saíram do prédio. Um dia cheguei aqui e tinham se mudado”, informou o empresário, que abriu seu escritório, a AR Live, no antigo prédio da LS Music.

AR Live

Breno e Caio César encabeçam os trabalhos nacionais da empresa, que vai investir na administração de carreiras, consultoria e eventos. Como a AR Live tem um braço internacional, eles já fecharam um acordo com a banda mexicana Maná. “Eles farão oito shows aqui no Brasil em fevereiro de 2013. E nos próximos dias, vamos divulgar os artistas nacionais que estarão com a gente. Já temos dois grandes praticamente fechados”, afirmou Anderson que, inicialmente, voltará seu trabalho ao mercado sertanejo, mas promete investir em outras vertentes. “Num primeiro momento, vamos para o sertanejo, porque é o que conheço, tenho um conhecimento maior. Mas contratamos uma pessoa que vai cuidar da área de pagode e, depois, funk. E teremos outra que ficará com artistas internacionais”.

Reconciliação

Marco Aurélio Ceranto foi o advogado que compareceu à audiência de tentativa de reconciliação por parte de Luan e Sorocaba, além das empresas que movem a ação contra Anderson. De acordo com a assessoria de Luan, “como se trata de uma questão que corre em segredo de justiça, a gente não pode se manifestar a respeito, mas houve, sim, tentativa de reconciliação. Mas não existia a obrigação dos quatro autores irem. Ninguém negligenciou”, informou Arleyde. Nesse tipo de situação, um representante bastaria para o acordo, por isso a presença apenas de Marco Aurélio na audiência.

Leia também: 

Sorocaba fala sobre boatos de ação movida contra ele: “Luan é meu parceiro, meu amigo, não tem nada de processo”

Empresário de Luan Santana garante que, apesar do processo judicial, segue na administração da LS Music

Anderson Ricardo, empresário de Luan Santana, é afastado da administração da LS Music e recebe notificação de juiz

 

Autor: Tags: , ,

sábado, 13 de julho de 2013 Parceria, Processo | 14:31

Anderson Ricardo, empresário de Luan Santana, é afastado da administração da LS Music e recebe notificação de juiz

Compartilhe: Twitter
Luan Santana (Crédito: Claudio Augusto/Foto Rio News)

Luan Santana (Crédito: Claudio Augusto/Foto Rio News)

Anderson Ricardo, empresário de Luan Santana, está afastado da administração da LS Music, escritório do cantor sertanejo. Segundo o iG apurou, Anderson já recebeu um notificação do juiz sobre um processo que Luan deve mover contra o empresário. Como a ação corre em segredo, o motivo da notificação não foi divulgado.

Algumas notícias davam conta de que Luan teria movido um processo contra o cantor Sorocaba, que é sócio majoritário da LS. “Imagina. Eles estão cheios de projetos juntos. Além de amigos, são sócios”, explicou a assessoria de imprensa de Luan.

Sorocaba nunca escondeu que sua parte na parceria com Luan era de 20% e, em entrevista ao iG, chegou a afirmar que a sociedade com Luan era perpétua.

Anderson já não exercia mais suas funções desde a gravação do DVD de Luan, que aconteceu no último final de semana na Arena Maeda, em Itu, no interior de São Paulo. Com a saída de Anderson, um funcionário da confiança de Sorocaba, que faz parte da equipe da FS, empresa do cantor, já está na LS. Inclusive, ele fez parte da equipe que executou o DVD, ao lado do grupo LS e de Dudu Borges.

Leia mais: Sorocaba sobre parceria com Luan Santana: “Nossa sociedade é perpétua”

Leia também: Luan Santana mostra que cresceu e amadureceu em gravação de terceiro DVD

E mais: “Um novo Luan Santana vem aí”, anuncia cantor sertanejo

 

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 22 de março de 2013 Música | 15:08

Confira a nova canção de Luan Santana, “Te esperando”

Compartilhe: Twitter

O lançamento da nova música de Luan Santana nas rádios está previsto para 25 de março, mas a canção “Te esperando” já está disponível na internet. O cantor optou por trabalhar mais uma música romântica, mostrando sua força nesse segmento. Durante o carnaval, Sorocaba comentou que teria chorado quando ouviu a canção pela primeira vez. Confira abaixo o resultado do novo trabalho de Luan!

Leia também: Luan Santana: “Fiz 22 anos, estou ficando velho”

Leia mais: Luan Santana e Gusttavo Lima mostram que rixa entre eles é apenas boato e cantam juntos no palco

Autor: Tags: , ,

domingo, 16 de setembro de 2012 Casa Noturna, Música | 21:33

Thaeme e Thiago vão abrir casa noturna em parceria com Sorocaba e Michel Teló em Campo Grande

Compartilhe: Twitter

Thaeme e Thiago serão sócios de Sorocaba e Michel Teló em casa noturna (Foto: AgNews)

Thaeme e Thiago mal iniciaram a carreira como cantores, e já vão ingressar no ramo empresarial. Seguindo o exemplo de um de seus padrinhos, Sorocaba, a dupla vai investir em baladas sertanejas. Eles serão sócios do sertanejo na filial da Wood’s de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

Thiago foi o primeiro a adotar a ideia, mas convenceu sua parceira a seguir com o projeto. “Tomei a iniciativa, mas tudo o que a gente for fazer, não existe Thaeme sem Thiago, Thiago sem Thaeme. A gente está pensando até em montar uma empresa. É esperar ganhar dinheiro primeiro, para depois investir”, afirmou o músico.

Leia mais: Thaeme: “A música ‘Tcha Tcha Tcha’ foi importante para alavancar, mas eu não gravaria mais”

Leia também: Depois de Belo Horizonte, Sertanejo Pop Festival chega a São Paulo e, em dezembro, terá estreia em Vitória

Apesar de ainda não terem assinado os contratos, a dupla já fala da parceria: “Será junto com o Sorocaba e Michel Teló é sócio lá também”. E neo-empresária comemora a nova fase do sertanejo. “É muito legal ver, hoje, o pessoa que só curtia techno, rock, esse pessoal mais elitizado, mais público classe A, classe B, vindo até o sertanejo. O sertanejo está dominando geral”, celebra.

Autor: Tags: , , ,